Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Soldado americano comete massacre de civis no Afeganistão
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/120311_massacreafeganistao_album.htm
  • totalImagens: 29
  • fotoInicial: 7
  • imagePath: http://n.i.uol.com.br/ultnot/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:direita
  • timestamp: 20120315161622
    • Afeganistão [5257]; massacre [28665];
Fotos
Soldados do Exército afegão observam enquanto civis se aglomeram em frente à base dos EUA no distrito de Panjwai neste domingo (11). Mais cedo, um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Ahmad Nadeem/Reuters Mais
Soldados do Exército americano monitoram aglomeração de civis em frente à base dos EUA no distrito de Panjwai neste domingo (11). Mais cedo, um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Ahmad Nadeem/Reuters Mais
Soldados do Exército afegão observam enquanto civis se aglomeram em frente à base dos EUA no distrito de Panjwai neste domingo (11). Mais cedo, um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Ahmad Nadeem/Reuters Mais
Soldados do Exército afegão observam enquanto civis se aglomeram em frente à base dos EUA no distrito de Panjwai neste domingo (11). Mais cedo, um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Ahmad Nadeem/Reuters Mais
Soldados do Exército afegão observam enquanto civis se aglomeram em frente à base dos EUA no distrito de Panjwai neste domingo (11). Mais cedo, um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Ahmad Nadeem/Reuters Mais
Idoso afegão se senta ao lado de corpos de vítimas mortas por um militar americano neste domingo (11), na província de Kandahar. Mais cedo, um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Ahmad Nadeem/Reuters Mais
Afegãs investigam local do tiroteio que deixou ao menos 17 mortos neste domingo (11), na província de Kandahar. Mais cedo, um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Ahmad Nadeem/Reuters Mais
Soldados afegãos, à esquerda, passam por militares dos EUA na entrada da base americana de Panjwai, na província de Kandahar. Neste domingo (11), um soldado americano matou pelo menos 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Allauddin Khan/AP Mais
Crianças acompanham movimentação próximo ao local do tiroteio que deixou ao menos 16 mortos neste domingo (11), no Afeganistão. Um soldado americano matou pelo menos 17 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar na província de Kandahar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Allauddin Khan/AP Mais
Homem chora a morte de familiares neste domingo (11), na província de Kandahar, no Afeganistão. Um soldado americano matou 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Allauddin Khan/AP Mais
Afegãos ajudam no traslado dos corpos de vítimas de tiroteio neste domingo (11) na província de Kandahar. Um soldado americano matou 16 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Mustafa Khan/Efe Mais
Homem chora ao lado dos corpos de vítimas de tiroteio na madrugada deste domingo (11), na província de Kandahar. Um soldado americano matou pelo menos 17 civis, entre eles mulheres e crianças, e feriu cinco pessoas durante a madrugada, perto de uma base militar, no sul do país. Segundo fontes militares, o atirador foi vítima de uma crise nervosa; a Otan investiga a história Jangir/AFP Mais
12.mar.2012 - Soldados afegãos fazem a guarda numa torre da base de Panjwai, em Kandahar. No domingo, um soldado americano matou 16 civis e deixou cinco pessoas feridas num ataque nas proximidades - segundo fontes militares, depois de uma crise nervosa. Nesta segunda, o Parlamento do Afeganistão exigiu que o soldado seja levado a julgamento nos tribunais do país. Líderes dos talebans também se pronunciaram, prometendo vingança Allauddin Khan/AP Mais
12.mar.2012 - Menino afegão espia o lado de dentro do ônibus que carregava uma das vítimas do massacre próximo à base de Panjwai, em Kandahar, no domingo. Um soldado americano matou 16 civis e deixou cinco pessoas feridas depois de uma crise nervosa, segundo fontes militares. Nesta segunda, o Parlamento do Afeganistão exigiu que o soldado seja levado a julgamento público. Líderes dos talebans também se pronunciaram, prometendo vingança Allauddin Khan/AP Mais
12.mar.2012- A afegã Anar Gul mostra a jornalistas o corpo de seu neto, que seria uma das 16 vítimas do massacre do último domingo em Kandahar, no Afeganistão. Segundo fontes militares, um soldado americano deixou a base e atirou em civis após uma crise nervosa. Nesta segunda, o Parlamento do exigiu que o soldado seja levado a julgamento público. Líderes dos talebans também se pronunciaram, prometendo vingança Allauddin Khan/AP Mais
12.mar.2012 - Policiais afegãos revistam um carro perto da base de Panjwai. No domingo, um soldado americano deixou 16 mortos e cinco feridos ao abrir fogo contra civis próximo à base, em Kandahar, no Afeganistão. Nesta segunda, o Parlamento do exigiu que o soldado seja levado a julgamento público. Líderes dos talebans também se pronunciaram, prometendo vingança Allauddin Khan/AP Mais
