Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/06/12/tiroteio-em-boate-gay-deixa-mortos-e-feridos-nos-eua.htm
  • totalImagens: 53
  • fotoInicial: 43
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160612123511
    • Orlando [19065]; EUA [5300];
    • Internacional [35978]; Tiroteio [29144];
Fotos

12.jun.2016 - Policiais afastam familiares de boate cenário de um tiroteio múltiplo em Orlando (EUA). Um homem armado abriu fogo contra frequentadores de casa noturna gay na cidade do centro da Flórida, deixando, pelo menos 50 mortos Phelan M. Ebenhack/AP Mais

12.jun.2016 - Christopher Hansen, uma das testemunhas do tiroteio ocorrido na madrugada deste domingo em uma boate gay de Orlando, no Estado americano da Flórida, disse ter se jogado no chão e se arrastado para fora do local Reuters Mais

12.jun.2016 - Pelo menos 50 pessoas morreram e 53 ficaram feridas no ataque a tiros ocorrido neste domingo na boate Pulse de Orlando (Flórida), frequentada por homossexuais Phelan M. Ebenhack/AP Mais

12.jun.2016 - Pelo menos 20 pessoas morreram e 42 ficaram feridas no ataque a tiros ocorrido neste domingo na boate Pulse de Orlando (Flórida), frequentada por homossexuais Kevin Kolczynski/Reuters Mais

12.jun.2016 - Homens choram em frente a uma boate voltada ao público LGBT onde ocorreu um tiroteio, em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos. Pelo menos 50 pessoas foram mortas. A polícia identificou o suspeito do ataque como Omar Saddiqui Mateen, 27, nascido em Port St Lucie, na Flórida. O atirador foi morto pelos agentes policiais que invadiram a casa noturna Pulse, onde ocorreu o incidente Steve Nesius/Reuters Mais

12.jun.2016 - Imagem mostra a boate Pulse, em Orlando, na Flórida (EUA), onde um tiroteio deixou dezenas de mortos e feridos Divulgação Mais

12.jun.2016 - Omar Mateen, 29, apontado como suspeito pelo ataque a uma boate gay na Flórida (EUA) que deixou ao menos 50 mortos Reprodução/MySpace Mais

12.jun.2016 - Líderes da comunidade local se abraçam em frente a boate gay "Pulse", onde um homem armado abriu fogo contra os frequentadores, no centro da Flórida (EUA). Pelo menos 50 pessoas morreram Phelan M. Ebenhack/AP Mais

12.jun.2016 - Dezenas de voluntários formam filas para doar sangue e ajudar as vítimas do ataque a uma casa noturna em Orlando, na Flórida (EUA). Um homem armado abriu fogo contra os frequentadores da boate gay "Pulse". Pelo menos 50 pessoas morreram Steve Nesius/Reuters Mais

12.jun.2016 - O policial que ficou ferido usava este capacete quando atendeu ao chamado do tiroteio na boate Pulse, em Orlando, na Florida (EUA). As marcas mostram que o Omar Mateen, 29, atirou na cabeça do policial que foi salvo pelo capacete, mas socorrido por ter sofrido escoriações no rosto causadas pelo impacto da bala Departamento de Polícia de Orlando/AP Mais

12.jun.2016 - Carros de polícia ficam do lado de fora da boate gay Pulse, em Orlando, na Flórida (EUA), onde o norte-americano Omar Mateen, 29, matou 50 pessoas e deixou 53 feridas. Esse foi o pior massacre da história dos Estados Unidos Gregg Newton/AFP Mais

16.jun.2016 - Norte-americanos choram a morte de 50 pessoas em um massacre na boate gay Pulse, em Orlando, na Flórida (EUA). Esse foi o pior massacre da história dos Estados Unidos the_pixel_trappa/AFP Mais

12.jun.2016 - Austin Ellis, membro da Igreja Comunitária Metropolitana, carrega uma cruz com uma frase em memória das vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, na Flórida (EUA). Esse foi o pior massacre da história dos Estados Unidos. Com 50 mortos e 53 feridos, o massacre é considerado o pior na história dos Estados Unidos Jessica Kourkounis/Getty Images/AFP Mais

12.jun.2016 - Mulher distribui abraços em Washington (EUA) em memória às vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, na Floria (EUA). O norte-americano Omar Mateen, 29, abriu fogo dentro do local mantando 50 pessoas e ferindo 53 Andrew Caballero-Reynolds/AFP Mais

12.jun.2016 - Membros da comunidade LBGT acendem velas e se abraçam em Tel Aviv, Israel, em memória às vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, na Floria (EUA). O norte-americano Omar Mateen, 29, abriu fogo dentro do local mantando 50 pessoas e ferindo 53 Oded Balilty/AP Mais

12.jun.2016 - Manifestantes seguram a bandeira do arco-íris, símbolo do movimento LGBT, durante vigília próxima ao centro de artes Beaubourg, em Paris (França), em memória às vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, na Floria (EUA). O norte-americano Omar Mateen, 29, abriu fogo dentro do local mantando 50 pessoas e ferindo 53 Geoffroy Van Der Hasselt/AFP Mais

12.jun.2016 - Annette Stubbs, pastora de uma igreja local, chora enquanto ora pelas vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, na Floria (EUA), a poucas quadras de onde o crime aconteceu. O norte-americano Omar Mateen, 29, abriu fogo dentro do local mantando 50 pessoas e ferindo 53 Loren Elliott/Tampa Bay Times/AP Mais

12.jun.2016 - Jeffery Greamo (à esq.) e Jon Paul se abraçam durante momento de silêncio na Parada do Orgulho Gay, em Boston, Massachusetts (EUA), em homenagem às vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, na Floria (EUA) Brian Snyder/Reuters Mais

12.jun.2016 - Mulher coloca palma da mão em um cartaz no memorial improvisado às vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, Florida (EUA). Omar Mateen, 29, abriu fogo no local matando 50 pessoas e ferindo 53 Mandel Ngan/AFP Mais

12.jun.2016 - Ciaran Lithgow segura um cartaz em homenagem às vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, Florida (EUA), em Washington (EUA). Omar Mateen, 29, abriu fogo no local matando 50 pessoas e ferindo 53 James Lawler Duggan/Reuters Mais

12.jun.2016 - Homens acendem velas em cima de uma bandeira de arco-íris gigante, símbolo do movimento LGBT, em Madri, na Espanha, em solidariedade às vítimas do massacre na boate gay Pulse, em Orlando, Florida (EUA). Omar Mateen, 29, abriu fogo no local matando 50 pessoas e ferindo 53 Francisco Seco/AP Mais

12.jun.2016 - Agentes do FBI inspecionam a parede traseira danificada da boate gay Pulse, onde Omar Mateen, 29, abriu fogo matando 50 pessoas e ferindo 53, em Orlando, na Florida (EUA) Joe Raedle/Getty Images/AFP Mais

12.jun.2016 - Ativistas realizam vigília em homenagem às vítimas do massacre na boate gay Pulse, na Flórida (EUA), no vão livre no Masp, na avenida Paulista. Um atirador matou 50 pessoas e feriu 53 dentro de uma boate gay em Orlando Alex Silva/Estadão Mais

12.jun.2016 - Uma sequência de mensagens de texto mostram conversa entre Mina Justice e o seu filho Eddie no momento em que ele estava dentro da boate gay Pulse, durante o massacre que matou 50 pessoas em Orlando, Flórida (EUA). Na imagem, Eddie diz "mamãe, eu amo você. Estão atirando na boate", ela responde "você está bem?" e ele diz "preso no banheiro". A mãe pergunta "Que boate?". Mina confirmou depois que seu filho foi morto pelo atirador Cortesia de Mina Justice/AP Mais

12.jun.2016 - Uma sequência de mensagens de texto mostram conversa entre Mina Justice e o seu filho Eddie no momento em que ele estava dentro da boate gay Pulse, durante o massacre que matou 50 pessoas em Orlando, Flórida (EUA). Na imagem, Eddie diz "Chame eles (a polícia), mamãe. Agora. Eu estou dizendo, estou no banheiro. Ele está vindo. Eu vou morrer". Eddie foi morto pelo atirador Cortesia de Mina Justice/AP Mais

