Carla Araújo

Carla Araújo

Reportagem

Ministro diz que pandemia agravou realidade de moradores de rua

O ministro dos Direitos Humanos e Cidadania, Silvio Almeida, disse que o país ainda tem dificuldades para precisar o número de brasileiros em situação de vulnerabilidade, mas afirmou que desde a pandemia o número estimado de brasileiros morando nas ruas "aumentou em 81%".

Em entrevista exclusiva ao UOL, na sexta-feira passada, Silvio Almeida havia antecipado o anúncio feito pelo presidente Lula de R$ 1 bilhão para um programa para atender moradores de rua e afirmou que o governo quer realizar uma espécie de censo para conseguir mapear de forma mais correta possível a realidade brasileira.

Segundo o ministro, com a cerimônia desta segunda, o governo dará início a uma pesquisa com o IBGE sobre pessoas em situação de rua.

"Vamos fazer um censo. Hoje temos os números do CadÚnico. São 240 mil pessoas em situações de rua, de acordo com o CadÚnico, que não pega todo mundo. E 40% só em São Paulo", disse.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes