PUBLICIDADE
Topo

Após Trump ameaçar fechar fronteira, México diz que não age à base de ameaças

Mexicanos escalam a fronteira México-Estados Unidos em Tijuana - AFP
Mexicanos escalam a fronteira México-Estados Unidos em Tijuana Imagem: AFP

Lizbeth Diaz

29/03/2019 16h26

O ministro das Relações Exteriores mexicano, Marcelo Ebrard, disse no Twitter nesta sexta-feira que o México não age à base de ameaças, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou fechar a fronteira EUA-México caso o país ao sul não interrompa a imigração ilegal.

"O México não age à base de ameaças. Somos um grande vizinho", disse Ebrard. "(Pergunte) ao milhão e meio de americanos que escolheu nosso país como sua casa, a maior comunidade de (norte-americanos) fora dos EUA. Para eles, também somos o melhor vizinho que poderiam ter".

Notícias