PUBLICIDADE
Topo

Após incêndios, poeira e granizo causam estragos no verão australiano

Bolas de gelo atingiram a capital da Austrália, Camberra, trazidas por uma tempestade com forte ventania  - Liu Changchang/Xinhua
Bolas de gelo atingiram a capital da Austrália, Camberra, trazidas por uma tempestade com forte ventania Imagem: Liu Changchang/Xinhua

Byron Kaye

Sydney

20/01/2020 12h07

Partes devastadas pela seca na Austrália rural foram atingidas por tempestades de poeira que ameaçam chegar a cidades mais populosas, como Sydney, trazendo um novo elemento ao clima extremo que tem dominado o país no verão.

As vastas nuvens de uma espessa poeira vermelha sufocaram cidades como Dubbo, no estado mais populoso do país, Nova Gales do Sul, ampliando os problemas climáticos que têm perturbado a Austrália desde que centenas de incêndios florestais começaram em setembro.

"Eu nem conseguia ver o fundo da grande piscina, e a piscina das crianças era toda lama", disse Tanya Fulton, gerente da piscina municipal de Tottenham, uma cidade de 300 pessoas a cerca de 500 km a oeste de Sydney, que foi fechada no sábado por causa da poeira na água.

As tempestades que assolam Nova Gales do Sul e o estado vizinho de Victoria interromperam o respiro de alguns dias nas altas temperaturas e ventos secos que espalharam incêndios em uma área com um terço do tamanho da Alemanha, matando 29 pessoas e um bilhão de animais nativos.

Em Camberra, capital nacional, pedras de granizo do tamanho de bolas de críquete quebraram janelas de carros hoje.

Internacional