Mulher morre após passar por cirurgia de lipoaspiração em Goiás

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Uma mulher de 35 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (5) após passar por uma cirurgia de lipoaspiração em uma clínica de Anápolis (a 56 km de Goiânia), em Goiás.

O delegado responsável pelo caso, Luiz Teixeira, disse que a ocorrência foi instaurada hoje e que aguardará a conclusão dos laudos da morte de Lana Elisa Santos Gomes para começar a ouvir as testemunhas.

Teixeira disse que quer entrevistar familiares da vítima para obter mais informações sobre sua saúde. “Quero que alguém da família me diga se ela era uma pessoa saudável ou se possuía algum tipo de doença. Com base nessas informações, ouvirei o médico e os assistentes responsáveis pela cirurgia”, disse.

O delegado ainda afirmou que investigará se o médico estava habilitado para realizar a cirurgia de lipoaspiração e ainda se a clínica tinha infraestrutura para acolher este tipo de procedimento. “Para a investigação, é muito importante saber se o hospital tinha condições de atender uma paciente com complicações cirúrgicas”, completou.

De acordo com Teixeira, será com base nos depoimentos e nos laudos médicos é que decidirá se indicia ou não a equipe por erro médico.

A clínica Matermaria, onde foi realizada a operação, informou que esperará a conclusão dos laudos do Instituto Médico Legal (IML) para fazer qualquer tipo de pronunciamento sobre o caso.


 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos