Violência no Rio

Morre ciclista esfaqueado durante assalto na Lagoa, zona sul do Rio

Do UOL, no Rio

  • Márcia Foletto/Agência O Globo

    O médico Roberto Oberg, que prestou os primeiros socorros ao ciclista, observa o local onde ocorreu o crime

    O médico Roberto Oberg, que prestou os primeiros socorros ao ciclista, observa o local onde ocorreu o crime

O médico Jaime Gold, 56, morreu durante a madrugada desta quarta-feira (20) após ter sido esfaqueado durante um assalto na pista de lazer da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, na noite de terça-feira (19).

Ele foi atacado por criminosos quando andava de bicicleta na altura da Curva do Calombo, nas proximidades do centro náutico do Botafogo. Segundo a Polícia Civil, o ciclista levou três facadas no abdômen. Os assaltantes fugiram levando bicicleta, carteira, celular e outros objetos da vítima, que foi golpeada mesmo sem reagir ao assalto.

Gold recebeu os primeiros socorros do médico Roberto Oberg, que passava pelo local. Inconsciente e perdendo muito sangue, ele foi depois levado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde ainda chegou a ser submetido a uma cirurgia, porém não resistiu aos ferimentos.

A vítima era cardiologista e trabalhava no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho desde 1989. Em nota, a unidade lamentou a morte de "um grande profissional", que "será lembrado pela amizade de todos como ex-aluno e profissional desta instituição". "A ele, o hospital da UFRJ presta sua homenagem e agradece por todo profissionalismo, preocupação e comprometimento com as causas da saúde."

A Comissão de Segurança no Ciclismo também emitiu uma nota de pesar pela morte do médico. Para o grupo, esta era uma "tragédia anunciada". "A comissão já alertou e busca incansavelmente junto ao poder público e autoridades ações efetivas de combate aos roubos e furtos de bicicletas em nossa cidade. Fizemos inúmeros eventos de alertas inclusive no próprio local onde a tragédia ocorreu. Porém, até o momento ainda estamos sem atendimento de nossas solicitações."

A 15ª DP (Gávea) abriu um inquérito para investigar o crime. De acordo com a polícia, imagens de câmeras de prédios da vizinhança serão analisadas com o objetivo de identificar os assaltantes. Um homem que trabalha em um posto de gasolina próximo ao local afirmou à polícia ter visto o momento em que o ciclista foi abordado. Nesta quarta-feira (20), o caso foi transferido para a Divisão de Homicídios, que realizou uma nova perícia no local.

Reportagem do UOL publicada há três semanas mostrou que adolescentes armados com facas vêm protagonizando uma onda de assaltos a ciclistas e pedestres na pista de lazer que circunda a Lagoa, um dos principais cartões-postais da capital fluminense.

A rotina de violência chamou ainda mais a atenção depois que um jovem de 14 anos, atleta de remo do Flamengo, foi esfaqueado e teve sua bicicleta roubada. O caso ocorreu no dia 25 de abril. Houve registros de pelo menos outros dois casos na semana anterior.

Procurada para dar esclarecimentos, a Polícia Militar informou que o patrulhamento havia sido reforçado com rondas diárias de carros da PM, policiais a pé, veículos elétricos, motos e policiais militares em bicicletas.

Mensagens de alerta

Em abril, moradores da Lagoa afixaram mensagens ao longo da ciclovia, nos arredores do Parque dos Patins, para alertar sobre o risco de roubos e outros atos de violência na região: "O horário é por volta das 6h e 7h. Dois indivíduos abordam o ciclista, um deles portando ao menos uma faca, e levam a bicicleta, celular e demais pertences".

Os cartazes citavam o assalto sofrido pelo francês Victor Didier, 19, morador da Gávea, que pedalava pelo local quando foi atacado por ladrões nas proximidades do Jardim de Alah, no dia 19 de abril. O pai da vítima, Christophe Didier, afirmou que Victor foi golpeado com uma faca com "lâmina de mais de 30 centímetros", que atingiu os dois pulmões do jovem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos