Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2013/04/15/nicolas-maduro-derrota-capriles-e-se-torna-presidente-da-venezuela.htm
  • totalImagens: 96
  • fotoInicial: 91
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130415005708
    • Nicolás Maduro [64485]; Henrique Capriles [61841];
    • Venezuela [5619];
    • Eleição na Venezuela 2013 [71512];
Fotos
14.abr.2013 - Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, agradece correligionários ao chegar em distrito eleitoral na cidade de Caracas neste domingo (14). Maduro, que ocupava o cargo de vice-presidente e ministro de Relações Exteriores durante o governo de Hugo Chávez, derrotou Henrique Capriles, da oposição Enric Marti/AP Mais
14.abr.2013 - Imagem divulgada pelo gabinete da presidência da Venezuela mostra povo ovacionando Nicolás Maduro, presidente eleito, antes de votar em distrito eleitoral na cidade de Caracas neste domingo (14). Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição que no ano passado também tinha perdido para Hugo Chávez AFP/Presidência da Venezuela Mais
14.abr.2013 - Imagem divulgada pelo gabinete da presidência mostra povo cumprimentando Nicolás Maduro, presidente eleito, antes de votar em distrito eleitoral na cidade de Caracas neste domingo (14). Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição que no ano passado também tinha perdido para Hugo Chávez Marcelo Garcia/Efe/Presidência da Venezuela Mais
14.abr.2013 - Nicolás Maduro, presidente eleito da Venezuela, mostra dedo sujo após votação em pleito neste domingo. Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição que no ano passado também tinha perdido para Hugo Chávez Efe/Presidência da Venezuela Mais
14.abr.2013 - Nicolás Maduro, presidente da Venezuela reza em capela com vários pôsteres com iamgens do ex-presidente Hugo Chávez após votação deste domingo. Discípulo de Chávez, Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição Marcelo Garcia/Reuters/Palácio Miraflores Mais
14.abr.2013 - Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, visitou o túmulo de Hugo Chávez em companhia de Cilia Flores, sua esposa, neste domingo (14) após ter votado em zona eleitoral em Caracas. Maduro derrotou Henrique Capriles, opositor ao regime chavista Francisco Batista/Reuters/Palácio Miraflores Mais
14.abr.2013 - Seguidores de Nicolás Maduro, presidente eleito da Venezuela, saem comemorando pelas ruas de Caracas após o fim da votação no país, mesmo sem saber o resultado. Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição que no ano passado também tinha perdido para Hugo Chávez Boris Vergara/Efe Mais
14.abr.2013 - Seguidores de Nicolás Maduro, presidente eleito da Venezuela, saem comemorando pelas ruas de Caracas após o fim da votação no país, mesmo sem saber o resultado. Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição que no ano passado também tinha perdido para Hugo Chávez Boris Vergara/Efe Mais
15.abr.2014 - O candidato governista Nicolás Maduro acena para seus simpatizantes logo após o anúncio oficial que confirmou sua eleição para a presidência da Venezuela Miguel Gutierrez/EFE Mais
15.abr.2013 - Eleitores de Nicolás Maduro, que foi eleito presidente da Venezuela e vai suceder seu padrinho político Hugo Chávez, comemoram a vitória nas ruas de Caracas. Maduro venceu o oposicionista Henrique Capriles por uma diferença de apenas 1,59 ponto percentual. O chavista disse que se "tivesse perdido por um voto, entregaria o cargo" Edwin Montilva/Reuters Mais
15.abr.2013 - Eleitores de Henrique Capriles, candidato oposicionista derrotado na eleição presidencial venezuelana, lamentam a vitória do chavista Nicolás Maduro, herdeiro político do chavismo e que vai suceder o ex-presidente, morto há pouco mais de um mês Carlos Garcia Rawlins/Reuters Mais
15.abr.2013 - Eleitores de Nicolás Maduro, novo presidente da Venezuela, mostram seus bigodes falsos, inspirados no adereço facial usado pelo político chavista, e comemoram o resultado da eleição nas ruas da capital Caracas Juan Barreto/AFP Mais