12.mar.2012 - Militares afegãos cercam a casa onde, segundo testemunhas, aconteceu o massacre em Kandahar. No domingo, um soldado americano matou 16 civis e deixou cinco pessoas feridas num ataque próximo à base de Panjwai. Nesta segunda, o Parlamento do Afeganistão exigiu que o soldado seja levado a julgamento nos tribunais do país. Líderes dos talebans também se pronunciaram, prometendo vingança Allauddin Khan/AP Mais
12.mar.2012 - No domingo, homens mostram manchas de sangue e cinzas depois do massacre que deixou 16 mortos e cinco feridos próximo à base de Panjwai, em Kandahar, no Afeganistão. Nesta segunda, o Parlamento do país exigiu que o soldado americano responsável pelo massacre seja levado a julgamento público. Líderes dos talebans também se pronunciaram, prometendo vingança Allauddin Khan/AP Mais
13.mar.2012 - Afegãos se reúnem para cerimônia em mesquisa no distrito de Pajwai, em memória das 16 vítimas do massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano. Nesta terça-feira (13), um ataque a uma delegação governamental que investigava o crime matou um soldado e deixou ferido um policial, ambos afegãos. Acredita-se que tenha sido um ataque de militantes talebans AFP Mais
13.mar.2012 - Militantes afegãos em alerta depois do ataque a uma delegação governamental nesta terça (13), que matou um soldado e deixou ferido um policial. O ataque, segundo fontes do governo promovido por militantes talebans, foi uma reação ao massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano, que matou 16 civis próximo à base de Panjwai, em Candahar Allauddin Khan/AP Mais
13.mar.2012 - Forças de segurança afegãs fazem a segurança numa cerimônia religiosa no distrito de Pajwai, em memória das 16 vítimas do massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano. Nesta terça-feira (13), um ataque a uma delegação governamental que investigava o crime matou um soldado e deixou ferido um policial, ambos afegãos. Acredita-se que tenha sido um ataque de militantes talebans Ahmad Nadeem/Reuters Mais
13.mar.2012 - Afegãos rezam em cerimônia no distrito de Pajwai, em memória das 16 vítimas do massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano. Nesta terça-feira (13), um ataque a uma delegação governamental que investigava o crime matou um soldado e deixou ferido um policial, ambos afegãos. Acredita-se que tenha sido um ataque de militantes talebans Ahmad Nadeem/Reuters Mais
13.mar.2012 - Policial afegão revista rapazes a caminho de uma cerimônia religiosa no distrito de Pajwai, em memória das 16 vítimas do massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano. Nesta terça-feira (13), um ataque a uma delegação governamental que investigava o crime matou um soldado e deixou ferido um policial, ambos afegãos. Acredita-se que tenha sido um ataque de militantes talebans Jangir/AFP Mais
13.mar.2012 - Forças de segurança afegãs se misturam à população após uma cerimônia religiosa no distrito de Pajwai, em memória das 16 vítimas do massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano. Nesta terça-feira (13), um ataque a uma delegação governamental que investigava o crime matou um soldado e deixou ferido um policial, ambos afegãos. Acredita-se que tenha sido um ataque de militantes talebans Jangir/AFP Mais
14.mar.2012 - Mulher segura fotografia do filho perto da cidade de Herat, após cerimônia fúnebre em memória às 16 vítimas do massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano Aref Karimi/AFP Mais
14.mar.2012 - O secretário de Defesa norte-americano, León Panetta, chega à base Shukvani, no Afeganistão. Em dois dias de visita ao país, Panetta deve se encontrar com o presidente afegão, Hamid Karzai. Um veículo explodiu em um aeroporto britânico no sul do Afeganistão no momento em que o americano pousava no local Scott Olson/AP/Pool Mais
14.mar.2012 - O secretário de Defesa norte-americano, León Panetta (de costas), participa de reunião com líderes provinciais afegãos após o desembarque na base de Shukvani. Em visita oficial de dois dias ao país, Panetta deverá se encontrar com o presidente afegão, Hamid Karzai, entre outros representantes do governo do país Scott Olson/AP Photo/Pool Mais
14.mar.2012 - O secretário de Defesa norte-americano, León Panetta, diz a tropas da base Shukvani, no Afeganistão, que o massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano não deterá missão dos EUA no país Scott Olson/AP Photo/Pool Mais
15.mar.2012 - O secretário de Defesa norte-americano, Leon Panetta (à esq.), conversa com o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, em Cabul, capital do país. Panetta realiza viagem oficial de dois dias após massacre de civis promovido no domingo passado (11) por um soldado americano Scott Olson/Reuters/Pool Mais

Soldado americano comete massacre de civis no Afeganistão

Veja mais:

Últimos álbuns de Notícias



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos