Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2013/11/07/tufao-haiyan.htm
  • totalImagens: 341
  • fotoInicial: 309
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20131107222710
    • Filipinas [5635];
    • Tufão [52558];
Fotos
7.nov.2013 - O supertufão Haiyan é visto se aproximando das Filipinas em imagem divulgada pela Agência de Meteorologia do Japão, nesta quinta-feira (7). Autoridades alertam mais de 12 milhões de pessoas sobre os riscos do fenômeno climático, que deve alcançar ventos de mais de 330 km/h quando chegar à costa nesta sexta Japan Meteorological Agency/Reuters Mais
7.nov.2013 - Um pescador arrasta seu barco na costa da baía de Manila, enquanto o tufão Haiyan se aproxima, nesta quinta-feira (7). Autoridades alertam mais de 12 milhões de pessoas sobre os riscos do fenômeno climático, que deve alcançar ventos de mais de 330 km/h quando chegar à costa nesta sexta Jay Directo/AFP Mais
7.nov.2013 - Pescadores arrastam barco na costa da baía de Manila, enquanto o tufão Haiyan se aproxima, nesta quinta-feira (7). Autoridades alertam mais de 12 milhões de pessoas sobre os riscos do fenômeno climático, que deve alcançar ventos de mais de 330 km/h quando chegar à costa nesta sexta Jay Directo/AFP Mais
7.nov.2013 - Barcos de pescadores são ancorados na costa da baía de Manila, enquanto o tufão Haiyan se aproxima, nesta quinta-feira (7). Autoridades alertam mais de 12 milhões de pessoas sobre os riscos do fenômeno climático, que deve alcançar ventos de mais de 330 km/h quando chegar à costa nesta sexta Jay Directo/AFP Mais
7.nov.2013 - Barcos de pescadores são ancorados na costa da baía de Manila, enquanto o tufão Haiyan se aproxima, nesta quinta-feira (7). Autoridades alertam mais de 12 milhões de pessoas sobre os riscos do fenômeno climático, que deve alcançar ventos de mais de 330 km/h quando chegar à costa nesta sexta Jay Directo/AFP Mais
7.nov.2013 - Um filipino colhe ostras, próximo a um porto, assim que as operações portuárias foram suspensas por causa do tufão Haiyan, na cidade de Davao, nas Filipinas, nesta quinta-feira (7). Autoridades alertam mais de 12 milhões de pessoas sobre os riscos do fenômeno climático, que deve alcançar ventos de mais de 330 km/h quando chegar à costa nesta sexta Ritchie Tongo/Xinhua Mais
7.nov.2013 - Homem deixa barco de passageiros após ancorá-lo. As operações operações portuárias foram suspensas por causa do tufão Haiyan, na cidade de Davao, nas Filipinas, nesta quinta-feira (7). Autoridades alertam mais de 12 milhões de pessoas sobre os riscos do fenômeno climático, que deve alcançar ventos de mais de 330 km/h quando chegar à costa nesta sexta Ritchie Tongo/Xinhua Mais
8.nov.2013 - Tufão Haiyan atinge as Filipinas, em imagem de satélite meteorológico tirada à 0h30 desta sexta-feira (8). Haiyan, possivelmente o mais forte tufão registrado a atingir terra firme, chegou ao centro das Filipinas, forçando milhões de pessoas a fugir para terreno mais seguro ou se refugiar em abrigos de tempestade. O tufão foi avaliado como de categoria 5 (em uma escala de 5) e gerou ondas de até 5 metros nas ilhas filipinas de Leyte e Samar Divulgação/Agência Meteorológica do Japão/MTSAT/Reuters Mais
8.nov.2013 - Escombros flutuam em estrada inundada após ser atingida por ventos e chuva fortes, decorrentes da passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, no leste do país, nesta sexta-feira (8). Haiyan, possivelmente o mais forte tufão registrado a atingir terra firme, chegou ao centro das Filipinas, forçando milhões de pessoas a fugir para terreno mais seguro ou se refugiar em abrigos de tempestade. O tufão foi avaliado como de categoria 5 (em uma escala de 5) e gerou ondas de até 5 metros nas ilhas filipinas de Leyte e Samar ABS-CBN via Reuters TV/Reuters Mais
8.nov.2013 - Casa é engolida por ondas gigantes causadas pelo supertufão Haiyan ao atingir a cidade filipina de Legazpi, no centro do país insular, a cerca de 520 km de Manila. O tufão Haiyan, uma das tempestades mais fortes já registradas, atingiu as Filipinas nesta sexta-feira (8), provocando deslizamentos de terra e corte de comunicações nas províncias insulares da região central do país. O governo confirma a morte de três pessoas pela passagem do tufão Nelson Salga/AP Mais
8.nov.2013 - Morador caminha ao lado de fortes ondas que se chocam contra o quebra-mar na cidade filipina de Legazpi, no centro do país, causadas pelo tufão Haiyan, nesta sexta-feira (8). A tempestade, chamada de Yolanda nas Filipinas, é uma das mais intensas jamais registradas e causou, até esta manhã, a morte de três pessoas. Milhares ficaram assustados com os ventos de até 315 km/h que arrancaram telhados de edifícios e ondas gigantes que arrastaram casas à beira-mar Carisma Sayat/AFP Mais
8.nov.2013 - Mãe e filhos enfrentam forte chuva a caminho de um centro de evacuação na cidade de Cebu, nas Filipinas, onde moradores da região tentam se proteger do tufão Haiyan, nesta sexta-feira (8). Um dos mais fortes tufões já registrados atingiu as Filipinas nesta sexta-feira, causando a morte de ao menos três pessoas AFP Mais
8.nov.2013 - Homem caminha em rua com árvores derrubadas pelo tufão Haiyan nesta sexta-feira (8) na cidade de Cebu, nas Filipinas. Milhares de pessoas ficaram assustadas com os ventos de até 315 km/h que arrancaram telhados de edifícios e ondas gigantes que arrastaram casas à beira-mar AFP Mais
8.nov.2013 - Moradores de aldeia de pescadores em Bacoor, ao sul de Manila (Filipinas), deixam suas casas antes da passagem do tufão Haiyan, nesta sexta-feira (8). Com ventos de até 315 km/h, o tufão começou a atingir as Filipinas na manhã desta sexta-feira, provocando inundações e destruindo edifícios em regiões do centro do arquipélago Rouelle Umali/Xinhua Mais
8.nov.2013 - Pelo menos três pessoas morreram e mais de 125 mil foram evacuadas no centro das Filipinas, nesta sexta-feira (8), após a chegada do tufão Haiyan, que castiga o país com rajadas de vento de até 315 km/h Agência Lusa Mais
8.nov.2013 - Pelo menos três pessoas morreram e mais de 125 mil foram evacuadas no centro das Filipinas, nesta sexta-feira (8), após a chegada do tufão Haiyan, que castiga o país com rajadas de vento de até 315 km/h Agência Lusa Mais
8.nov.2013 - Pelo menos três pessoas morreram e mais de 125 mil foram evacuadas no centro das Filipinas, nesta sexta-feira (8), após a chegada do tufão Haiyan, que castiga o país com rajadas de vento de até 315 km/h Agência Lusa Mais
8.nov.2013 - Pelo menos três pessoas morreram e mais de 125 mil foram evacuadas no centro das Filipinas, nesta sexta-feira (8), após a chegada do tufão Haiyan, que castiga o país com rajadas de vento de até 315 km/h Agência Lusa Mais
9.nov.2013 - Voluntários embalam donativos para as vítimas do tufão Haiyan, neste sábado (9), no departamento de assistência e desenvolvimento social, em Manila (Filipinas). Com ventos de mais de 300 km/h o tufão já matou mais de cem pessoas no país e afetou cerca de dois milhões, deixando rastro de destruição Jay Directo/AFP Mais
9.nov.2013 - Moradores retiram corpo de escombros em Coron (Filipinas), neste sábado (9), após passagem do tufão Haiyan pela cidade. Com ventos de mais de 300 km/h o tufão já matou mais de cem pessoas no país e afetou cerca de dois milhões, deixando rastro de destruição Reuters Mais
Rua da cidade filipina de Tacloban fica interditada por escombros e árvores caídas, neste sábado (9), após passagem do tufão Haiyan. Com ventos de mais de 300 km/h, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e afetou cerca de dois milhões, deixando rastro de destruição GMA News/Reuters Mais
9.nov.2013 - Veículos ficam empilhados após passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Com ventos de mais de 300 km/h o tufão já matou mais de cem pessoas no país e afetou cerca de dois milhões, deixando rastro de destruição GMA News/Reuters Mais
9.nov.2013 - Mãe chora diante do corpo do filho em uma capela de Tacloban (Filipinas), neste sábado (9). Com ventos de mais de 300 km/h o tufão já matou mais de cem pessoas no país e afetou cerca de dois milhões, deixando rastro de destruição Noel Celis/AFP Mais
Filipino tenta recuperar pertences por entre escombros de casa destruída pelo tufão Haiyan, neste sábado (9), na cidade de Tacloban. Com ventos de mais de 300 km/h o tufão já matou mais de cem pessoas no país e afetou cerca de dois milhões, deixando rastro de destruição Noel Celis/AFP Mais
9.nov.2013 - Casas foram destelhadas após passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Romeo Ranoco/Reuters Mais
9.nov.2013 - Casa é arrastada pela força das águas após a passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Tara Yap/AFP Mais
9.nov.2013 - Filipinos caminham ao lado de árvores arrancadas do solo pela força dos ventos, após a passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Francis Malasig/Efe Mais
9.nov.2013 - Em imagem divulgada pela Nasa (Agência Espacial dos Estados Unidos) neste sábado, o tufão Haiyan se move sobre as Filipinas. Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Nasa/AP Mais
9.nov.2013 - Casas foram destelhadas e carros ficaram de ponta cabeça após passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Erik de Castro/Reuters Mais
9.nov.2013 - Moradores carregam sacos de areia para proteger suas casas do tufão Hayan, neste sábado, em Da Nang, Vietnã. Nas filipinas, a tempestade já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Duc Hien/Reuters Mais
9.nov.2013 - Caminhão foi jogado sobre árvores durante a passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Romeo Ranoco/Reuters Mais
9.nov.2013 - Médicos do Exército filipino atendem vítimas do tufão Haiyan, na cidade de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou centenas de pessoas no país e deixou rastro de destruição Dennis M. Sabangan/Efe Mais
9.nov.2013 - A província de Iloilo ficou submersa após a passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas. Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou mais de cem pessoas no país e deixou rastro de destruição Leo Solinap/Reuters Mais
9.nov.2013 - Casas foram destelhadas após passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou centenas de pessoas no país e deixou rastro de destruição Dennis M. Sabangan/Efe Mais
9.nov.2013 - Casas foram destelhadas após passagem do tufão Haiyan pela cidade filipina de Tacloban, neste sábado (9). Considerada por especialistas como a tempestade mais forte da história, o tufão já matou centenas de pessoas no país e deixou rastro de destruição Reuters Mais
9.nov.2013 - Vista aérea mostra casas destruídas depois da passagem do tufão Haiyan na província de Iloilo, no centro das Filipinas Raul Banias/Reuters Mais
9.nov. 2013 - Foto fornecida pela Cruz Vermelha no Vietnã mostra equipes ajudando a evacuar a cidade de Danang antes da passagem do tufão Haiyan. O governo vietnamita iniciou a evacuação de 100 mil moradores de áreas que podem ser atingidas pelo tufão Cruz Vermelha/EFE Mais
9.nov. 2013 - Foto fornecida pela Cruz Vermelha no Vietnã mostra equipes ajudando a evacuar a cidade de Danang antes da passagem do tufão Haiyan. O governo vietnamita iniciou a evacuação de 100 mil moradores de áreas que podem ser atingidas pelo tufão Cruz Vermelha/EFE Mais
9.nov. 2013 - Foto fornecida pela Cruz Vermelha no Vietnã mostra equipes ajudando a evacuar a cidade de Danang antes da passagem do tufão Haiyan. O governo vietnamita iniciou a evacuação de 100 mil moradores de áreas que podem ser atingidas pelo tufão EFECruz Vermelha/EFE Mais
Foto fornecida pela Cruz Vermelha no Vietnã mostra equipes ajudando a evacuar a cidade de Danang antes da passagem do tufão Haiyan. O governo vietnamita iniciou a evacuação de 100 mil moradores de áreas que podem ser atingidas pelo tufão Cruz Vermelha/EFE Mais
9.nov. 2013 - Foto fornecida pela Cruz Vermelha no Vietnã mostra equipes ajudando a evacuar a cidade de Danang antes da passagem do tufão Haiyan. O governo vietnamita iniciou a evacuação de 100 mil moradores de áreas que podem ser atingidas pelo tufão Cruz Vermelha/EFE Mais
9.nov. 2013 - Foto fornecida pela Cruz Vermelha no Vietnã mostra equipes ajudando a evacuar a cidade de Danang antes da passagem do tufão Haiyan. O governo vietnamita iniciou a evacuação de 100 mil moradores de áreas que podem ser atingidas pelo tufão Cruz Vermelha/EFE Mais
9.nov. 2013 - Nas Filipinas, mulher chora pela morte do filho em uma capela, após a passagem do tufão Haiyan na cidade de Tacloban Noel Celis/AFP Mais
9.nov. 2013 - Veículos virados são vistos na área externa do aeroporto de Tacloban, após a passagem do tufão Haiyan Erik De Castro/Reuters Mais
9.nov. 2013 - Prédio desabou após a passagem do tufão Haiyan pela cidade de Tacloban Erik De Castro/Reuters Mais
9.nov.2013 - Voluntários filipinos distribuem mantimentos em Manila, capital do país, após a passagem do tufão Haiyan, que deixou ao menos 1.200 mortos e milhares de desabrigados Dennis Sabangan/EFE Mais
10.nov.2013 - Ondas causadas pelo tufão Haiyan levaram barco a região com casas, na cidade de Tacloban, província central de Leyte (Filipinas). O tufão Haiyan, uma das tempestades mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas na província, segundo a polícia Aaron Favila/AP Mais
10.nov.2013 - Moradores procuram por pertences após passagem do supertufão Hayan, na cidade de Tacloban, província de Leyte (Filipinas). O tufão Haiyan, uma das tempestades mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas na província, segundo a polícia Dennis M. Sabangan/Efe Mais
10.nov.2013 - Ondas causadas pelo tufão Haiyan levaram navios a região com casas, na cidade de Tacloban, província central de Leyte (Filipinas). O tufão Haiyan, uma das tempestades mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas na província, segundo a polícia Aaron Favila/AP Mais
10.nov.2013 - Ondas causadas pelo tufão Haiyan levaram barcos a região com casas, na cidade de Tacloban, província central de Leyte (Filipinas). O tufão Haiyan, uma das tempestades mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas na província, segundo a polícia Francis R. Malasig/Efe Mais
10.nov.2013 - Menino ferido durante passagem do tufão Haiyan procura por pertences nos destroços de sua casa, em Tacloban (Filipinas). O tufão Haiyan, uma das tempestades mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas na província, segundo a polícia Erik De Castro/Reuters Mais
10.nov.2013 - Filipinos se refugiam em igreja após passagem do supertufão Hayan, na cidade de Tacloban, província de Leyte (Filipinas). A tempestade, uma das mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas no local, segundo a polícia Romeo Ranoco/Reuters Mais
10.nov.2013 - Caixões vazios foram abandonados no meio da rua após passagem do supertufão Hayan, na cidade de Tacloban, província de Leyte (Filipinas). A tempestade, uma das mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas no local, segundo a polícia Romeo Ranoco/Reuters Mais
10.nov.2013 - Ondas causadas pelo tufão Haiyan levaram barcos a região com casas, na cidade de Tacloban, província central de Leyte (Filipinas). A tempestade, uma das mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas no local, segundo a polícia Aaron Favila/AP Mais
10.nov.2013 - Homens carregam mantimentos em meio a inundação na cidade de Tacloban, nas Filipinas, após passagem do supertufão Hayan na província de Leyte. A tempestade, uma das mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas no local, segundo a polícia Aaron Favila/AP Mais
10.nov.2013 - Filipinos saqueiam loja de mantimentos após passagem do supertufão Hayan, na cidade de Tacloban, província de Leyte. A tempestade, uma das mais fortes já registradas, matou ao menos 10 mil pessoas no local, segundo a polícia Francis R. Malasig/Efe Mais
10.nov.2013 - Vietnamitas caminham em praia na cidade de Danang. As autoridades do país retiraram cerca de 600 mil pessoas diante da chegada do tufão Haiyan, que deixou um rastro de desolação na região central das Filipinas e que atinge neste domingo o litoral vietnamita, informaram fontes oficiais Hau Dinh/AP Mais
10.nov.2013 - Proprietário de uma marcenaria vai ao desespero após constatar que seu local de trabalho foi invadido por pessoas na cidade de Tacloban, na província de Leyte, região central das Filipinas. Na cidade, muitos se queixam de falta de comida, água e sem energia elétrica desde a passagem do tufão Haiyan Aaron Favila/AP Mais
10.nov.2013 - Dois homens carregam colchão encharcado em bairro mais atingido de Tacloban, nas Filipinas, em meio a destruição causada pela passagem do tufão Haiyan, considerado o mais poderoso já registrado na história, com ventos de até 315 km/h Noel Celis/AFP Mais
10,nov.2013 - Moradores caminham por via parcialmente destruída em Palo, nas Filipinas, após a passagem do super tufão Haiyan. As autoridades calculam que o número de mortos pode somar dez mil mortos Noel Celis/AFP Mais
10.nov.2013 - Carro destruído ao norte da região de Borbon, em Cebu, capital das Filipinas, depois da passagem do tufão Haiyan. De acordo com a polícia, mais de dez mil pessoas morreram com a passagem do fenômeno Noel Celis/AFP Mais
10.nov.2013 - Vista aérea mostra navios em terra em uma comunidade costeira na província de Leyte, região central das Filipinas, após passagem do tufão Haiyan. Uma das tempestades mais fortes já registrados matou pelo menos dez mil pessoas na região central das Filipinas, de acordo com a polícia Ryan Lim/Malacanang/Reuters Mais
10.nov.2013 - Torre de controle do Aeroporto da cidade de Tacloban, nas Filipinas, após passagem do tufão Haiyan, que deixou uma estimativa de dez mil vítimas fatais, de acordo com as autoridades Erik de Castro/Reuters Mais
10.nov.2013 - Ventos fortes atingem a costa da cidade de Sanya, no sul da província chinesa de Hainan, com a aproximação do tufão Haiyan. As autoridades da China ativaram neste domingo o alerta vermelho, o de maior gravidade, perante a chegada do tufão; cerca de 200 voos foram cancelados nos aeroportos de Sanya e Haikou Zhang Yongfeng/Xinhua Mais
10.nov.2013 - Ventos fortes e ondas atingem a costa da cidade de Sanya, no sul da província chinesa de Hainan, com a aproximação do tufão Haiyan. As autoridades da China ativaram neste domingo o alerta vermelho, o de maior gravidade, perante a chegada do tufão; cerca de 200 voos foram cancelados nos aeroportos de Sanya e Haikou Zhang Yongfeng/Xinhua Mais
10.nov.2013 - Árvore cai devido aos fortes ventos causados com a aproximação do tufão Haiyan, da cidade de Sanya, no sul da província chinesa de Hainan. As autoridades da China ativaram neste domingo o alerta vermelho, o de maior gravidade, perante a chegada do tufão; cerca de 200 voos foram cancelados nos aeroportos de Sanya e Haikou Zhang Yongfeng/Xinhua Mais
10.nov.2013 - Moradores tentam se proteger da chuva com vento forte causados pela aproximação do tufão Haiyan, da cidade de Sanya, no sul da província chinesa de Hainan. As autoridades da China ativaram neste domingo o alerta vermelho, o de maior gravidade, perante a chegada do tufão; cerca de 200 voos foram cancelados nos aeroportos de Sanya e Haikou Guo Cheng/Xinhua Mais
10.nov.2013 - Carro passa em estrada alagada com a aproximação do tufão Haiyan, da cidade de Sanya, no sul da província chinesa de Hainan. As autoridades da China ativaram neste domingo o alerta vermelho, o de maior gravidade, perante a chegada do tufão; cerca de 200 voos foram cancelados nos aeroportos de Sanya e Haikou Zheng Weina/Xinhua Mais
10.nov.2013 - Outdoor cai em cima de motocicleta devido aos ventos fortes causados pelo tufão Haiyan, que se aproxima da cidade de Sanya, no sul da província chinesa de Hainan. As autoridades da China ativaram neste domingo o alerta vermelho, o de maior gravidade, perante a chegada do tufão; cerca de 200 voos foram cancelados nos aeroportos de Sanya e Haikou Yuan Yongdong/Xinhua Mais
10.nov.2013 - Passageiros que tiveram voos cancelados se aglomera no aeroporto de Sanya, no sul da província chinesa de Hainan. As autoridades da China ativaram neste domingo o alerta vermelho, o de maior gravidade; cerca de 200 voos foram cancelados nos aeroportos de Sanya e Haikou Zheng Weina/Xinhua Mais
10.nov.2013 - Vista aérea mostra destruição causada pela passagem do tufão Haiyan, na cidade de Leyte, nas Filipinas Ryan Lim/Malacanang Photo Bureau/AFP Mais
10.nov.2013 - Família fica sobre os escombros da casa onde moravam e que foi destruída com a passagem do tufão Haiyan na província de Cebu, nas Filipinas Jay Rommel Labra/EFE/EPA Mais
10.nov.2013 - Moradores tentam recuperar pertences nos escombros de uma casa destruída com a passagem do tufão Haiyan na província de Cebu, nas Filipinas Jay Rommel Labra/EFE/EPA Mais
10.nov.2013 - Oficiais da Marinha norte-americana em uma base no Japão organizam kits de ajuda humanitária que serão enviados às áreas devastadas nas Filipinas pelo tufão Haiyan Hitoshi Maeshiro/EFE/EPA Mais
10.nov.2013 - Voluntário organiza doações do Programa Mundial de Alimentos que serão enviadas às vítimas do tufão Haiyan nas Filipinas, no aeroporto de Subang, em Kuala Lumpur, na Malásia Samsul Said/Reuters Mais
10.nov.2013 - O presidente filipino, Benigno Aquino (dir.), distribui kits humanitários às vítimas do tufão Haiyan, na cidade de Leyte Ryan Lim/Malacanang Photo Bureau/AFP Mais
10.nov.2013 - O presidente filipino, Benigno Aquino (esq.), distribui kits humanitários às vítimas do tufão Haiyan, na cidade de Leyte Ryan Lim/Malacanang Photo Bureau/AFP Mais
10.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan fazem fila para receber comida e medicamentos na ilha de Leyte, nas Filipinas. Autoridades estimam que cerca de 10 mil pessoas morreram no desastre natural Ted Aljibe/AFP Mais
11.nov.2013 - Funcionário carrega artigos de socorro do PAM (Programa Alimentar Mundial) dentro da aeronave perto do aeroporto de Kuala Lumpur (Malásia). Os itens serão enviados às vítimas do megatufão Haiyan nas Filipinas, onde ao menos 10 mil morreram, segundo autoridades da província da Leyte Samsul Said/Reuters Mais
11.nov.2013 - Foto aérea de tirada mostra casas e edifícios destruídos devido à passagem do tufão Haiyan na cidade de Tacloban (Filipinas). Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Erik De Castro/Reuters Mais
11.nov.2013 - Beatriz Joy recebe cuidados pouco após nascer em centro médico improvisado na cidade de Tacloban (Filipinas), atingida pelo tufão Haiyan desde sexta-feira (8). Emily Sagalis, 21, fez o trabalho de parto deitada em piso de madeira entre uma pilha de detritos e chorou de alegria quando deu à luz a menina. O nome Beatriz é homenagem à mãe de Emily, que morreu atingida por uma onda durante a passagem do Haiyan Jason Gutierrez/AFP Mais
11.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan na vila de Capiz carregam sacos com mantimentos básicos trazidos por helicóptero das Forças Armadas filipinas nesta segunda-feira (11). Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Tara Yap/AFP Mais
11.nov.2013 - Roy Cagbian, 28, segura sua filha de sete meses em frente a sua casa destruída pelo tufão Haiyan em Tacloban, nesta segunda-feira (11). Três dias depois do supertufão ter destruído cidades inteiras na região central das Filipinas, deixando áreas repletas de cadáveres, os sobreviventes estão sem comida, água e medicamentos Wally Santana/AP Mais
11.nov.2013 - Emily Sagalis, 21, entra em trabalho de parto deitada em piso de madeira de centro médico improvisado na cidade de Tacloban, nas Filipinas, atingida pelo tufão Haiyan desde sexta-feira (8). Emily deu à luz a menina Beatriz Joy Jason Gutierrez/AFP Mais
11.nov.2013 - Mulher segura criança em abrigo improvisado após a destruição causada pelo tufão Haiyan em Tacloban, região central das Filipinas, nesta segunda-feira (11). Três dias depois do supertufão ter destruído cidades inteiras na região central das Filipinas, deixando áreas repletas de cadáveres, os sobreviventes estão sem comida, água e medicamentos Wally Santana/AP Mais
11.nov.2013 - Criança procura mantimentos entre escombros após passagem do tufão Haiyan em Tacloban, nas Filipinas, nesta segunda-feira (11). Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Wally Santana/AP Mais
11.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan escrevem mensagem no chão pedindo por socorro na cidade de Tacloban, nas Filipinas, nesta segunda-feira (11). Na mensagem, lê-se "socorro, SOS. Nós precisamos de comida". Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Aaron Favila/AP Mais
11.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan pegam peças de madeira entre navios cargueiros em Tacloban, nas Filipinas, atingida pelo tufão Haiyan desde sexta-feira (8). Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Romeo Ranoco/Reuters Mais
11.nov.2013 - Mulher grávida em trabalho de parto é atendida em clínica na cidade de Tacloban, nas Filipinas, devastada pelo tufão Haiyan, nesta segunda-feira (11) Erik De Castro/Reuters Mais
11.nov.2013 - Em imagem divulgada pela Força Aérea filipina de região devastada pelo tufão Haiyan em Tacloban, uma embarcação aparece entre os escombros de edifícios. Ondas causadas pelo tufão levaram barcos a região com casas. Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Gaudie Lauron/Força Aérea das Filipinas/Reuters Mais
11.nov.2013 - Pessoas andam sobre os escombros próximo ao um navio levado para a terra pelas fortes ondas formadas pelo tufão Haiyan em Tacloban Noel Celis/AFP Mais
11.nov.2013 - Navios cargueiros se amontoam em terra na costa da cidade de Tacloban, nas Filipinas, nesta segunda-feira (11). Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Romeo Ranoco/Reuters Mais
11.nov.2013 - Vista aérea da vila de pescadores de Guiwan, nas Filipinas, devastada pelo tufão Haiyan. Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Erik De Castro/Reuters Mais
11.nov.2013 - Sobrevivente caminha em meio aos escombros de casas destruídas pelo tufão Haiyan em Tacloban, nesta segunda-feira (11). Três dias depois do supertufão ter destruído cidades inteiras na região central das Filipinas, deixando áreas repletas de cadáveres, os sobreviventes estão sem comida, água e medicamentos Noel Celis/AFP Mais
11.nov.2013 - Pai carrega corpo de filha nos braços a caminho de necrotério na cidade de Tacloban, nas Filipinas, devastada pelo tufão Haiyan. Na rua principal da cidade, de cerca 280 mil habitantes antes da tragédia, dezenas de corpos se decompõe a céu aberto. Três dias após a passagem do tufão Haiyan, ainda não foram enterrados Nino Jesus Orbeta/Reuters Mais
11.nov.2013 - Em imagem divulgada pela Cruz Vermelha, voluntários trabalham em Taipé, capital de Taiwan, carregando mantimentos destinados para áreas devastadas pela passagem do tufão Haiyan. Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Cruz Vermelha/AFP Mais
11.nov.2013 - Coqueiros devastados pela passagem do tufão Haiyan próximo à cidade de Guiuan. Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Ted Aljibe/AFP Mais
11.nov.2013 - Mulher carrega criança em rua inundada na cidade de Yong'an, na China. o tufão Haiyan trouxe fortes ventos e chuvas ao país depois de ter devastado cidades filipinas. O tufão perdeu força ao tocar a terra no Vietnã Zhang Ailin/Xinhua Mais
11.nov.2013 - Mulher chora enquanto embarca com filha em helicóptero da Força Aérea filipina em Guiuan, cidade atingida pela passagem do tufão Haiyan. Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Bullit Marquez/AP Mais
11.nov.2013 - Bandeira das Filipinas tremula rasgada após passagem do tufão Haiyan por Hernani, nas Filipinas. Três dias depois do supertufão ter destruído cidades inteiras na região central das Filipinas, deixando áreas repletas de cadáveres, os sobreviventes estão sem comida, água e medicamentos Erik De Castro/Reuters Mais
11.nov.2013 - Escombros de casas boiam na água do mar após passagem do tufão Haiyan por Tacloban, nas Filipinas. Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Romeo Ranoco/Reuters Mais
11.nov.2013 - Avião militar C-130 sobrevoa região atingida pelo tufão Haiyan em Tacloban, nas Filipinas. Três dias depois do supertufão ter destruído cidades inteiras na região central das Filipinas, deixando áreas repletas de cadáveres, os sobreviventes estão sem comida, água e medicamentos Aaron Favila/AP Mais
11.nov.2013 - Moradores de área devastada pelo tufão Haiyan buscam atendimento e suprimentos no aeroporto de Tacloban, nas Filipinas. Três dias depois do supertufão ter destruído cidades inteiras na região central das Filipinas, deixando áreas repletas de cadáveres, os sobreviventes estão sem comida, água e medicamentos Bullit Marquez/AP Mais
11.nov.2013 - Carro sobre escombros de casas após passagem do tufão Haiyan por Tacloban, nas Filipinas. Autoridades estimam que ao menos 10 mil filipinos morreram no desastre natural Aaron Favila/AP Mais
11.nov.2013 - Homens carregam sacos de arroz retirados de depósito invadido na cidade de Tacloban, nas Filipinas. A passagem do tufão Haiyan deixou centenas de mortos na cidade e agora os sobreviventes enfrentam falta de comida, água e medicamentos Aaron Favila/AP Mais
11.nov.2013 - Mulher segura bebê recém-nascido enquanto a mãe da criança descansa, após parto em clínica improvisada no aeroporto de Tacloban, nas Filipinas. A menina foi batizada como Bea Joy em homenagem à sua avó, Beatrice, que desapareceu após a passagem do tufão Haiyan pelo país Bullit Marquez/AP Mais
11.nov.2013 - Representantes da delegação filipina durante a Conferência do Clima da ONU, a COP-19, prestam homenagem às vítimas do tufão Hayian durante a abertura do encontro nesta segunda-feira (11), em Varsóvia, na Polônia Janek Skarzynski/AFP Mais
12.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan se acotovelam para conseguir uma chance de embarcar em avião de transporte militar C-130 em Tacloban, região central das Filipinas, nesta terça-feira (12). Milhares de pessoas invadiram o aeroporto em busca de um voo, mas apenas algumas centenas conseguiu abandonar a cidade, em destroços e repleta de corpos. Segundo estimativas, 10.000 pessoas morreram em Tacloban - o correspondente a 5% da população da cidade Bullit Marquez/AP Mais