15.abr.2013 - Apoiadores de Henrique Capriles, candidato da oposição que foi derrotado na eleição presidencial venezuelana, mostram seu desapontamento nas ruas de Caracas logo após o anúncio da vitória do chavista Nicolás Maduro. Em discurso feito no início da manhã desta segunda (15), Capriles não reconheceu o resultado e disse que pedirá a recontagem dos votos da eleição Fernando Llano/AP Mais
15.abr.2013 - O chavista Nicolás Maduro, eleito presidente da Venezuela após derrotar Henrique Capriles, comemora a vitória na disputa ao lado de sua mulher Cilia Flores, no centro de Caracas. Maduro será o sucessor de Hugo Chávez, morto há pouco mais de um mês Tomas Bravo/Reuters Mais
15.abr.2013 - Henrique Capriles, candidato oposicionista derrotado na eleição presidencial da Venezuela, faz gesto para ilustrar a pequena margem de votos que o separou do vencedor, o chavista Nicolás Maduro. Durante o discurso, Capriles anunciou que não aceita a vitória de Maduro e vai pedir a recontagem dos votos Marco Bello/Reuters Mais
15.abr.2013 - O candidato oposicionista Henrique Capriles, que foi derrotado na eleição presidencial pelo chavista Nicolás Maduro, acena para a multidão de apoiadores que foi à frente da sede de sua campanha para ouvir seu discurso, feito após o anúncio da vitória de Nicolás Maduro Carlos Garcia Rawlins/Reuters Mais
15.abr.2013 - Venezuelano comemora a vitória de Nicolás Maduro, segurando uma imagem de Hugo Chávez, na noite de domingo (14), em San Salvador. Maduro será o sucessor de Hugo Chávez, morto há pouco mais de um mês Ulises Rodriguez/Reuters Mais
15.abr.2013 - Venezuelano lê jornal que destaca a vitória do candidato chavista Nicolás Maduro, nesta segunda-feira (15). Maduro será o sucessor de Hugo Chávez, morto há pouco mais de um mês Ronaldo Schemidt/AFP Mais
15.abr.2013 - Eleitora de Henrique Capriles, candidato oposicionista derrotado na eleição presidencial venezuelana, lamenta a vitória do chavista Nicolás Maduro, em Miami, na Flórida. Maduro vai suceder o ex-presidente, Hugo Chávez, morto há pouco mais de um mês Antoni Belchi/EFE Mais
15.abr.2013 - Montagem mostra o presidente eleito, o chavista Nicolás Maduro, gesticulando durante votação em Caracas, na Venezuela. Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição, por apertada margem de votos Raul Arboleda/AFP Mais
15.abr.2013 - Eleitores de Nicolás Maduro, novo presidente da Venezuela, comemoram o resultado da eleição nas ruas da capital Caracas Boris Vergara/EFE Mais
15.abr.2013 - O candidato derrotado à presidência da Venezuela Henrique Capriles, representante da oposição, afirmou em pronunciamento que não reconhece a vitória do governista Nicolás Maduro, que venceu por apertada margem de votos William Viera/EFE Mais
15.abr.2013 - O chavista Nicolás Maduro, eleito presidente da Venezuela, abraça Mara Gabriela, filha de Hugo Chávez, durante pronunciamento no palácio de Miraflores, sede do governo, em Caracas. Maduro derrotou Henrique Capriles, candidato da oposição, por apertada margem de votos Prensa Miraflores/EFE Mais
15.abr.2013 - Eleitores de Nicolás Maduro, novo presidente da Venezuela, comemoram o resultado da eleição nas ruas da capital Caracas Ariana Cubillos/AP Mais
15.abr.2013 - Eleitores de Nicolás Maduro, novo presidente da Venezuela, comemoram o resultado da eleição nas ruas da capital Caracas Ariana Cubillos/AP Mais
15.abr.2013 - Eleitores de Nicolás Maduro, novo presidente da Venezuela, comemoram o resultado da eleição nas ruas da capital Caracas Ariana Cubillos/AP Mais
15.abr.2013 - Jornais destacam a vitória do candidato chavista Nicolás Maduro, nesta segunda-feira (15). Maduro será o sucessor de Hugo Chávez, morto há pouco mais de um mês Ronaldo Schemidt/AFP Mais
15.abr.2013 - Apoiadores do candidato da oposição, Henrique Capriles, saem às ruas de Caracas para protestar contra os resultados oficiais da eleição presidencial da Venezuela, que deram a vitória ao chavista Nicolás Maduro por uma vantagem apertada na contagem dos votos. Capriles pediu ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE) que não proclame Maduro presidente nesta segunda-feira (15) Fernando Llano/AP Mais
15.abr.2013 - Apoiadores do candidato da oposição, Henrique Capriles, saem às ruas de Caracas para protestar contra os resultados oficiais da eleição presidencial da Venezuela, que deram a vitória ao chavista Nicolás Maduro por uma vantagem apertada na contagem dos votos. Capriles pediu ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE) que não proclame Maduro presidente nesta segunda-feira (15) Fernando Llano/AP Mais
15.abr.2013 - Apoiadores do candidato da oposição, Henrique Capriles, saem às ruas de Caracas para protestar contra os resultados oficiais da eleição presidencial da Venezuela, que deram a vitória ao chavista Nicolás Maduro, por uma vantagem apertada na contagem dos votos. O cartaz acusa uma "fraude na contagem dos votos". Capriles pediu ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE) que não proclame Maduro presidente nesta segunda-feira (15) Fernando Llano/AP Mais
15.abr.2013 - Apoiadores do candidato da oposição, Henrique Capriles, saem às ruas de Caracas para protestar contra os resultados oficiais da eleição presidencial da Venezuela, que deram a vitória ao chavista Nicolás Maduro, por uma vantagem apertada na contagem dos votos. Capriles pediu nesta segunda-feira (15) um "panelaço" e mobilizações nas ruas do país para exigir a recontagem de votos caso Maduro seja proclamado presidente pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral) Ramon Espinosa/AP Mais
15.abr.2013 - Apoiadores do candidato da oposição, Henrique Capriles, saem às ruas de Caracas para protestar contra os resultados oficiais da eleição presidencial da Venezuela, que deram a vitória ao chavista Nicolás Maduro, por uma vantagem apertada na contagem dos votos. Capriles pediu nesta segunda-feira (15) um "panelaço" e mobilizações nas ruas do país para exigir a recontagem de votos caso Maduro seja proclamado presidente pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral) Ramon Espinosa/AP Mais
15.abr.2013 - O candidato da oposição Henrique Capriles concede entrevista coletiva, nesta segunda-feira (15), em Caracas. Após a contagem oficial dos votos indicar a vitória do chavista Nicolás Maduro por uma estreita margem, Capriles pediu ao CNE (Conselho Nacional Eleitoral) que não proclame Maduro presidente eleito, e lançou um ataque contra o candidato governista: "Se você corre para se proclamar, você é um presidente ilegítimo e assim o anuncio à Venezuela e ao mundo", disse Raul Arboleda/AFP Mais
15.abr.2013 - O candidato da oposição Henrique Capriles concede entrevista coletiva, nesta segunda-feira (15), em Caracas. Após a contagem oficial dos votos indicar a vitória do chavista Nicolás Maduro por uma estreita margem, Capriles pediu ao CNE (Conselho Nacional Eleitoral) que não proclame Maduro presidente eleito, e lançou um ataque contra o candidato governista: "Se você corre para se proclamar, você é um presidente ilegítimo e assim o anuncio à Venezuela e ao mundo", disse Raul Arboleda/AFP Mais
15.abr.2013 - Nicolás Maduro é proclamado presidente da Venezuela pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela), o que confirma o resultado das eleições do último domingo (14). Após vencer por uma diferença de 240 mil votos, Maduro enfrentou acusações do candidato de oposição, Henrique Capriles, de que teria havido fraude no processo eleitoral Carlos Garcia/Reuters Mais
15.abr.2013 - Nicolás Maduro é proclamado presidente da Venezuela pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela), o que confirma o resultado das eleições do último domingo (14). Após vencer por uma diferença de 240 mil votos, Maduro enfrentou acusações do candidato de oposição, Henrique Capriles, de que teria havido fraude no processo eleitoral Raul Arboleda/AFP Mais
15.abr.2013 - Nicolás Maduro é proclamado presidente da Venezuela pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela), o que confirma o resultado das eleições do último domingo (14). Após vencer por uma diferença de 240 mil votos, Maduro enfrentou acusações do candidato de oposição, Henrique Capriles, de que teria havido fraude no processo eleitoral Raul Arboleda/AFP Mais
15.abr.2013 - Material de campanha é queimado nas ruas de Caracas, na Venezuela, nesta segunda (14). O presidente eleito, Nicolás Maduro foi proclamado presidente de Venezuela pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela). A oposição, do candidato Henrique Capriles, não aceitou o resultado das eleições e foi às ruas de Caracas protestar Thiago Varella/UOL Mais
15.abr.2013 - Material de campanha é queimado nas ruas de Caracas, na Venezuela, nesta segunda (14). O presidente eleito, Nicolás Maduro foi proclamado presidente de Venezuela pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela). A oposição, do candidato Henrique Capriles, não aceitou o resultado das eleições e foi às ruas de Caracas protestar Thiago Varella/UOL Mais
15.abr.2013 - Manifestante joga explosivo em direção à polícia durante protesto contra a eleição de Nicolás Maduro em caracas, capital da Venezuela.foram usadas bombas de gás lacrimogênio para dispersar a multidão Ramon Espinosa/AP Mais
15.abr.2013 - Manifestante joga explosivo em direção à polícia durante protesto contra a eleição de Nicolás Maduro em caracas, capital da Venezuela.foram usadas bombas de gás lacrimogênio para dispersar a multidão Tomas Bravo/Reuters Mais
15.abr.2013 - Manifestantes opositores protestam contra a declaração de Nicolás Maduro como vencedor da eleição presidencial venezuelana. O candidato da oposição, Henrique Capriles, diz não reconhecer a derrota, pede a recontagem dos votos 'um a um' e convocou seus apoiadores a fazerem panelaços pela capital, Caracas. O Conselho Nacional Eleitoral do país (CNE) confirmou a vitória de Maduro e rejeitou o pedido de recontagem de Capriles Miguel Gutierrez/Efe Mais
15.abr.2013 - Apoiador do candidato derrotado à presidência da Venezuela, Henrique Capriles, faz manobra com moto em meio a manifestação contra o anuncio da vitória apertada de Nicolás Maduro. Houve protestos por toda capital venezuelana após Capriles contestar o resultado da eleição, controlados pela Guarda Nacional com balas de borracha e gás lacrimejante Fernando Llano/AP Mais
15.abr.2013 - Material de campanha é queimado nas ruas de Caracas, na Venezuela, nesta segunda (14). O presidente eleito, Nicolás Maduro foi proclamado presidente de Venezuela pelo CNE (Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela). A oposição, do candidato Henrique Capriles, não aceitou o resultado das eleições e foi às ruas de Caracas protestar Thiago Varella/UOL Mais
15.abr.2013 - Centenas de manifestantes foram às ruas de Caracas protestar contra a eleição de Nicolás Maduro, proclamado presidente da Venezuela nesta segunda-feira (15). Houve confronto com a polícia, que usou bombas de gás lacrimogênio para dispersar a multidão Tomas Bravo/Reuters Mais
15.abr.2013 - Opositores de Nicolás Maduro queimam imagem do novo presidente venezuelano, durante protesto contra o resultado das eleições nas ruas de Caracas, capital da Venezuela Geraldo Caso/AFP Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles fazem panelaço em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles fazem panelaço em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles fazem panelaço em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
15.abr.2013 - Mulher faz cumprimento em frente a foto do presidente Hugo Chávez durante protestos chavistas em Madri, na Espanha EFE Mais
15.abr.2013 - Membros da Guarda Nacional enfrentam opositores que protestam contra a eleição da Nicolás Maduro, em Caracas (Venezuela). A violência nas ruas de cidades venezuelanas após as eleições já deixou quatro mortos, segundo a agência de notícias estatal AVN EFE Mais
15.abr.2013 - Opositores protestam contra a eleição da Nicolás Maduro, em Caracas (Venezuela). A violência nas ruas de cidades venezuelanas após as eleições já deixou quatro mortos, segundo a agência de notícias estatal AVN EFE Mais
15.abr.2013 - Milhares de opositores protestaram contra a eleição da Nicolás Maduro, em Caracas (Venezuela). A violência nas ruas de cidades venezuelanas após as eleições já deixou quatro mortos, segundo a agência de notícias estatal AVN EFE Mais
