PUBLICIDADE
Topo

Líder da extrema direita Marine Le Pen se lança em pré-campanha presidencial

5.fev.2017 - Marine Le Pen, da Frente Nacional, participa de evento para o lançamento da campanha presidencial, em Lyon, França - Robert Pratta/ Reuters
5.fev.2017 - Marine Le Pen, da Frente Nacional, participa de evento para o lançamento da campanha presidencial, em Lyon, França Imagem: Robert Pratta/ Reuters

Da RFI, na França

16/01/2020 13h38

A líder da extrema direita francesa, Marine Le Pen, anunciou hoje o lançamento de sua campanha "pré-presidencial". O pleito acontece apenas em 2022, mas a candidata derrotada no segundo turno em 2017, que enfrenta dificuldades em seu próprio partido desde então, aproveita da baixa na popularidade de Emmanuel Macron para ganhar espaço no cenário político.

"Além das disputas diárias (...) nós entramos em uma fase de pré-presidencial", declarou Marine Le Pen durante uma entrevista coletiva na sede do partido, na periferia de Paris.

"Minha decisão foi pensada. Meu projeto é avançar em direção a um projeto de união nacional, um projeto que possa reunir os franceses de onde quer que venham. Um projeto de grande alternância para reerguer novamente o país", disse. A candidatura ainda deve ser validada pelos membros do partido durante o congresso da legenda, em 2021, mas Marine Le Pen disse que prefere anunciar desde já "sua vontade de preparar [a campanha] presidencial".

Em outubro passado a líder da extrema direita havia dito que estava "pronta para fazer o trabalho que Emmanuel Macron não faz". A declaração foi feita após vários rumores de que ela não teria a intenção de tentar, pela terceira vez, conquistar o Palácio do Eliseu, sede da presidência.

Internacional