12.nov.2013 - Feridos são resgatados e embarcam em avião militar no aeroporto de Tacloban, região central das Filipinas, após a passagem do tufão Haiyan. Na cidade, uma das mais atingidas no maior desastre natural do país, ao menos 10.000 pessoas morreram, o correspondente a 5% da sua população; com problemas no abastecimento, lojas foram invadidas e saqueadas Ted Aljibe/AFP Mais
12.nov.2013 - Região do aeroporto de Tacloban, região central das Filipinas, fica cheia de destroços durante operação de evacuação da cidade, comandada por militares filipinos com o auxílio de aviões de carga e transporte, como o C-130, estacionado na pista. O tufão Haiyan, uma das mais fortes tempestades da história, destruiu cidades inteiras no país insular, causando mais de 10.000 mortes. Em Tacloban, estima-se que 5% das cerca de 200 mil pessoas tenham morrido na passagem do tufão Philippe Lopez/AFP Mais
12.nov.2013 - Criança pede ajuda para carros que passam por estrada de Cebu nas Filipinas. Pelo menos 1.744 pessoas morreram nas Filipinas durante a passagem do tufão "Haiyan", informaram nesta terça-feira (12) os órgãos oficiais do país Dennis M. Sabangan/AFP Jay Rommel/EFE Mais
12.nov.2013 - Crianças pedem ajuda para carros que passam por estrada de Cebu nas Filipinas. Pelo menos 1.744 pessoas morreram nas Filipinas durante a passagem do tufão "Haiyan", informaram nesta terça-feira (12) os órgãos oficiais do país Jay Rommel/EFE Mais
12.nov.2013 - Filipinos aguardam avião militar de resgate a cidade devastada de Tacloban, na província de Leyte, nas Filipinas Dennis M. Sabangan/AFP Mais
12.nov.2013 - Estátua fica pendurada após a passagem do tufão Haiyan em Tacloban, na província de Leyte, região central das Filipinas. Pelo menos 1.744 pessoas morreram durante a passagem do tufão, informaram nesta terça-feira os órgãos oficiais do país, enquanto os dados extraoficiais falam de dezenas de milhares de mortos Aaron Favila/AP Mais
12.nov.2013 - O americano Larry Womack, 59, e a esposa Bobbie, 54, comemoram o fato de sobreviverem à passagem tufão Haiyan as Filipinas Dennis M. Sabangan/EFE Mais
12.nov.2013 - Vítima do tufão Haiyan faz abrigo improvisado na província de Leyte, no centro Filipinas. Pelo menos 1.744 pessoas morreram nas Filipinas durante a passagem do tufão "Haiyan", informaram nesta terça-feira (12) os órgãos oficiais do país Erik De Castro/Reuters Mais
12.nov.2013 - Pessoas tentam retirar um carro de túnel inundado em meio a fortes chuvas derivadas do tufão Haiyan em Nanning, na região autônoma de Guangxi Zhuang, China. Pelo menos 12 pessoas morreram e outras 12 continuam desaparecidas após a passagem do tufão pela China China Daily/Reuters Mais
12.nov.2013 - Gary Orbiso, um dos sobreviventes que foram evacuados da zona de desastre, enxuga as lágrimas com a camisa depois de chegar através de um avião militar a base aérea de Villamor, em Manila, Filipinas Cheryl Ravelo/Reuters Mais
12.nov.2013 - Militares filipinos tentam priorizar o resgate de mulheres e crianças em voos da evacuação na região central das Filipinas. Mais de 3.000 pessoas se aglomeraram ao redor de dois aviões C-130 da Força Aérea filipina, no aeroporto de Tacloban, nesta terça-feira (12), na esperança de deixar a cidade mais atingida pelo tufão Haiyan, segundo a "NBC News" Wally Santana/AP Mais
12.nov.2013 - Sobreviventes da passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas andam sobre escombros nesta terça-feira (12) Noel Celis/AFP Mais
12.nov.2013 - Vítimas do tufão Haiyan fazem fila para conseguir arriz em um armazém nas Filipinas. As equipes de emergência e resgate trabalham para ajudar às vítimas e nas buscas por possíveis sobreviventes Erik De Castro/Reuters Mais
12.nov.2013 - Crianças brincam do lado de fora do Centro de Convenções de Tacloban, que se tornou um centro de refúgio improvisado para as pessoas deslocadas após a passagem do tufão Haiyan, nas Filipinas Edgar Su/Reuters Mais
12.nov.2013 - Vítima do tufão Haiyan descansa em um sofá nas ruínas da casa de sua família em Palo, na província de Leyte, nas Filipinas. A ONU pediu nesta terça-feira (12) US$ 301 milhões em ajuda humanitária para os filipinos afetados pelo tufão Haiyan, que teria matado ao menos 10.000 pessoas Erik De Castro/Reuters Mais
12.nov.2013 - Homem da banho em cachorro de estimação entre os escombros de casas destruídas em Tacloban, leste da ilha de Leyte, nas Filipinas Noel Celis/AFP Mais
12.nov.2013 - Soldados e policiais recolhem corpos de vítima sem uma igreja católica após a passagem do tufão Haiyan na província de Leyte, região central das Filipinas. Milhares de sobreviventes do tufão Haiyan nas Filipinas, que teria provocado mais de 10.000 mortes, aguardavam nesta terça-feira água e comida com urgência, no mesmo dia em que seguiram para a região da catástrofe barcos de ajuda americanos e britânicos Bullit Marquez/AP Mais
12.nov.2013 - Fuzileiro naval dos EUA carrega uma mulher ferida que sobreviveu a passagem do tufão Haiyan na cidade de Tacloban, Filipinas. A ONU pediu nesta terça-feira (12) US$ 301 milhões em ajuda humanitária para os filipinos afetados pelo tufão Haiyan, que teria matado ao menos 10.000 pessoas Jay Directo/AFP Mais
12.nov.2013 - Homem reconstrói casa destruída em Tacloban, leste da ilha de Leyte nas Filipinas. Milhares de sobreviventes do tufão Haiyan nas Filipinas, que teria provocado mais de 10.000 mortes, aguardavam nesta terça-feira água e comida com urgência, no mesmo dia em que seguiram para a região da catástrofe barcos de ajuda americanos e britânicos Noel Celis/AFP Mais
12.nov.2013 - Mãe chora após não conseguir embarcar com os filhos em um voo de resgate militar em Tacloban, na província de Leyte, região central das Filipinas Ted Aljibe/AFP Mais
12.nov.2013 - Crianças ajudam a carregar baldes em frente a uma pichação com um pedido de água, na cidade de Tacloban, Filipinas Romeo Ranoco/Reuters Mais
12.nov.2013 - Vítimas do tufão esperam por voos de resgate no no aeroporto de Tacloban, na ilha de Leyte, Filipinas. A ONU pediu nesta terça-feira (12) US$ 301 milhões em ajuda humanitária para os filipinos afetados pelo tufão Haiyan, que teria matado ao menos 10.000 pessoas Philippe Lopez/AFP Mais
12.nov.2013 - Mulher chora depois de encontrar o corpo de um parente que estava desaparecido, junto a outras vítimas do tufão Haiyan, na cidade de Tacloban, Filipinas Romeo Ranoco /Reuters Mais
12.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan esperam no aeroporto para serem transportados em aviões de carga na cidade de Tacloban, na província de Leyte, região central das Filipinas Wong Maye-E/AP Mais
12.nov.2013 - Homem segura um bebê em Tacloban, parea atingida pelo tufão Haiyan nas Filipinas. A ONU pediu nesta terça-feira (12) US$ 301 milhões em ajuda humanitária para os filipinos afetados pelo tufão Haiyan, que teria matado ao menos 10.000 pessoas Rouelle Umali/Xinhua Mais
12.nov.2013 - Bebê que sobreviveu a passagem do tufão Haiyan é retirada da área do desastre em um caminhão militar junto com a família. A ONU pediu nesta terça-feira (12) US$ 301 milhões em ajuda humanitária para os filipinos afetados pelo tufão Haiyan, que teria matado ao menos 10.000 pessoas Cheryl Ravelo/Reuters Mais
12.nov.2013 - Sobreviventes observam sacos com corpos de vítimas do tufão Haiyan na cidade de Tacloban, nas Filipinas, nesta terça-feira (12). Equipes de resgate tentaram chegar em locais isolados. Segundo autoridades, o número de mortos, que passa de 10 mil, pode aumentar rapidamente com a intensificação dos esforços nas buscas por vítimas Romeo Ranoco/Reuters Mais
12.nov.2013 - Sobreviventes invadem armazém para pegar comida em Guiuan, Filipinas. A ONU pediu nesta terça-feira (12) US$ 301 milhões em ajuda humanitária para os filipinos afetados pelo tufão Haiyan, que teria matado ao menos 10.000 pessoas Ted Aljibe/Reuters Mais
12.nov.2013 - Guarda Costeira das Filipinas patrulha a bordo de um barco salva-vidas durante busca por vítimas na cidade de Tacloban, na província de Leyte, Filipinas. Pelo menos 1.744 pessoas morreram nas Filipinas durante a passagem do tufão "Haiyan", informaram nesta terça-feira (12) os órgãos oficiais do país Dennis M. Sabangan/EFE Mais
12.nov.2013 - Sobreviventes tentam abastecer veículos depois que o tufão Haiyan devastou cidade Tacloban, na província de Leyte, região central das Filipinas Aaron Favila/AP Mais
12.nov.2013 - Tropas filipinas tentam controlar sobreviventes que querem embarcar em aviões militares para fugir do tufão devastou cidade Tacloban região central das Filipinas Aaron Favila/AP Mais
12.nov.2013 - Sobrevivente da cidade de Tacloban, que foi devastada pelo tufão Haiyan reza sentado no chão depois de desembarcar na base aérea Villamor em Manila, Filipinas Vincent Yu/AP Mais
12.nov.2013 - Filipinos e estrangeiros embarcam em um avião militar dos Estados Unidos após a passagem do tufão Haiyan na cidade de Tacloban, no centro das Filipinas Wally Santana/AP Mais
12.nov.2013 - Casas daniicadas pelo tufão Haiyan na cidade de Tacloban, uma das mais afetadas pela passagem da tempestade nas Filipinas Aaron Favila/AP Mais
12.nov.2013 - Filipinos andam em meio a destroços na cidade de Tacloban, após a passagem do tufão Haiyan. Sobreviventes agora enfrentam a falta de comida e alojamento Aaron Favila/AP Mais
12.nov.2013 - Mulher passa por carros que ficaram empilhados após a passagem do tufão Haiydan pela cidade de Tacloban, no centro das Filipinas. A ONU pediu nesta terça-feira (12) US$ 301 milhões em ajuda humanitária para os filipinos afetados pelo tufão Noel Celis/AFP Mais
12.nov.2013 - Menino observa escombros de casas destruídas pela passagem do tufão Hayian na cidade de Tacloban, na região central das Filipinas Noel Celis/AFP Mais
12.nov.2013 - Corpo embrulhado em um tecido e com um nome escrito em um papel é deixado na capela de São Miguel, em Tacloban, nas Filipinas. Corpos de vítimas do tufão Haiyan estão sendo deixados em capelas e igrejas, pois o necrotério da cidade não tem mais capacidade para receber as vítimas Wally Santana/AFP Mais
12.nov.2013 - Menino em busca de água passa por caixão com corpo de vítima do tufão Haiyan em Tacloban, na região central das Filipinas Wally Santana/AFP Mais
12.nov.2013 - Militares filipinos controlam portão de aeroporto em Tacloban, onde milhares de sobreviventes da passagem do tufão Haiyan procuram voos para deixar a cidade, que enfrenta falta de água e comida Wally Santana/AFP Mais
12.nov.2013 - O comissário climático das Filipinas, Naderev Sano, fala com a imprensa durante a Cop19 (19º Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas), no Estádio Nacional em Varsóvia, na Polônia, nesta terça-feira (12). Sano iniciou ontem um jejum voluntário para protestar contra a falta de atenção da comunidade internacional sobre o aquecimento global, que ele colocou como uma das causas do super tufão que devastou o seu país Kacper Pempel/Reuters Mais
12.nov.2013 - Moradores cobrem o rosto para evitar odor de cadáveres em rua de Tacloban, nas Filipinas. O repórter da Folha de S. Paulo Marcelo Ninio, que está no país atingido pelo tufão Haiyan, conta que corpos inchados e escurecidos jazem à beira da estrada que liga o aeroporto ao centro da cidade. "A proteção improvisada não basta para evitar o cheiro da morte", diz ele Bullit Marquez/AP Mais
12.nov.2013 - Bruce Brinker, gerente de um depósito em Wilmington, na Califórnia, prepara caixas com tênis que serão enviados para as vítimas do tufão Haiyan nas Filipinas Jonathan Alcorn/Reuters Mais
12.nov.2013 - Leitos hospitalares são estocados em depósito em Wilmington, na Califórnia,antes de seguirem para localidades atingidas pelo tufão Haiydan nas Filipinas Jonathan Alcorn/Reuters Mais
13.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan, que devastou a região central das Filipinas há cinco dias, esperam em fila para embarcar, nesta quarta-feira (13), no aeroporto de Tacloban (uma das cidades mais afetadas). Considerado um dos mais violentos tufões da história, o Haiyan deixou rastro de destruição nas Filipinas e saldo de 1.833 mortos, segundo estimativas oficiais do governo filipino Bullit Marquez/AP Mais
13.nov.2013 - Em área destruída pela passagem do tufão Haiyan na costa de Tanawan (Filipinas), telhado de casa é pichado com mensagem de pedido de socorro, nesta quarta-feira (13). Considerado um dos mais violentos tufões da história, o Haiyan deixou rastro de destruição nas Filipinas e saldo de 1.833 mortos, segundo estimativas oficiais do governo filipino Wally Santana/AP Mais
13.nov.2013 - Soldados das Filipinas e de Taiwan descarregam aeronave militar lotada de mantimentos que serão entregues às vítimas da passagem do tufão Haiyan, nesta quarta-feira (13), no aeroporto internacional de Mactan-Cebu (Filipinas). Taiwan enviou dois aviões com carregamento de cerca de 15 toneladas de alimentos, barracas, cobertores e outros bens de ajuda humanitária AFP Mais
13.nov.2013 - Sobrevivente enxuga o rosto enquanto busca pertences em área devastada pelo tufão Haiyan, nesta quarta-feira (13), na cidade de Tacloban (Filipinas). Na imagem, é possível ver a bandeira nacional tombada. Considerado um dos mais violentos tufões da história, o Haiyan deixou rastro de destruição nas Filipinas e saldo de 1.833 mortos, segundo estimativas oficiais do governo filipino Vincent Yu/AP Mais
13.nov.2013 - Militares socorrem sobrevivente que desmaiou nesta quarta-feira (13) enquanto esperava em longa fila para embarcar no aeroporto de Tacloban -- uma das cidades mais afetadas pela passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas. Considerado um dos mais violentos tufões da história, o Haiyan deixou rastro de destruição nas Filipinas e saldo de 1.833 mortos, segundo estimativas oficiais do governo filipino Bullit Marquez/AP Mais
13.nov.2013 - Transeunte passa por caixão abandonado em rua destruída pela passagem do tufão Haiyan pela cidade de Tacloban, nesta quarta-feira (13). Considerado um dos mais violentos tufões da história, o Haiyan deixou rastro de destruição nas Filipinas e saldo de 1.833 mortos, segundo estimativas oficiais do governo filipino. Também nesta quarta-feira (13), autoridades locais e organizações religiosas começaram a cavar valas comuns para enterrar os mortos e prevenir o surto de doenças e epidemias Edgar Su/Reuters Mais
13.nov.2013 - Em imagem aérea, moradores fazem pedido por ajuda em meio a escombros após a passagem do tufão Haiyan na costa da cidade de Tanawan, no centro das Filipinas Wally Santana/AP Mais
13.nov.2013 - Sobrevivente da passagem do tufão Haiyan pela cidade de Tacloban, nas Filipinas, carrega galão de água, nesta quarta-feira (13). O tufão, um dos mais devastadores já registrados no país, atingiu Tacloban na última sexta-feira, deixando rastro de destruição Vincent Yu/AP Mais
13.nov.2013 - Filipino caminha no interior de shopping que foi inundado e supostamente saqueados após a passagem do tufão Hayian em Tacloban, nas Filipinas, nesta quarta-feira (13). A palavra "Yolanda" pintada no carro na imagem é o nome local para Haiyan Aaron Favila/AP Mais
13.nov.2013 - Bebês recém-nascidos dormem em incubadoras em hospital da cidade de Tacloban, no centro das Filipinas, nesta quarta-feira (13). A maioria dos 80 bêbes que nasceram no local desde a passagem do tufão Haiyan são prematuros. As mães das crianças deram entrada no hospital em estado de choque John Javellana/Reuters Mais
13.nov.2013 - Sobreviventes tentam reconstruir casa após passagem do tufão Haiyan em Tacloban, nas Filipinas, nesta quarta-feira (13) Vincent Yu/AP Mais
13.nov.2013 - Na imagem, tanques de combustíveis danificados pela passagem do tufão Haiyan na costa de Tanawan, no centro das Filipinas, nesta quarta-feira (13) Wally Santana/AP Mais
13.nov.2013 - Lina Mimbrello, 28, segura seu bebê de duas semas de vida enquanto aguarda para embarcar em avião militar para sair de Tacloban, cidade devastada pelo tufão Haiyan nas Filipinas, nesta quarta-feira (13) Noel Celis/AFP Mais
13.nov.2013 - Mulher idosa é carregada antes de embarcar em avião militar para deixar Tacloban, cidade devastada pelo tufão Haiyan nas Filipinas, nesta quarta-feira (13) Wong Maye/AP Mais
13.nov.2013 - Moradores cobrem o rosto para evitar odor de cadáveres em rua de Tacloban, nas Filipinas, nesta quarta-feira (13) AP/Dita Alangkara Mais
13.nov.2013 - Pessoas andam sobre os escombros próximo ao um navio levado para a terra pelas fortes ondas formadas pelo tufão Haiyan em Tacloban Vincent Yu/AP Mais
13.nov.2013 - Daniel Christoffel Antunes, um engenheiro químico cearense, e sua mãe, Vita, e irmã, Luana. Ele relatou o desespero após a passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas Arquivo pessoal Mais
13.nov.2013 - Uma estátua de Jesus Cristo permaneceu intacta após a passagem do tufão Haiyan na cidade de Tanawan, na região central das Filipinas. O tufão, um dos mais devastadores já registrados no país, já causou a morte de mais de 2.200 pessoas Wally Santana/AP Mais
14.nov.2013 - Corpos de vítimas do tufão Haiyan são alinhados em Tacloban, na ilha de Leyte (Filipinas). Cadáveres em decomposição nas ruas da cidade são uma ameaça de saúde crescente após a passagem do tufão deixar milhares de mortos Philippe Lopez/AFP Mais
14.nov.2013 - Pessoas andam sobre os escombros de casas após passagem do tufão Haiyan, em Tanauan (Filipinas). A ONU estima que 10 mil pessoas podem ter morrido apenas em Tacloban, atingida por ondas de até cinco metros. A ONG Médicos Sem Fronteiras afirmou que muitas das vítimas do tufão ainda não receberam ajuda devido a problemas logísticos John Javellana/Reuters Mais
14.nov.2013 - Vítima da passagem do tufão Haiyan chora enquanto é evacuada por avião de carga do Exército no aeroporto de Tacloban (Filipinas). A ONU estima que 10 mil pessoas podem ter morrido apenas em Tacloban, atingida por ondas de até cinco metros Nicolas Asfouri/AFP Mais
14.nov.2013 - Menino checa estado de saúde de cão em abrigo para sobreviventes do tufão Haiyan, em Tacloban (Filipinas). A ONU estima que 10 mil pessoas podem ter morrido apenas em Tacloban, atingida por ondas de até cinco metros Edgar Su/Reuters Mais
14.nov.2013 - Filipinos são evacuadas em avião do Exército dos Estados Unidos, em Tacloban (Filipinas). A ONU estima que 10 mil pessoas podem ter morrido apenas em Tacloban, atingida por ondas de até cinco metros Wolfgang Rattay/Reuters Mais
14.nov.2013 - Garoto leva garrafas de água para centro de convenções que foi transformado em abrigo temporário após passagem de tufão, em Tacloban (Filipinas). A ONG Médicos Sem Fronteiras afirmou que, seis dias após o desastre, muitas das vítimas do tufão Haiyan nas Filipinas ainda não receberam ajuda devido a problemas logísticos Bobby Yip/Reuters Mais
14.nov.2013 - Policial ajuda a mover os corpos para o enterro em uma vala comum de vítimas do tufão Haiyan na cidade de Tacloban, Filipinas. A prefeitura da cidade calcula que já recuperou quase 2.000 corpos Edgar Su/Reuters Mais
14.nov.2013 - Uma garota de 13 anos foi resgatada após ter passado seis dias em meio aos escombros de sua casa, ao lado dos corpos de seus familiares BBC Mais
14.nov.2013 - Paramédicos ajudam Idara Marelo, 41, que acaba de dar à luz seu bebê em um abrigo temporário em Tacloban, Filipinas. Integrantes da organização humanitária Médicos Sem Fronteiras afirmaram que muitas vítimas do tufão Haiyan não têm recebido ajuda ainda devido a problemas logísticos Mast Irham/EFE Mais
14.nov.2013 - Voluntários carregam corpos de vítimas do tufão Haiyan para uma vala comum nos arredores de Tacloban, Filipinas. Vários corpos, muitos deles não identificados, devem ser enterrados nesta quinta-feira (14) Philippe Lopez/AFP Mais
14.nov.2013 - Pessoas carregam caixão de vítima do tufão Haiyan nos arredores de Tacloban, Filipinas. Vários corpos, muitos deles não identificados, devem ser enterrados nesta quinta-feira (14) em valas comuns Philippe Lopez/AFP Mais
14.nov.2013 - Pequena igreja permanece de pé em meio a escombros após a passagem do tufão Haiyan em Tacloban, Filipinas Philippe Lopez/ Mais