15.abr.2013 - Membros da Guarda Nacional enfrentam opositores que protestam contra a eleição da Nicolás Maduro, em Caracas (Venezuela). A violência nas ruas de cidades venezuelanas após as eleições já deixou quatro mortos, segundo a agência de notícias estatal AVN EFE Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles fazem panelaço em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
16.abr.2013 - A polícia da Venezuela entrou em confronto com manifestantes apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais Henrique Capriles em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
16.abr.2013 - A polícia da Venezuela entrou em confronto com manifestantes apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais Henrique Capriles em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
16.abr.2013 - A polícia da Venezuela entrou em confronto com manifestantes apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais Henrique Capriles em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
15.abr.2013 - Membros da Guarda Nacional enfrentam opositores que protestam contra a eleição da Nicolás Maduro, em Caracas (Venezuela). A violência nas ruas de cidades venezuelanas após as eleições já deixou quatro mortos, segundo a agência de notícias estatal AVN EFE Mais
16.abr.2013 - A polícia da Venezuela entrou em confronto com manifestantes apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais Henrique Capriles em Altamira, bairro luxuoso de Caracas, nesta segunda-feira (15). Os manifestantes gritavam slogans como "fraude" e "recontagem", em referência à exigência da oposição de que uma auditoria seja feita nos resultados das eleições presidenciais Carlos Eduardo Ramirez/Futura Press Mais
16.abr.2013 - O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou nesta terça-feira (16) que os Estados Unidos "preparam um golpe de Estado" na Venezuela, ao comentar a sugestão da Casa Branca de que fosse feita a recontagem dos votos da eleição presidencial que garantiu uma vitória apertada ao chavista Nicolás Maduro, contra o opositor Henrique Capriles. "Estou convencido de que por trás destas declarações [sobre a recontagem], os Estados Unidos estão preparando um golpe de Estado na Venezuela. Repudiamos. Condenamos", disse Morales, em entrevista à imprensa nesta terça-feira, em La Paz Aizar Raldes/AFP Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles protestam em frente à sede regional do CNE (Conselho Nacional Eleitoral) na cidade de Merida, observados por soldados do Exército da Venezuela. Ao menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas como resultado dos protestos e ações violentas de partidários da oposição que contestam a vitória do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais do domingo (14) Noticias 24/Jose Antonio Rivas/AFP Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles protestam em frente à sede regional do CNE (Conselho Nacional Eleitoral) na cidade de Merida, observados por soldados do Exército da Venezuela. Ao menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas como resultado dos protestos e ações violentas de partidários da oposição que contestam a vitória do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais do domingo (14) Noticias 24/Jose Antonio Rivas/AFP Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles protestam em frente ao escritório regional do CNE (Conselho Nacional Eleitoral) na cidade de Maracaibo, para exigir a recontagem dos votos da eleição presidencial. Ao menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas como resultado dos protestos e ações violentas de partidários da oposição que contestam a vitória do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais do domingo (14) Isaac Urrutia/Reuters Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado nas eleições presidenciais venezuelanas Henrique Capriles protestam em frente ao escritório regional do CNE (Conselho Nacional Eleitoral) na cidade de Maracaibo, observados por soldados do Exército da Venezuela. Ao menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas como resultado dos protestos e ações violentas de partidários da oposição que contestam a vitória do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais do domingo (14) Argemary Bernal/AFP Mais
16.abr.2013 - Cartaz de campanha do candidato a presidente derrotado Henrique Capriles é queimado por apoiadores do chavista Nicolás Maduro em Los Teques, capital do Estado venezuelano de Miranda, do qual Capriles se licenciou para disputar a eleição. Ao menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas como resultado dos protestos e ações violentas de partidários da oposição que contestam a vitória do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais do domingo (14) Ariana Cubillos/AP Mais
16.abr.2013 - Cartaz de campanha do candidato a presidente derrotado Henrique Capriles é queimado por apoiadores do chavista Nicolás Maduro em Los Teques, capital do Estado venezuelano de Miranda, do qual Capriles se licenciou para disputar a eleição. Ao menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas como resultado dos protestos e ações violentas de partidários da oposição que contestam a vitória do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais do domingo (14) Ariana Cubillos/AP Mais
16.abr.2013 - Apoiadora do candidato derrotado na eleição presidencial venezuelana Henrique Capriles participa de manifestação em Caracas, para contestar o resultado da eleição que deu a vitória ao chavista Nicolás Maduro. Ao menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas como resultado dos protestos e ações violentas de partidários da oposição que contestam a vitória do chavista Nicolás Maduro nas eleições presidenciais do domingo (14) Raul Arboleda/AFP Mais
16.abr.2013 - Candidato derrotado na eleição presidencial da Venezuela, Henrique Capriles concede entrevista à imprensa, em Caracas. O líder da oposição ao chavista e presidente eleito Nicolás Maduro. Capriles anunciou na tarde desta terça-feira (16) que cancelou a marcha de protesto que faria, na quarta-feira (17), para entregar o pedido formal de recontagem dos votos Ronaldo Schemidt/AFP Mais
16.abr.2013 - Apoiadores do candidato derrotado à presidência venezuelana, Henrique Capriles, fazem panelaço na capital, Caracas, pedindo a recontagem 'voto a voto' das urnas. Os protestos foram convocados por Capriles, que acusa o CNE (Conselho Nacional Eleitoral) de fraude na contagem de votos Ramon Espinosa/AP Mais
16.abr.2013 - Militantes comemoram a eleição do candidato de Hugo Chávez à sucessão venezuelana, Nicolás Maduro, com lançamento de fogos de artifício na avenida Libertador, no centro da capital, Caracas. Maduro convocou que seus apoiadores fizessem um 'foguetaço' em resposta ao 'panelaço' convocado pelo candidato oposicionista, Henrique Capriles Widio Joffre/AImagem/Futura Press/Folhapress Mais
17.abr.2013 - Mensagens pichadas nos muros de Caracas afirmam "fraude" nas eleições venezuelanas e dizem que a ascensão de Nicolás Maduro à presidência do país é ilegítima. Nas eleições realizadas no último domingo (14), após a morte do ex-presidente Hugo Chávez, Maduro, indicado por Chávez para sucedê-lo, bateu o líder oposicionista Henrique Capriles pela diferença apertada de 1,7% de votos Raul Arboleda/AFP Mais
17.abr.2013 - Mensagens pichadas nos muros de Caracas afirmam "fraude" nas eleições venezuelanas e dizem que a ascensão de Nicolás Maduro à presidência do país é ilegítima. Nas eleições realizadas no último domingo (14), após a morte do ex-presidente Hugo Chávez, Maduro, indicado por Chávez para sucedê-lo, bateu o líder oposicionista Henrique Capriles pela diferença apertada de 1,7% de votos Raul Arboleda/AFP Mais
17.abr.2013 - Mensagens pichadas nos muros de Caracas afirmam "fraude" nas eleições venezuelanas e dizem que a ascensão de Nicolás Maduro à presidência do país é ilegítima. Nas eleições realizadas no último domingo (14), após a morte do ex-presidente Hugo Chávez, Maduro, indicado por Chávez para sucedê-lo, bateu o líder oposicionista Henrique Capriles pela diferença apertada de 1,7% de votos Raul Arboleda/AFP Mais
17.abr.2013 - Mensagens pichadas nos muros de Caracas afirmam "fraude" nas eleições venezuelanas e dizem que a ascensão de Nicolás Maduro à presidência do país é ilegítima. Nas eleições realizadas no último domingo (14), após a morte do ex-presidente Hugo Chávez, Maduro, indicado por Chávez para sucedê-lo, bateu o líder oposicionista Henrique Capriles pela diferença apertada de 1,7% de votos Raul Arboleda/AFP Mais
17.abr.2013 - Mensagens pichadas nos muros de Caracas afirmam "fraude" nas eleições venezuelanas e dizem que a ascensão de Nicolás Maduro à presidência do país é ilegítima. Nas eleições realizadas no último domingo (14), após a morte do ex-presidente Hugo Chávez, Maduro, indicado por Chávez para sucedê-lo, bateu o líder oposicionista Henrique Capriles pela diferença apertada de 1,7% de votos Raul Arboleda/AFP Mais
17.abr.2013 - Mensagens pichadas nos muros de Caracas afirmam "fraude" nas eleições venezuelanas e dizem que a ascensão de Nicolás Maduro à presidência do país é ilegítima. Nas eleições realizadas no último domingo (14), após a morte do ex-presidente Hugo Chávez, Maduro, indicado por Chávez para sucedê-lo, bateu o líder oposicionista Henrique Capriles pela diferença apertada de 1,7% de votos Raul Arboleda/AFP Mais
17.abr.2013 - O presidente eleito da Venezuela, Nicolás Maduro, participa de reunião com governadores do país, em Caracas. Maduro afirmou nesta quarta-feira (17) que não se importa com o reconhecimento de sua vitória nas eleições presidenciais pelos Estados Unidos Palácio Miraflores/EFE Mais
17.abr.2013 - Apoiador do presidente eleito Nicolás Maduro segura uma foto do ex-presidente Hugo Chávez, que morreu em 5 de março, durante manifestação em frente ao CNE (Conselho Nacional Eleitoral), em Caracas. O ato é uma resposta aos protestos organizados pela oposição, que pede a recontagem dos votos da eleição presidencial que deu uma vitória apertada ao chavista Maduro Ramon Espinosa/AP Mais
17.abr.2013 - Apoiador do presidente eleito Nicolás Maduro participa de manifestação em Los Teques, no Estado de Miranda. Diversas manifestações tem acontecido em cidades da Venezuela após a eleição presidencial do domingo (14), que garantiu uma vitória apertada ao chavista Nicolás Maduro. Partidários do opositor e candidato derrotado Henrique Capriles tembém organizaram protestos para exigir a recontagem dos votos Ronaldo Schemidt/AFP Mais
17.abr.2013 - Presidente eleito da Venezuela, Nicolás Maduro, conforta a viúva de Jose Luis Ponce, eleitor que morreu durante os confrontos que sucederam ao anúncio da vitória do candidato governista. O funeral foi realizado no bairro de La Limonera, no Estado de Miranda, no norte da Venezuela Marcelo Garcia/Miraflores/Reuters Mais
17.abr.2013 - O prefeito de Sucre e líder nacional da oposição venezuelana, Carlos Ocarz, fala com a imprensa ao chegar no CNE (Conselho Nacional Eleitoral), em Caracas. A oposição venezuelana apresentou nesta quarta-feira (17) um pedido formal ao CNE para a recontagem de 100% dos votos das eleições presidenciais de domingo, que deram uma vitória apertada ao chavista Nicolás Maduro Boris Vergara/EFE Mais
19.abr.2013 - A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, participa junto a outros mandatários sul-americanos, da reunião da Unasul (União de Nações Sul-Americanas), convocada de forma extraordinária na noite dessa quinta-feira (18), em Lima, para debater sobre a validade das eleições na Venezuela. A cúpula reconheceu Nicolás Maduro como presidente da Venezuela e pediu ao opositor Henrique Capriles que reconheça os resultados emitidos pela autoridade eleitoral Paolo Aguilar/EFE Mais
19.abr.2013 - Eleitores do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se reúnem em frente ao Congresso antes da cerimônia de posse do sucessor de Hugo Chávez, eleito por uma margem apertada de votos na eleição de domingo (14) Raul Arboleda/AFP Mais
