PUBLICIDADE
Topo

Rio de Janeiro

Ex-rainha, Camila Pitanga volta à Sapucaí após "anonimato" carnavalesco

Camila Pitanga, durante as férias no último Carnaval. - Reprodução/Instagram
Camila Pitanga, durante as férias no último Carnaval. Imagem: Reprodução/Instagram

Olívia Dantas

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/02/2019 16h12

Camila Pitanga andava meio ausente do Carnaval carioca, do qual já foi até rainha de bateria em outros tempos. Mas este ano a atriz voltará para a Marquês de Sapucaí em grande estilo.

Veja datas e locais dos desfiles das escolas de samba do Rio e de São Paulo
Preços dos ingressos do Carnaval do Rio

No sábado, 2 de março, Camila será destaque de um carro da Unidos do Porto da Pedra, escola do Grupo A que vai homenagear seu pai, o ator Antonio Pitanga, no enredo. "Meu pai completa 80 anos e esta será uma senhora comemoração! Já estou com o samba decorado e com a alma aberta para celebrar a vida dele", garante.

Já na segunda-feira, 4 de março, a atriz retorna ao Sambódromo, desta vez para defender o estandarte verde e rosa da Mangueira no desfile do Grupo Especial. Com o enredo "História para ninar gente grande", a escola vai resgatar personagens esquecidos dos livros de História do Brasil - caso do abolicionista Chico da Matilde e do líder indígena Cunhambebe.

6.jun.2017 - "Ahhhh Pai... como traduzir um amor tão profundo... calor quente que enche minha alma. Você é minha terra/raíz, você é fonte luminosa, meu colo nas horas de alegria e tristeza. Como me sinto bem em seu colo. Como sou feliz por ser sua filha. Como te quero feliz! Quero que você comemore sua nova juventude. Que você realize tudo que desejas. Tem muito chão pela frente e eu estou contigo paizão! Feliz aniversário!", escreveu Camila Pitanga em foto com o pai no Instagram, uma semana antes do aniversario de Antonio Pitanga - Reprodução/Instagram/caiapitanga - Reprodução/Instagram/caiapitanga
Camila e o pai, o ator Antonio Pitanga.
Imagem: Reprodução/Instagram/caiapitanga

"Fiquei muito comovida com esse samba. Vou participar do desfile da Mangueira com vários amigos em uma ala que vai representar Luís Gama [escritor que foi escravo na infância e se tornou um dos primeiros intelectuais negros do país]".

Camila faz mistério sobre as fantasias que usará. No desfile da Porto da Pedra, que transformará a trajetória de seu pai em samba, a atriz dá algumas pequenas pistas. "Vou com o meu irmão [o ator Rocco Pitanga] personificada de Antônio Pitanga, este grande homem. Iremos nós dois, em cima de um carro, em homenagem à cultura. A fantasia tem a ver com ele e vai ser uma linda surpresa".

Foliã anônima

Rainha de bateria da escola Estácio de Sá, em 1994, Camila se recorda da experiência com carinho. Não que pretenda repeti-la. "Foi uma das coisas mais emocionantes da minha vida, nunca vou me esquecer! O vínculo que estabeleci com a comunidade e a emoção da avenida foram indescritíveis. Mas não tenho desejo de ser rainha novamente... Acho que ficou como um momento único e especial", explica.

Hoje a atriz diz preferir seus momentos como foliã anônima. "O meu Carnaval tem sido assim, anônima. Mas tem alguns anos que eu prefiro viajar também, como no ano passado, para fazer um recesso pessoal".

Afastada da TV desde a novela "Velho Chico" (2016), Camila voltará em "Aruanas", no segundo semestre. A atriz viverá a vilã Olga na série que terá também as atrizes Taís Araújo, Leandra Leal e Débora Falabella.

Rio de Janeiro