PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Globo tira da TV e joga no streaming duas séries que fazem crítica social

Débora Bloch vive a professora Lúcia na série Segunda Chamada - Divulgação/Globo
Débora Bloch vive a professora Lúcia na série Segunda Chamada Imagem: Divulgação/Globo
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

09/09/2021 09h17

Lançada em outubro de 2019, "Segunda Chamada" foi apelidada de "Sob Pressão da educação". A série conta a história de um grupo de professores e alunos de uma escola estadual noturna na periferia de São Paulo. Assim como a série que trata de saúde pública, no ar desde 2017, a história ambientada no campo do ensino não tem medo de parecer militante e busca sensibilizar o espectador para uma realidade duríssima.

Uma das primeiras cenas da segunda temporada de "Segunda Chamada" mostra a professora Lúcia, vivida brilhantemente por Debora Bloch, entrando na escola estadual Carolina Maria de Jesus. Ela diz: "Educar não é sobre vencer; é sobre resistir. É sobre acreditar que as coisas podem mudar".

A segunda temporada da série estreia nesta sexta-feira (10). Mas será vista apenas pelos assinantes do serviço de streaming da Globo. A emissora optou por tirá-la da TV aberta, que ainda tem alcance muito maior. Este também será o destino da quinta temporada de "Sob Pressão", que já está sendo gravada.

A emissora não é clara ao explicar as razões desta mudança. "A unificação das empresas no projeto Uma Só Globo nos permite criar estratégias diferenciadas para o lançamento de produtos, com flexibilidade entre plataformas", diz, num comunicado vago enviado à coluna.

"Não é exatamente uma novidade a estratégia de um conteúdo da TV aberta ou da TV por assinatura migrar para continuações no Globoplay. É o caso de 'Verdades Secretas', 'Sessão de Terapia' e 'As Five', por exemplo. Agora, teremos 'Segunda Chamada' e 'Sob Pressão' com novas temporadas sendo exibidas primeiro no Globoplay", acrescenta.

Segundo a Globo, "o streaming já se mostrou uma ferramenta extraordinária de envolvimento e de conexão com o conteúdo original".

"Acreditamos nesta complementariedade das janelas para que o público possa escolher a maneira como quer assistir a seus conteúdos preferidos. Essa flexibilidade vai continuar existindo e será cada vez maior. Muitas dessas obras continuarão tendo exibição na TV aberta, o que garante o acesso do grande público a conteúdos de alto valor artístico", encerra a emissora.