19.abr.2013 - Mandatários sul-americanos posom para foto após fim da reunião da Unasul (União de Nações Sul-Americanas), convocada de forma extraordinária na noite dessa quinta-feira (18), em Lima, para debater sobre a validade das eleições na Venezuela. A cúpula reconheceu Nicolás Maduro como presidente da Venezuela e pediu ao opositor Henrique Capriles que reconheça os resultados emitidos pela autoridade eleitoral Presidência do Peru/EFE Mais
19.abr.2013 - Nicolás Maduro (no centro) escuta a execução do hino nacional da Venezuela após tomar posse como presidente do país, em cerimônia na Assembleia Nacional, em Caracas Reprodução/Telesur Mais
19.abr.2013 - O presidente interino e candidato eleito nas eleições da Venezuela, Nicolás Maduro, acena ao chegar na Assembleia Nacional, em Caracas, para sua cerimônia de posse na Presidência do país Gil Montano/AP Mais
19.abr.2013 - O presidente interino e candidato eleito nas eleições da Venezuela, Nicolás Maduro, chega com sua mulher, Cilia Flores, na Assembleia Nacional, em Caracas, para sua cerimônia de posse na Presidência do país Leo Ramirez/AFP Mais
19.abr.2013 - O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad (no centro), acena ao chegar à Assembleia Nacional da Venezuela, em Caracas, para a posse de Nicolás Maduro na Presidência do país Leo Ramirez/AFP Mais
19.abr.2013 - A presidente Dilma Rousseff acena ao chegar à Assembleia Nacional da Venezuela, em Caracas, para a posse de Nicolás Maduro na Presidência do país Leo Ramirez/AFP Mais
19.abr.2013 - Maria Gabriel Chávez (à esq.), filha de Hugo Chávez, e o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Diosdado Cabello (à dir.), colocam a faixa presidencial no presidente eleito Nicolás Maduro, em cerimônia de posse no cargo, nesta sexta-feira (19), na sede da Assembleia Nacional, em Caracas Juan Barreto/AFP Mais
19.abr.2013 - O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Diosdado Cabello, segura um homem (de vermelho) que conseguiu chegar perto da tribuna e tirar o microfone do presidente Nicolás Maduro (à dir.), o que interrompeu por alguns minutos seu discurso de posse Francisco Boza/AFP Mais
23.abr.2013 - A edição do Diário Oficial da Assembleia Nacional da Venezuela desta terça-feira (23) traz uma imagem do ex-presidente Hugo Chávez, que morreu em 5 de março, na página com a ata de posse do presidente eleito Nicolás Maduro. Antigo vice-presidente de Chávez, Maduro, além de assinar a ata, escreveu nela a frase "Viva Chávez!" Reprodução/Globovision Mais
29.abr.2013 - Entrada no Conselho Nacional Eleitoral, em Caracas, na Venezuela, onde foi realizada a auditoria dos 46% restantes das urnas da eleição presidencial realizada em 14 de abril. O último boletim divulgado pelo CNE constatou que a diferença entre o candidato eleito, Nicolás Maduro, e seu adversário, o líder da oposição Henrique Capriles, caiu de 272 mil para 224 mil votos (de 1,8 para 1,49%). Capriles ainda não reconheceu o resultado das urnas e, nos próximos dias, entrará com um recurso no Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) Boris Vergara/EFE Mais
30.abr.2013 - Deputado da oposição Julio Borges, sai machucado da Assembleia Nacional da Venezuela, após briga com governistas. Borges afirmou para a rádio venezuelana RCN que um deputado suplente, cujo nome ele não quis revelar, teria praticado a agressão. O confronto começou depois que os oposicionistas tocaram vuvuzelas como protesto por terem o direito à palavra cassado naquela sessão pelos aliados do governo AFP/Primero Justicia Mais
1º.mai.2013 - O líder da oposição venezuelana Henrique Capriles cumprimenta apoiadores duranta ato pelo Dia do Trabalho em Caracas (Venezuela), nesta quarta-feira (1º). Capriles anunciou que a oposição impugnará nesta quinta-feira (2), no Tribunal Supremo de Justiça, os resultados das eleições presidenciais de 14 de abril, nas quais o presidente Nicolás Maduro venceu o líder opositor por uma vantagem apertada nas urnas Boris Vergara/EFE Mais

Nicolás Maduro derrota Capriles e se torna presidente da Venezuela

Veja mais: Eleições presidenciais na Venezuela

Últimos álbuns de Notícias



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos