PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Moradores de região próxima à explosão em SC recebem 5.000 máscaras

Renan Antunes de Oliveira

Do UOL, em Florianópolis

25/09/2013 13h12Atualizada em 25/09/2013 15h29

A Prefeitura de São Francisco do Sul (189 km de Florianópolis) está distribuindo desde o meio-dia 5.000 máscaras à população para amenizar os problemas causados pela fumaça que emana das 40 toneladas de fertilizantes que estão queimando num depósito no porto da cidade, desde a madrugada.

Uma explosão ocorreu antes do incêndio no depósito. As primeiras informações davam conta de que o fertilizante era nitrato de potássio e que a fumaça seria tóxica. Mas o governo de Santa Catarina informou, por meio de nota, que o fertilizante é à base de nitrato de amônia.

Segundo o secretário da Defesa Civil do Estado, Milton Hobus, "não é um gás tóxico, é um gás oxidante". Se inalada, a fumaça provoca coceira na garganta e náuseas e a orientação para as pessoas é que evitem inalar o pó e se distanciem o máximo possível.

Vídeo publicado na internet mostra coluna de fumaça em SC

Cerca de 300 famílias que moram próximo da região afetada já deixaram a área desde o amanhecer.

Cidade fica a 189 km da capital

  • Arte/UOL

O número de pessoas que procuraram ou foram levados aos hospitais da área subiu para cem, segundo as autoridades.

Um trecho de 20 km da BR-280 (estrada que liga a cidade a Joinville) está congestionado por gente que deixa a região em busca de segurança.

A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar bloquearam a rodovia, permitindo apenas a saída de moradores.

As colunas de fumaça tóxica podem  ser vistas a 30 quilômetros de distância, segundo relatos de moradores.

Segundo as previsões, um vento sul à tarde pode levar a fumaça para o litoral sul do Paraná e de São Paulo.

A Defesa Civil emitiu um alerta também para Joinville, a maior de Santa Catarina, caso os ventos soprem na sua direção.

Cotidiano