Trump diz que romper acordo com Irã não prejudica conversas com Coreia do Norte, não descarta novo acordo com Teerã

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que o eventual rompimento do acordo nuclear com o Irã não teria um impacto negativo nas negociações nucleares com a Coreia do Norte, e que estaria aberto a negociar um novo pacto nuclear com Teerã.

"Acho que envia a mensagem certa", disse Trump em entrevista coletiva quando perguntado se a saída do acordo iraniano enviaria a mensagem errada a Pyongyang. "Você sabe que em sete anos, o acordo terá expirado e o Irã está livre para ir em frente e criar armas nucleares."

Trump se recusou a dizer se os Estados Unidos sairão do acordo nuclear antes de 12 de maio, prazo estabelecido para uma decisão, dizendo: "Vamos ver o que acontece."

Mas ele expressou sua insatisfação com o pacto.

"Isso não é uma situação aceitável... Eles estão lançando mísseis, o que eles dizem ser para televisão. Acho que não", disse Trump, acrescentando: "Isso não significa que não vamos negociar um acordo real."

(Reportagem de Roberta Rampton)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos