PUBLICIDADE
Topo

Incêndio florestal no norte da Califórnia força retirada de moradores

06/07/2018 10h18

Por Dan Whitcomb e Keith Coffman

LOS ANGELES/DENVER (Reuters) - Um incêndio florestal no norte do Estado norte-americano da Califórnia destruiu edificações e obrigou centenas de pessoas a se retirarem de comunidades vizinhas, levando o governador a declarar um estado de emergência.

O Incêndio Klamathon teve início na quinta-feira, e dentro de horas foi de 404 para 2.023 hectares, informou o Departamento Florestal e de Proteção contra Incêndios da Califórnia em um alerta.

O fogo consumiu um número desconhecido de estruturas e forçou moradores das pequenas comunidades de Hornbrook, Hilt e Colestein Valley a fugir enquanto as chamas cruzavam a Rodovia Interestadual 5 perto da fronteira da Califórnia com o Oregon, noticiou a mídia local.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, declarou estado de emergência para a área, permitindo que recursos estaduais sejam direcionados ao combate ao incêndio florestal e à preservação da segurança da população.

O Klamathon é um dos mais de três dúzias de incêndios florestais que os bombeiros já enfrentaram na Califórnia e no Oeste norte-americano durante a temporada anormalmente ativa de incêndios.

Incêndios consumiram quase 1 milhão de hectares nos Estados Unidos do dia 1º de janeiro até segunda-feira, acima da média de cerca de 930 mil hectares do mesmo período dos últimos 10 anos, segundo o Centro Nacional de Combate a Incêndios.

Os esforços dos bombeiros em toda a região vêm sendo prejudicados por temperaturas muito altas, umidade baixa e ventos irregulares, avisaram autoridades.

(Reportagem adicional de Brendan O'Brien, em Milwaukee)