14.nov.2013 - Carros ficam em meio a escombros em Tacloban, Filipinas, após a passagem do tufão Haiyan. A ONU pediu a autoridades locais e organizações internacionais que forneçam ajuda o mais rápido possível as pessoas afetadas pelo tufão Haiyan Philippe Lopez/AFP Mais
14.nov.2013 - Sobreviventes se abrigam em igreja em Tacloban, Filipinas. Integrantes da organização humanitária Médicos Sem Fronteiras afirmaram que muitas vítimas do tufão Haiyan não têm recebido ajuda ainda devido a problemas logísticos Mast Irham/EFE Mais
14.nov.2013 - Menina segura o irmão enquanto aguarda para embarcar em um avião em Tacloban (Filipinas). Integrantes da organização humanitária Médicos Sem Fronteiras afirmaram que muitas vítimas do tufão Haiyan não têm recebido ajuda ainda devido a problemas logísticos Ritchie Tongo/EFE Mais
14.nov.2013 - Soldados da Força Aérea distribuiu entre os sobreviventes do tufão Haiyan em Tacloban, Filipinas. O presidente filipino, Benigno Aquino, está sob crescente pressão para acelerar a distribuição de alimentos, água e remédios as vítimas Dennis M. Sabangan/EFE Mais
14.nov.2013 - Mulher tenta embarcar um bebê em um ônibus em Tacloban, Filipinas. A ONU pediu a autoridades locais e organizações internacionais que fornceçam ajuda o mais rápido possível as pessoas afetadas pelo tufão Haiyan Francis R. Malasig/EFE Mais
14.nov.2013 - Grupo de sobreviventes do tufão Haiyan exibem os nomes e pedem comida por meio de um tablet na província de Samar, nas Filipinas. O fotógrafo John Javellana foi convidado por sobreviventes a postar fotos em redes sociais para identifica-los e dizer a parentes que eles estão vivos John Javellana/Reuters Mais
14.nov.2013 - Uma mulher escreve o nome dela e da criança em um tablete na província de Samar, nas Filipinas, para pedir ao fotógrafo John Javellana que poste nas redes sociais, assim seus familiares poderiam saber que eles estão vivos John Javellana/Reuters Mais
14.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan esperam do lado de fora do portão para serem levados de helicóptero de Tacloban até Manila, Filipinas. A ONU pediu a autoridades locais e organizações internacionais que fornceçam ajuda o mais rápido possível as pessoas afetadas pelo tufão Haiyan Romeo Ranoco/Reuters Mais
14.nov.2013 - Soldado filipino distribui pães para ssobreviventes do tufão Haiyan em Maraboth, Filipinas. A ONU pediu a autoridades locais e organizações internacionais que fornceçam ajuda o mais rápido possível as pessoas afetadas pelo tufão Haiyan Dita Alangkara/AP Mais
14.nov.2013 - Menino usa papelão para se proteger da chuva enquanto espera um voo de evacuação no aeroporto de Tacloban, nas Filipinas. A ONU pediu a autoridades locais e organizações internacionais que fornceçam ajuda o mais rápido possível as pessoas afetadas pelo tufão Haiyan Wally Santana/AP Mais
14.nov.2013 - Menina olha para cima depois de receber biscoitos do Programa Alimentar Mundial, das Nações Unidas, enquanto espera com os parentes para ser levada de Tacloban a Manila, Filipinas Wolfgang Rattay/Reuters Mais
14.nov.2013 - Crianças sobreviventes do tufão Haiyan correm ao lado de avião de resgate americano. A ONU pediu a autoridades locais e organizações internacionais que fornceçam ajuda o mais rápido possível as pessoas afetadas pelo tufão Haiyan Dita Alangkara/AP Mais
14.nov.2013 -Trabalhadores filipinos ajudam a mover os corpos para o enterro em uma vala comum de vítimas do tufão Haiyan na cidade de Tacloban, Filipinas. A prefeitura da cidade calcula que já recuperou quase 2.000 corpos Wolfgang Rattay/Reuters Mais
14.nov.2013 - Corpos de vítimas do tufão são colocados em vala comum de um cemitério em Tacloban. O fenômeno devastou a costa leste das Filipinas na última sexta-feira (8) Vincent Yu/AP Mais
14.nov.2013 - Sobreviventes caminham entre ruínas na Vila de Maraboth David Guttenfelder/AP Mais
14.nov.2013 - Navios foram arrastados para a terra e agora estão em meio a casas destruídas Ted Aljib/AP Mais
14.nov.2013 - Moradores de Tacloban enfrentam chuva forte enquanto esperam em fila para carregar as baterias de seus telefones celulares na prefeitura da cidade Ted Aljibe/AFP Mais
14.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan aguardam para embarcar em avião militar na cidade de Tacloban Wong Maye-E/AP Mais
14.nov.2013 - 14.nov.2013 - Moradores de Tacloban enfrentam chuva forte enquanto esperam em fila para carregar as baterias de seus telefones celulares com gerador fornecido pela prefeitura da cidade Edgar Su/Reuters Mais
14.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan nas Filipinas aguardam para pegar combustível em um posto de gasolina abandonado, em Tacloban, na região central das Filipinas Bullit Marquez/AP Mais
14.nov.2013 - Moradores de Tacloban aguardam em fila para receber água e comida, após passagem do tufão Haiyan, que devastou a cidade da região central das Filipinas Erik De Castro/Reuters Mais
14.nov.2013 - Voluntários organizam doações para vítimas do tufão Haiyan nas Filipinas, no Departamento de Desenvolvimento e Bem-Estar Social de Manila Jay Directo/AFP Mais
14.nov.2013 - Sobreviventes da passagem do tufão Haiyan em Tacloban percorrem a cidade em motocicletas David Guttenfelder/AP Mais
15.nov.2013 - Moradores de Tacloban --a cidade mais afetada pelo tufão Haiyan, que devastou as Filipinas há uma semana-- carregam sacos de arroz retirados de armazém destruído pela força dos ventos, de até 300 km/h. Segundo estimativa do governo nesta sexta-feira (15), o número de mortos passa de 4.400 Edgar Su/Reuters Mais
15.nov.2013 - Arco-íris corta o céu de Tacloban (Filipinas) --a cidade mais afetada pela passagem do tufão Haiyan pelo país, há quase uma semana-- enquanto sobreviventes se preparam para deixar a cidade, no aeroporto de Tacloban. Nesta sexta-feira (15), o governo estimou em mais de 4.400 o número de mortos na tragédia Damir Sagolj/Reuters Mais
15.nov.2013 - Moradores de Tacloban ---a cidade mais afetada pelo tufão Haiyan, que devastou o país há uma semana -- retiram água de tubulação subterrânea e estocam em garrafões. Nesta sexta-feira (15), um novo balanço do governo estimou em mais de 4.400 o número de mortos na tragédia Bobby Yip/Reuters Mais
15.nov.2013 - Morador toma banho em rua de de Tacloban --a cidade mais afetada pelo tufão Haiyan, que devastou o país há uma semana-- nesta sexta-feira (15), com água retirada de tubulação subterrânea. Nesta sexta-feira (15), um novo balanço do governo estimou em mais de 4.400 o número de mortos na tragédia Bobby Yip/Reuters Mais
15.nov.2013 - Sobrevivente do tufão Haiyan, que devastou as Filipinas há uma semana, prepara comida no aeroporto de Tacloban, onde está abrigada, enquanto aguarda para ser evacuada da cidade Wong Maye-E/AP Mais
15.nov.2013 - Moradores da cidade de Tacoblan, nas Filipinas, caminham por entre os destroços de casas após a passagem do tufão Haiyan. Estimativas da ONU apontam que 10 mil pessoas teriam morrido na região Philippe Lopez/AFP Mais
15.nov.2013 - 'Escapamos pelo buraco do ar-condicionado', diz brasileira nas Filipinas Arquivo pessoal Mais
15.nov.2013 - Imagem aérea mostra casas destalhadas pela passagem do tufão Haiyan pela cidade de Tacloban, nas Filipinas, nesta sexta-feira (15), uma semana depois da tragédia. O governo local continua com o lenta contagem dos mortos Dennis M. Sabangan/Efe Mais
15.nov.2013 - Filipina mantém seu marido vivo ao bombear ar manualmente para seus pulmões nesta sexta-feira (15) em um hospital de Tacloban, nas Filipinas. Ele se feriu durante a passagem do supertufão Haiyan pelo país. A cidade foi uma das mais afetadas e sofre com a falta de estrutura e de recursos Philippe Lopez/AFP Mais
15.nov.2013 - Helicópteros militares dos Estados Unidos se preparam, nesta sexta-feira (15), para distribuir suprimentos nos vilarejos mais afetados pela passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas na última semana. O país recebeu milhões de dólares em ajuda da comunidade internacional Bullit Marquez/AP Mais
15.nov.2013 - Militares dos Estados Unidos distribuem, nesta sexta-feira (15), suprimentos nos vilarejos mais afetados pela passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas na última semana Wally Santana/AP Mais
15.nov.2013 - Imagem aérea mostra um pedido de socorro escrito no telhado de uma casa na cidade de Tacloban, na Filipinas, nesta sexta-feira (15). Os moradores da localidade, uma das mais atingidas pelo tufão Haiyan, pedem água e comida Dennis M. Sabangan/Efe Mais
15.nov.2013 - Sobreviventes de tufão solicitam ajuda e comida com imagem pintada em casco de navio em Tacloban, nas Filipinas Bobby Yip/Reuters Mais
15.nov.2013 - Sobrevivente caminham em meio a destruição provocada pela passagem do tufão Haiyan em Palo, Tacloban, nas Filipinas Damir Sagolj/Reuters Mais
15.nov.2013 - Vela é acesa em uma vala comum onde cerca de 300 vítimas do tufão Haiyan foram enterradas em Palo, no sul de Tacloban, nas Filipinas Damir Sagolj/Reuters Mais
15.nov.2013 - Mulher abraça estátua resgatada em sua casa após a destruição provocada pela passagem do tufão Haiyan na cidade de Tacloban, região central das Filipinas Aaron Favila/AP Mais
15.nov.2013 - Homem com criança no colo observa a chegada de um helicóptero com ajuda humanitária para os sobreviventes do tufão Haiyan na cidade de Guiuan, nas Filipinas David Guttenfelder/AP Mais
15.nov.2013 - Sobreviventes passam próximo a focos de incêndio em meio as ruínas da aldeia de Marabut , nas Filipinas, após a passagem do tufão Haiyan na região David Guttenfelder/AP Mais
15.nov.2013 - Visão a mostra casas danificadas pela passagem do tufão Haiyan em uma aldeia ao norte de Tacloban, nas Filipinas Mark Ralston/AFP Mais
15.nov.2013 - Soldado monitora a chegada de alimentos, medicamentos e água no aeroporto de Tacloban, nas Filipinas, para auxiliar os sobreviventes do tufão Haiyan Mark Ralston/AFP Mais
15.nov.2013 - Sobrevivente vagam pelas ruas destruídas de Palo, em Tacloban, nas Filipinas, após a passagem do tufão Haiyan na região Nicolas Asfouri/AFP Mais
15.nov.2013 - Mulher de 37 anos chora próximo ao túmulo do marido que morreu durante a passagem do tufão Haiyan em Tacloban, nas Filipinas Nicolas Asfouri/AFP Mais
15.nov.2013 - Mulher chora ao lado do caixão de um parente morto em Tanauan, região central das Filipinas, após a passagem do tufão Haiyan na região John Javellana/Reuters Mais
16.nov.2013 - Garotas observam região de Tacloban (Filipinas) destruída por passagem do tufão Haiyan. Ondas de até cinco metros causadas pela tempestade levaram navios à terra Edgar Su/Reuters Mais
16.nov.2013 - Um sobrevivente do tufão Haiyan aparece na janela de sua casa em Tanauan, no leste da ilha de Leyte, neste sábado (16). Liderados por um grupo de porta-aviões dos EUA, os esforços de ajuda estrangeiras têm se intensificado nas Filipinas, oito dias depois que o super tufão Haiyan deixou milhares de mortos e milhões de desabrigados no país. Philippe Lopez/AFP Mais
16.nov.2013 Aeronaves da Marinha dos Estados Unidos chegam ao aeroporto de Tacloban para prestar ajuda humanitária neste sábado (16), depois que o tufão Haiyan atingiu a costa leste das Filipinas. O governo do país elevou o número oficial de mortos pelo super tufão a 3.621, mas a soma ainda está abaixo das estimativas da ONU (Organização das Nações Unidas) Mark Ralston/AFP Mais
16.nov.2013 - Homem caminha em meio à fumaça de incêndios neste sábado (16), em uma região de Tolosa, nas Filipinas, que foi devastada pelo super tufão Haiyan. Doações de alimentos e água feitas por outros países começaram a chegar somente neste sábado John Javellana/Reuters Mais
16.nov.2013 - Ursinho de pelúcia é pendurado no varal para secar neste sábado (16), em uma região de Tolosa, nas Filipinas, que foi devastada pelo super tufão Haiydan John Javellana/Reuters Mais
16.nov.2013 - Moradores de uma vila afetada pelo tufão Haiyan, nas Filipinas, recebem mantimentos que são jogados de um helicóptero militar neste sábado (16). A vila de Aubyog é de difícil acesso, e fica em uma das regiões mais afetadas pelo tufão Bobby Yip/Reuters Mais
16.nov.2013 - Sobrevivente de tufão nas Filipinas caminha entre carros tombados em frente a uma igreja, na cidade de Tacloban, neste sábado (16). O tufão Haiyan, um dos mais violentos já registrados, atingiu o leste do país no dia 8 de novembro, deixando um rastro de destruição Aaron Favila/AP Mais
17.nov.2013 - Pai beija filho durante uma breve chuva enquanto esperam por um vôo saindo do aeroporto Tacloban, na província de Leyte (Filipinas). Centenas de milhares de pessoas foram deslocadas pelo tufão Haiyan Aaron Favila/AP Mais
17.nov.2013 - Moradores assistem a uma missa na Igreja Imaculada Conceição, que tinha cerca de 400 anos e foi destruída pelo tufão Haiyan, na cidade de Guiuan, província oriental de Samar (Filipinas) Ted Aljibe/AFP Mais
17.nov.2013 - Filipinos se empurram para receber mantimentos de helicóptero da Marinha dos Estados Unidos, na cidade costeira de Tanawan (Filipinas). O tufão Haiyan, uma das tempestades mais poderosas já registradas, atingiu a costa leste e o centro do país em 8 de novembro, deixando cidades destruídas Vincent Yu/AP Mais
17.nov.2013 - Queen Angel, uma menina com dois dias de vida, é acariciada por sua mãe, Angelina Maron, 24, em Cebu, nas Filipinas. Prestes a dar à luz, Angelina passou dias com muito calor e pouca comida. Seu marido ficou protegendo a casa da família, em San Jose. O pai de Angelina está desaparecido. Jay Rommel/EFE Mais
18.nov.2013 - Bairro de Tacloban (Filipinas) fica em destroços após a passagem do tufão Haiyan pela cidade. Sobreviventes da maior tempestade já registrada se reúnem em igrejas destruídas enquanto serviços humanitários intensificam os esforços para abastecer as comunidades mais remotas' Odd Andersen/AFP Mais
18.nov.2013 - Vítimas do tufão Haiyan fazem fila com galões em estação de purificação de água em Tacloban nesta segunda-feira (18). Diversas comunidades filipinas sofrem com problemas no abastecimento de água após a passagem pelo país da maior tempestade já registrada Odd Andersen/AFP Mais
18.nov.2013 - Centenas de vítimas do tufão entram em um avião norte-americano C-17 em uma evacuação no aeroporto de Tacloban. Centenas de milhares de pessoas foram desalojadas pelo Haiyan, que devastou as Filipinas no último dia 8 Wally Santana/AP Mais
18.nov.2013 - Estudante prepara pacotes de socorro na Universidade Politécnica das Filipinas, em Manila. Muitas comunidades permanecem isoladas depois da passagem do tufão Haiyan no último dia 8 Romeo Ranoco/Reuters Mais
18.nov.2013 - Moradores da ilha de Leyte, devastada pelo tufão Haiyan, correm para pegar comida enviada por um helicóptero da Força Aérea das Filipinas. O país deve receber uma ajuda de US$ 1 bilhão para reconstruir as áreas destruídas Mark Ralston/AFP Mais
18.nov.2013 - Moradores da ilha de Leyte, devastada pelo tufão Haiyan, correm para pegar comida enviada por um helicóptero da Força Aérea das Filipinas. O país deve receber uma ajuda de US$ 1 bilhão para reconstruir as áreas destruídas Mark Ralston/AFP Mais
18.nov.2013 - Moradores da ilha de Leyte, devastada pelo tufão Haiyan, correm para pegar comida enviada por um helicóptero da Força Aérea das Filipinas. O país deve receber uma ajuda de US$ 1 bilhão para reconstruir as áreas destruídas Mark Ralston/AFP Mais
18.nov.2013 - Moradores da ilha de Leyte, devastada pelo tufão Haiyan, correm para pegar alimentos enviados por um helicóptero da Força Aérea das Filipinas. O país deve receber uma ajuda de US$ 1 bilhão para reconstruir as áreas destruídas Mark Ralston/AFP Mais
18.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan participam de procissão em Tolosa, nas Filipinas. As Nações Unidas estimam que cerca de 13 milhões de pessoas foram afetadas pela passagem do tufão no país Philippe Lopez/AFP Mais
19.nov.2013 - Filipinos são vistos em acampamento em área devastada em Tacloban. As autoridades das Filipinas aumentaram para 3.976 o número provisório de mortos provocados pelo tufão Haiyan na região central do país Francis R. Malasig/EFE Mais
19.nov.2013 - Sobreviventes ajudam idosa a embarcar em avião no aeroporto de Tacloban, nas Filipinas. As autoridades aumentaram para 3.976 o número provisório de mortos provocados pelo tufão Haiyan na região central do país Dennis M Sabangan/EFE Mais
19.nov.2013 - Helicóptero da Marinha dos EUA ajuda a distrinui mantimentos em área devastada pelo tufão Haiyan, em Lawaan, na província filipina de Samar Rolex dela Pena/EFE Mais
19.nov.2013 - Sobrevivente filipina é vista em abrigo em base aérea de Manila, Filipinas Ezra Acayan/Zumapress/Xinhua Mais
19.nov.2013 - Soldados americanos e filipinos descarregam mantimentos em Tacloban, Filipinas Ezra Acayan/Zumapress/Xinhua Mais
19.nov.2013 - Bairro é visto completamente devastado após passagem do tufão Haiyán, em Samar, Filipinas Nic Bothma/EFE Mais
19.nov.2013 - Crianças filipinas seguram cartaz de agradecimento após um helicóptero da Marinha dos EUA deixar mantimentos na cidade de Lawaan, em Samar, Filipinas Bagus Indahono/EFE Mais
19.nov.2013 - Sobreviventes vivem em acampamento em área devastada pelo tufão Haiyan, em Tacloban, Filipinas Francis R. Malasig/EFE Mais
19.nov.2013 - Crianças fazem fila para receber comida em estrada de Hernani, na região central das Filipinas Ted Aljibe/AFP Mais
19.nov.2013 - Garoto recebe comida distribuída pelo governo das Filipinas em Hernani, uma das regiões afetadas pela passagem do tufão Haiyan no país Ted Aljibe/AFP Mais
19.nov.2013 - Bombeiros filipinos descarregam corpos de vítimas do tufão Haiyan na cidade de Tacloban David Guttenfelder/AP Mais
20.nov.2013 - Um menino repousa em barco improvisado feito com geladeira quebrada, no vilarejo de Tanauan, em ilha do centro leste das Filipinas, nesta quarta-feira (20). Depois de perder barcos e casas na passagem do tufão Haiyan, os pescadores de Tanauan começaram a improvisar novos barcos de dois troncos e geladeiras abandonadas. O primeiro foi ideia dos filhos de um pescador, e logo outros se seguiram Damir Sagolj/Reuters Mais
20.nov.2013 - Meninos se locomovem em barco feito com uma geladeira quebrada e pedaços de bambu em direção a praia em Tanauan, nas Filipinas, nesta quarta-feira (20). Após perderem suas casas e barcos com a passagem do tufão Haiyan, pescadores de vila destruída em Tanauan começaram a criar barcos com refrigeradores abandonados. O primeiro barco do tipo foi feito por um pescador a partir de ideia de crianças, que queriam brincar com a embarcação improvisada. A ideia foi seguida por outros pescadores e tornou-se uma alternativa para o transporte por água na região. Mais de 4.000 pessoas morreram e milhões ficaram desabrigadas Damir Sagolj/Reuters Mais
20.nov.2013 - Na imagem, barco feito com uma geladeira quebrada e pedaços de bambu em Tanauan, nas Filipinas, nesta quarta-feira (20). Após perderem suas casas e barcos com a passagem do tufão Haiyan, pescadores de vila destruída em Tanauan começaram a criar barcos com refrigeradores abandonados. O primeiro barco do tipo foi feito por um pescador a partir de ideia de crianças, que queriam brincar com a embarcação improvisada. A ideia foi seguida por outros pescadores e tornou-se uma alternativa para o transporte por água na região. Mais de 4.000 pessoas morreram e milhões ficaram desabrigadas Damir Sagolj/Reuters Mais
20.nov.2013 - Casa destruída pelo tufão Haiyan permanece em meio a árvores derrubadas próximo a Guiuan, nas Filipinas, nesta quarta-feira (20). A coordenadora humanitária da ONU, Valerie Amos, afirmou que os desafios atuais são garantir o acesso à água potável, a montagem de abrigos de emergência e a proteção básica para mulheres e crianças em uma região onde mais de 500 mil casas ficaram completamente destruídas Edgar Su/Reuters Mais
20.nov.2013 - Moradores de vila destruída pelo tufão Haiyan reagem com a chegada de helicóptero dos EUA trazendo ajuda em Guiuan, nas Filipinas, nesta quarta-feira (20). A coordenadora humanitária da ONU, Valerie Amos, afirmou que os desafios atuais são garantir o acesso à água potável, a montagem de abrigos de emergência e a proteção básica para mulheres e crianças em uma região onde mais de 500 mil casas ficaram completamente destruídas Edgar Su/Reuters Mais
20.nov.2013 - Filipinos atingidos pelo tufão Haiyan em Palo, nas Filipinas, correm com caixas com ajuda humanitária trazidas por helicóptero dos EUA nesta quarta-feira (20). A coordenadora humanitária da ONU, Valerie Amos, afirmou que os desafios atuais são garantir o acesso à água potável, a montagem de abrigos de emergência e a proteção básica para mulheres e crianças em uma região onde mais de 500 mil casas ficaram completamente destruídas Wally Santana/AP Mais
20.nov.2013 - Mãe de bebê nascido prematuro toca com a testa o pé de sua filha em maternidade de centro médico de Tacloban, nas Filipinas, nesta quarta-feira (20). Crianças com diversos tipos de lesões e bebês recém-nascidos lotam o espaço limitado do hospital, gravemente danificado pelo tufão Haiyan Odd Andersen/AFP Mais
20.nov.2013 - Criança dorme em cama imrpovisada do lado de fora do superlotado hospital infantil em Tacloban, nas Filipinas, nesta quarta-feira (20). Crianças com diversos tipos de lesões e bebês recém-nascidos lotam o espaço limitado do hospital, gravemente danificado pelo tufão Haiyan Odd Andersen/AFP Mais
21.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan, que devastou as Filipinas há duas semanas e pode ter matado até 4.000 pessoas, segundo estimativas oficiais, se abrigam dentro de igreja na cidade de Tacloban (a mais afetada pelo tufão), nesta quinta-feira (21) Erik De Castro/Reuters Mais
21.nov.2013 - Helicóptero militar filipino distribui água para s sobreviventes em Tolosa, região central das Filipinas. A organização Médicos Sem Fronteiras insistiu nesta quinta-feira que a ajuda humanitária ainda não chegou a centenas de vítimas nas áreas mais remotas do país Erik De Castro/rEUTERS Mais
21.nov.2013 - John Ay, 7, beija um brinquedo que ele encontrou entre os escombros na cidade de Tacloban, no centro das Filipinas. A organização Médicos Sem Fronteiras insistiu nesta quinta-feira que a ajuda humanitária ainda não chegou a centenas de vítimas nas áreas mais remotas do país Bullit Marquez/AP Mais
21.nov.2013 - Autoridades filpinas descartaram identificar 100% dos mortos em decorrência da passagem do tufão Haiyan, que estima-se que tenha deixado mais de 4 mil vítimas fatais em sua passagem pelo país asiático, no início de novembro. Reprodução/BBC Mais
21.nov.2013 - Moradores desabrigados dormem em bancos de plástico em um ginásio transformado em um abrigo para vítimas do tufão Haiyan, em Tacloban, Filipinas. A organização Médicos Sem Fronteiras insistiu nesta quinta-feira que a ajuda humanitária ainda não chegou a centenas de vítimas nas áreas mais remotas do país Nicolas Asfouri/AFP Mais
21.nov.2013 -Dois meninos intestino de suínos que estão à venda em Tacloban, Filipinas. O comércio de alimentos no país começa a reabrir em alguns locais do país Mark Ralston/AFP Mais
21.nov.2013 - Fotografia de casamento é vista entre escombros em Tacloban, Filipinas. A organização Médicos Sem Fronteiras insistiu nesta quinta-feira que a ajuda humanitária ainda não chegou a centenas de vítimas nas áreas mais remotas do país Nicolas Asfouri/AFP Mais
21.nov.2013 - Mulher da banho nos filhos em alojamento temporário em Tacloban, Filipinas. A organização Médicos Sem Fronteiras insistiu nesta quinta-feira que a ajuda humanitária ainda não chegou a centenas de vítimas nas áreas mais remotas do país Nicolas Asfouri/AFP Mais
21.nov.2013 - Moradores correm para chegar a um helicóptero da Força Aérea com mantimentos para a aldeia de pescadores perto Caragari, nas Filipinas. A organização Médicos Sem Fronteiras insistiu nesta quinta-feira que a ajuda humanitária ainda não chegou a centenas de vítimas nas áreas mais remotas do país Odd Andersen/AFP Mais
22.nov.2013 - Sobrevivente do tufão Haiyan toca violão em meio a destroços na cidade de Tacloban, nas Filipinas Erik De Castro/Reuters Mais
22.nov.2013 - Caminhão com suprimentos para vítimas do tufão Haiyan passa por estátua de escoteiro que foi danificada pelo tufão em Palo, na região central das Filipinas Erik De Castro/Reuters Mais
23.nov.2013 - Filipinos fazem fila durante chuva à espera de pacotes com alimentos distribuídos em Tacloban. As Nações Unidas (ONU) elevaram nesta sexta-feira (22) seu pedido de ajuda para os afetados pelo tufão Haiyan nas Filipinas para US$ 348 milhões em uma nova chamada à comunidade internacional de doadores para atender as necessidades do país Odd Andersen/AFP Mais
23.nov.2013 - Homens distribuem cobertores para vítimas do tufão Haiyan, nas Filipinas Rolex Dela Pena/Efe Mais
23.nov.2013 - Vista aérea de bairro na cidade de Tacloban, nas Filipina destruído após a passagem do tufão Haiyan pela região, há duas semanas Nicolas Asfouri/AFP Mais
23.nov.2013 - Vítimas do tufão Haiyan carregam sacos com mantimentos jogados por helicóptero da Força Aérea filipina em La Paz, na costa leste do país Nicolas Asfouri/AFP Mais
23.nov.2013 - Vítimas do tufão Haiyan aguardam no aeroporto de Tacloban, nas Filipinas, para embarcar em avião militar em direção a Manila Nicolas Asfouri/AFP Mais
23.nov.2013 - Militares japoneses se preparam para missão humanitária nas Filipinas Nicolas Asfouri/AFP Mais
24.nov.2013 - Filipinos acompanham padre católico em procissão simbólica por áreas danificadas pelo tufão Haiyan, em Palo. O número de mortos em decorrência da passagem do Haiyan subiu para 5.235 e o de desaparecidos, para 1.613, disse o governo neste domingo Rolex Dela Pena/Efe Mais
24.nov.2013 - Barracos reerguidos após passagem do tufão Haiyan na cidade de Tacloban, nas Filipinas Dennis M. Sabangan/Efe Mais
24.nov.2013 - Sobreviventes de tufão espalham placas com pedidos de socorro, água e comida na cidade de Tacloban, nas Filipinas Athit Perawongmetha/Reuters Mais
24.nov.2013 - Criança queima restos de fios de cobre para ganhar dinheiro em meio a escassez intensificada por tufão que devastou a cidade de Tacloban, nas Filipinas EFE Mais
25.nov.2013 - Navio fica encalhado por entre escombros de casas em Tacloban (Filipinas) -- a cidade mais afetada pelo tufão Haiyan, que devastou o país há quase três semanas. Segundo especialistas, a revitalização das regiões afetadas deve custar bilhões de dólares ao governo filipino. Cinco mil e duzentas pessoas morreram Noel Celis/AFP Mais
25.nov.2013 - Navio-hospital Peace Ark ("Arca da Paz"), se aproxima da costa de Leyte (Filipinas), nesta segunda-feira (25). A embarcação, cedida pela China, deixou o país no último dia 18 e vai auxiliar no tratamento dos sobreviventes feridos do tufão Haiyan, que devastou as Filipinas. O navio-hospital opera com cerca de 400 membros da tripulação, entre médicos, enfermeiros e auxiliares Rolex Dela Pena/Efe/Epa Mais
25.nov.2013 - Brinquedo de pelúcia deixado para secar em um cabide entre escombros na província de Leyte, devastada pelo tufão Haiyan. As Filipinas continuam recebendo ajuda humanitária Noel Celis/AFP Mais
25.nov.2013 - Cantora Alicia Keys visita sobreviventes do tufão Haiyan na base aérea de Villamor, ao sul da capital Manila, nas Filipinas AP Mais
26.nov.2013 - Médicos militares chineses acomodam sobrevivente ferido em bote salva-vidas para ser içado até o navio-hospital Peace Ark ("Arca da Paz"), na costa de Leyte (Filipinas) --região mais afetada pela passagem do tufão Haiyan, há quase três semanas. Cedido pela China, o navio-hospital chegou nesta segunda-feira (25) às Filipinas, com uma equipe de 40 profissionais (entre médicos, enfermeiros e auxiliares), para ajudar no tratamento de feridos China Daily /Reuters Mais
26.nov.2013 - Voluntária da Cruz Vermelha ensina menina a contar, em Tacloban, Filipinas. O governo filipino está planejando grandes mudanças na infraestrutura após o desastre causado pelo tufão Haiyan Dennis M. Sabangan/EFE Mais
26.nov.2013 - Voluntários da Cruz Vermelha preparam a distribuição de galões de água na cidade de Tacloban, nas Filipinas. O governo filipino está planejando grandes mudanças na infraestrutura após o desastre causado pelo tufão Haiyan Dennis M. Sabangan/EFE Mais
26.nov.2013 - Voluntários da Cruz Vermelha ensinam crianças em colégio na cidade de Tacloban, nas Filipinas. O governo filipino está planejando grandes mudanças na infraestrutura após o desastre causado pelo tufão Haiyan Dennis M. Sabangan/EFE Mais
26.nov.2013 - Crianças passam por cima de cadeiras para chegarem a escola sem sujar os pés de lama em Tacloban, Filipinas. O governo filipino está planejando grandes mudanças na infraestrutura após o desastre causado pelo tufão Haiyan Dennis M. Sabangan/EFE Mais
26.nov.2013 - Mochilas e bichos de pelúcia são vistos em frente a uma casa em Tacloban, Filipinas. O governo filipino está planejando grandes mudanças na infraestrutura após o desastre causado pelo tufão Haiyan Dennis M. Sabangan/EFE Mais
26.nov.2013 - Médicos da Cruz Vermelha e da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) vacinam crianças contra poliomielite e sarampo em abrigo dos sobreviventes do tufão Haiyan, nas Filipinas Bullit Marquez/AP Mais
26.nov.2013 - Vários cidadãos mostram vouchers para trocar por comida na cidade devastada de Tacloban, Filipinas. O governo filipino está planejando grandes mudanças na infraestrutura após o desastre causado pelo tufão Haiyan Dennis M. Sabangan/EFE Mais
27.nov.2013 - Um menino segura seu irmão em uma casa improvisada na baía de Tacloban, na província de Leyte, nas Filipinas Noel Celis/AFP Mais
27.nov.2013 - Sobreviventes do tufão Haiyan carregam suas bicicletas em direção à rodovia no município devastando de Palo, nas Filipinas, nesta quarta-feira (21). O fenômeno atingiu o país no último dia 8, deixando 5.500 mortos e 3,5 milhões de deslocados. Segundo a ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF), há locais que ainda não receberam nenhum tipo de ajuda humanitária após a passagem do tufão Haiyan Bullit Marquez/AP Mais
27.nov.2013 - Um bebê dorme nos braços da mãe, com uma decoração natalina jogada entre os destroços na cidade de Tacloban, na província de Leyte, na região central das Filipinas, nesta quarta-feira (27). O fenômeno atingiu o país no último dia 8, deixando 5.500 mortos e 3,5 milhões de deslocados.