12.jun.2016 - Mulheres se abraçam em frente ao Stonewall Inn, onde uma vigília é realizada após o massacre ocorrido na boate gay Pulse, em Orlando, Flórida (EUA) Monika Graff/Getty Images/AFP Mais

12.jun.2016 - Luzes do Empire State Building, em Nova York, são apagadas por conta do massacre em boate de Orlando, na Flórida, que deixou pelo menos 50 mortos. O atentado foi o pior massacre a tiros na história dos EUA Bryan R. Smith/AFP Mais

13.jun.2016 - Flores e cartazes são colocados em frente à embaixada dos Estados Unidos em Berlim, Alemanha, para homenagear as vítimas do ataque à boate Pulse, em Orlando, Flórida (EUA). Pelo menos 50 pessoas morreram depois que um homem abriu fogo contra os frequentadores do local na madrugada de domingo Markus Schreiber/AP Mais

13.jun.2016 - Flores e cartazes são colocados em frente à embaixada dos Estados Unidos em Berlim, Alemanha, para homenagear as vítimas do ataque à boate Pulse, em Orlando, Flórida (EUA). Pelo menos 50 pessoas morreram depois que um homem abriu fogo contra os frequentadores do local na madrugada de domingo John Macdougall/AFP Mais

13.jun.2016 - Australianos prestam homenagens, em Sydney, às vítimas do tiroteio ocorrido na Flórida (EUA). O primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, afirmou que o tiroteio foi "um ataque contra todos nós - em todas as nossas liberdades, a liberdade de se reunir, para comemorar, para compartilhar o tempo com os amigos" Rick Rycroft/AP Mais

13.jun.2016 - Bandeiras do Monumento a Washington (EUA) são colocadas a meio mastro em respeito às vítimas de um tiroteio em Orlando. Pelo menos 50 pessoas morreram depois que um homem abriu fogo contra os frequentadores de uma boate gay na madrugada de domingo Mark Wilson/Getty Images/AFP Mais

13.jun.2016 - Artista indiano Sudarsan Pattnaik faz uma escultura de areia na praia de Puri, na Índia, em homenagem às vítimas de um tiroteio na Flórida (EUA). Pelo menos 50 pessoas morreram depois que um homem abriu fogo contra os frequentadores do local na madrugada de domingo Asit Kumar/AFP Mais

14.jun.2016 - A cantora Lady Gaga se emociona enquanto lê alguns dos nomes das vítimas de ataque em boate gay em Orlando em vigília em Los Angeles David McNew/Getty Images/AFP Mais

14.jun.2016 - O edifício The Helmsley Building, em Manhattan, em Nova York, é iluminado com as cores da bandeira gay em homenagem às vítimas de atentado que deixou 50 mortos na boate Pulse, em Orlando Andrew Kelly/Reuters Mais

14.jun.2016 - Prédios do Grand Place em Bruxelas são iluminados com as cores da bandeira LGBT em homenagem às vítimas de atentado que deixou 50 mortos na boate Pulse, em Orlando Siska Gremmelprez/AFP Mais

14.jun.2016 - Bandeira LGBT é colocada sobre estátua próximo à torre Eiffel, em Paris, em homenagem às vítimas de atentado em boate gay em Orlando Xinhua Mais

14.jun.2016 - Um arco-íris surge atrás da bandeira dos EUA em meio mastro em Tacoma, Washington. A bandeira sinaliza luto pelas vítimas de atentado em boate gay em Orlando Ted S. Warren/AP Mais

14.jun.2016 - Manifestante levanta braço com punho cerrado e colorido com cores da causa LGBT em vigília em Los Angeles, na Califórnia, pelas vítimas de atentado em boate gay em Orlando Lucy Nicholson/Reuters Mais

14.jun.2016 - Patience Carter, uma das sobreviventes do massacre da boate Pulse, em Orlando, chora ao falar sobre o atentado para a mídia local. Em entrevista coletiva conjunta com médicos e enfermeiros, o cirurgião Michael Cheatham informou que 44 pessoas chegaram ao Hospital Orlando Health, das quais nove morreram pouco depois de dar entrada, 27 estão internadas (seis em estado grave) e as demais receberam alta Joe Raedle/Getty Images/AFP Mais

14.jun.2016 - Homem segura placa com os dizeres: "Estamos sangrando juntos Orlando" (em tradução livre), durante manifestação em apoio às vítimas do massacre na boate gay, em Atenas, na Grécia Louisa Gouliamaki/ AFP Mais

14.jun.2016 - Homem coloca flores em um memorial improvisado para as vítimas do massacre na boate gay em Orlando, nos Estados Unidos. O local das homenagens fica a poucos quarteirões da casa noturna onde houve o tiroteio Joe Burbank/ Orlando Sentinel Mais

14.jun.2016 - Grupo se une no centro do Bruxelas, na Bélgica, para participar de uma vigília em memória às vítimas do tiroteio em massa na boate gay em Orlando, nos EUA Francois Lenoir/ Reuters Mais

15.jun.2016 - Manifestantes usaram balões coloridos e formaram um arco-íris na ponte de Brooklyn, em Nova York, durante uma homenagem às vítimas do massacre na boate de Orlando Mike Segar/ Reuters Mais

15.jun.2016 - Manifestantes usaram balões coloridos e formaram um arco-íris na ponte do Brooklyn, em Nova York, durante uma homenagem às vítimas do massacre na boate de Orlando Mike Segar/ Reuters Mais

15.jun.2016 - Manifestantes usaram balões coloridos e formaram um arco-íris na ponte do Brooklyn, em Nova York, durante uma homenagem às vítimas do massacre na boate de Orlando Mike Segar/ Reuters Mais

15.jun.2016 - Manifestantes participam de ato '49 de Orlando, nao esqueceremos!' no vão livre do Masp, na avenida Paulista, região central de São Paulo. Eles protestam contra a violência contra a comunidade LGBT e em solidariedade às vítimas do atentado a uma boate gay em Orlando na madrugada do último domingo (12) Amanda Perobelli/UOL Mais

15.jun.2016 - Manifestantes participam de ato '49 de Orlando, nao esqueceremos!' no vão livre do Masp, na avenida Paulista, região central de São Paulo. Eles protestam contra a violência contra a comunidade LGBT e em solidariedade às vítimas do atentado a uma boate gay em Orlando na madrugada do último domingo (12) Amanda Perobelli/UOL Mais

15.jun.2016 - Manifestantes participam de ato '49 de Orlando, não esqueceremos!' no vão livre do Masp, na avenida Paulista, região central de São Paulo. Eles protestam contra a violência contra a comunidade LGBT e em solidariedade às vítimas do atentado a uma boate gay em Orlando na madrugada do último domingo (12) Amanda Perobelli/UOL Mais

15.jun.2016 - Manifestantes fazem passeata pela avenida Paulista, região central de São Paulo, para protestar contra a violência contra a comunidade LGBT e em solidariedade às vítimas do atentado a uma boate gay em Orlando na madrugada do último domingo (12) Amanda Perobelli/UOL Mais

15.jun.2016 - Manifestantes lançam sinalizadores coloridos com as cores do arco-íris, símbolo do movimento LBGT, durante ato '49 de Orlando, não esqueceremos!' contra a violência contra a comunidade LGBT e em solidariedade às vítimas do atentado a uma boate gay em Orlando na madrugada do último domingo (12) Amanda Perobelli/UOL Mais

17.jun.2016 - Funcionário do cemitério de Greenwood remove as flores deixadas em homenagem às vítimas do massacre em uma boate gay de Orlando.Amigos e familiares das 49 pessoas assassinadas no ataque se despediam de seus entes queridos no enterro de ao menos cinco vítimas nesta sexta-feira. Os funerais devem prosseguir ao longo do fim de semana David Goldman/ AP Mais

17.jun.2016 - Fotos das 49 vítimas do massacre na boate gay em Orlando preenchem as janelas do prédio onde fica o escritório dos responsáveis pela Campanha de Direitos Humanos, grupo de advogados de direitos civis e de lobby político em defesa dos direitos LGBT, em Washington, nos Estados Unidos Kevin Lamarque / Reuters Mais

18.jun.2016 - Cerimônia fúnebre de Christopher Andrew Leinonen, uma das vítimas do massacre na boate Pulse, em Orlando, é realizado na catedral de St. Luke, Flórida David Goldman/ AP Mais

Atentado a boate gay em Orlando (EUA)

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos