Coreia do Norte condena novas sanções dos EUA

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte condenou neste sábado (27) a últimas sanções dos Estados Unidos, anunciadas nesta semana, destinadas a deter o desenvolvimento de armas nucleares pelos norte-coreanos.

As sanções dos EUA são "uma manifestação da intenção hedionda de jogar um balde de água fria no intercâmbio e cooperação entre as Coreias e agravar a situação", disse um porta-voz do Ministério de relações Exteriores da Coreia do Norte, que não foi identificado, segundo publicou a Agência Central de Notícias da Coreia.

Os EUA anunciaram novas sanções na quarta-feira para tentar deter o desenvolvimento de armas nucleares pela Coreia do Norte e pediram a Rússia e China que expulsassem norte-coreanos que colaboram no financiamento do programa.

O Tesouro dos EUA impôs sanções a nove instituições, 16 pessoas e seis navios norte-coreanos que os norte-americanos acusam de colaborar com o programa nuclear.

(Por Cynthia Kim)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos