PUBLICIDADE
Topo

Rubens Valente

Secretário da Agricultura faz peixada para Bolsonaro na Abin

O presidente Jair Bolsonaro e o secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Jorge Seif Junior - Reprodução/ Redes sociais
O presidente Jair Bolsonaro e o secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Jorge Seif Junior Imagem: Reprodução/ Redes sociais
Rubens Valente

Rubens Valente é repórter desde 1989 e há 10 anos atua em Brasília. Nasceu no Paraná e trabalhou em órgãos da imprensa de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, onde se formou em jornalismo na UFMS (Universidade Federal do MS). É autor de "Operação banqueiro" (Geração Editorial, 2014) e "Os fuzis e as flechas - história de sangue e resistência indígena na ditadura militar" (Companhia das Letras, 2017). Recebeu 17 prêmios nacionais e internacionais, incluindo o Prêmio Esso de Reportagem, dois Prêmios de Excelência Jornalística da SIP (Sociedade Interamericana de Jornalismo) e dois Grandes Prêmios Folha.

Colunista do UOL

29/11/2020 17h37Atualizada em 29/11/2020 22h39

O secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Jorge Seif Junior, anunciou em redes sociais que fez uma peixada na sede da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), em Brasília, "a convite" do diretor-geral do órgão, o delegado da Polícia Federal Alexandre Ramagem. Segundo Seif, o evento teve a participação do presidente Jair Bolsonaro, do secretário Nabhan Garcia, da Agricultura, e do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, entre outros.

A celebração divulgada de forma espalhafatosa pelo secretário em fotografias e vídeos causou incômodo na sede do principal órgão de inteligência civil da União, onde rígidas portarias regulam a tomada de imagens nos domínios da Agência, mesmo que lado de fora do prédio, onde aparentemente ocorreu o jantar. Além disso, o secretário disse que recebeu o pescado de uma associação de empresários do setor pesqueiro de Rondônia - não se sabe por quais caminhos legais o pescado chegou à sede do órgão de inteligência, se foi uma doação ou uma aquisição.

A Secretaria de Aquicultura e Pesca tem, entre suas atribuições, os papéis de "coordenar e orientar os procedimentos para a concessão dos pedidos de licenças, permissões e autorizações para o exercício da aquicultura e da pesca" e de "regularizar e fiscalizar a autorização de uso de espaços físicos de corpos d'água de domínio da União para fins de aquicultura".

O governo federal tem um programa destinado ao recebimento de doações por empresas e pessoas físicas, o Reuse. O UOL indagou ao Ministério da Agricultura e ao secretário neste sábado (28), por e-mail, as circunstâncias da suposta doação do pescado por empresários da pesca e onde ela foi registrada.

No início da noite deste domingo (29), o órgão respondeu: "O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) não vai se manifestar".

A Abin também foi procurada para esclarecer se o convite partiu de Ramagem, mas não houve retorno até o encerramento do texto.

Postagem do secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Jorge Seif Junior, diz que peixada na Abin (Agência Brasileira de Inteligência) foi feita a convite do diretor-geral do órgão, Alexandre Ramagem - Reprodução / Redes sociais - Reprodução / Redes sociais
Postagem do secretário de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Jorge Seif Junior, diz que peixada na Abin (Agência Brasileira de Inteligência) foi feita a convite do diretor-geral do órgão, Alexandre Ramagem
Imagem: Reprodução / Redes sociais

Seif gravou um vídeo e divulgou nas suas redes sociais: "Meu capitão presidente Bolsonaro, estamos na Abin fazendo aqui uma peixada em homenagem aos nossos amigos dessa importante instituição nacional. Quero te mostrar o que o senhor tem que vir aqui experimentar conosco. Tambaqui de Rondônia temperado pelo 06, teu 'filho peixe', ok? Então não aceito que o senhor não venha. Seu Prado é o assador, eu sou o temperador, já está tudo no esquema esperando o senhor aqui. Beijo hétero e vem para cá".

Como endereço do churrasco de peixe, o secretário marcou a Abin, em Brasília.

Em seu perfil no Instagram, o secretário escreveu que é amigo do diretor-geral da Agência: "Noite de Peixe na Abin! A convite do amigo Alexandre Ramagem, preparamos uns tambaquis na brasa, com a presença do nosso Capitão Bolsonaro, Ministro Marcelo Álvaro, Secretário Bruno Bianco, Secretário Nabhan Garcia e o grande #timedobolsonaro reunido. Agradeço a ACRIPAR na pessoa do produtor e amigo Francisco Hidalgo pelo fornecimento direto de Rondônia desse pescado nativo, amazônico, sustentável e saboroso!"

Citada pelo secretário na postagem, a Acripar é a Associação de Criadores de Peixes do Estado de Rondônia.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.