PUBLICIDADE
Topo

Coreia do Norte violou armistício ao cruzar fronteira para perseguir desertor, diz ONU

22/11/2017 08h01

(Reuters) - A Coreia do Norte violou o acordo de armistício quando um de seus soldados cruzou a Linha de Demarcação Militar, a fronteira entre as duas Coreias, em perseguição a um soldado que desertou para a Coreia do Sul no dia 13 de novembro, afirmou uma autoridade do Comando da ONU em Seul, nesta quarta-feira.

O Comando divulgou imagens do incidente nas quais um soldado norte-coreano é visto cruzando a linha de demarcação por alguns segundos, enquanto outros atiravam contra o desertor, à medida que ele corria para o lado sul-coreano da fronteira.

O Comando da ONU disse ter informado a Coreia do Norte sobre a violação do armistício na quarta-feira, afirmou a autoridade durante coletiva de imprensa em Seul.

(Reportagem de Hyonhee Shin)