PUBLICIDADE
Topo

Médico e mergulhadores deixam caverna na Tailândia após resgate bem-sucedido

10/07/2018 13h20

CHIANG RAI, Tailândia (Reuters) - O Exército da Tailândia enviou mais de mil pessoas para ajudar no resgate do time de futebol mirim que estava preso em uma caverna inundada no norte do país, disse o chefe da operação de resgate nesta terça-feira.

Equipes resgataram os últimos quatro dos 12 meninos e seu técnico de futebol nesta terça-feira, em um final feliz para a missão que prendeu a atenção do mundo por mais de duas semanas.

Um médico e todos os mergulhadores da unidade de elite da Marinha tailandesa também deixaram a caverna em segurança, disse o chefe da operação de resgate, Narongsak Osottanakorn.

(Reportagem de Panu Wongcha-um, Juarawee Kittisilpa, Patpicha Tanakasempipat, John Geddie e James Pomfret, em Chiang Rai, e Aukkarapon Niyomyat, Panarat Thepgumpanat, Amy Sawitta Lefevre e Chayut Setboonsarng, em Bangcoc)