Sobe para 50 número de detidos por ataques no RN; ônibus não circulam

Do UOL, em São Paulo

A Secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Norte subiu para 50 o número de pessoas detidas, suspeitas de envolvimento nos ataques a ônibus e prédios públicos em Natal e outras cidades do Estado.

A Secretaria também informou que os ônibus em Natal foram recolhidos pelas empresas e não estão circulando neste domingo (31).

No início da tarde, o governador do Estado, Robinson Faria, anunciou em post em redes sociais que pediu apoio de tropas do Exército para ajudar no controle da situação.

45 ocorrências registradas

Segundo o último boletim da secretaria, divulgado na manhã deste domingo, mais seis suspeitos foram detidos na noite de sábado (30). A Polícia também apreendeu 30 coquetéis-molotovs em uma casa abandonada em Natal, e três galões de combustível com os suspeitos.

Desde a tarde de sexta-feira (29), 45 ocorrências foram registradas, de acordo com a Secretaria, incluindo 39 relacionadas a incêndios e tentativas de incêndios.

Também foram registradas quatro ocorrências de disparos contra prédios públicos, uma envolvendo explosivos em um banco ou proximidades e uma depredação.

A Secretaria confirma ações criminosas em dezesseis cidades do Estado, incluindo a capital.

Segundo o governo do Estado, os ataques são uma reação à instalação de equipamentos de bloqueio de sinal de telefone celular no PEP (Presídio Estadual de Parnamirim), localizado no município de Parnamirim, na região metropolitana de Natal.

Noite de ataques

No início da noite de sábado, criminosos fecharam a rodovia de acesso aeroporto de Natal, na região metropolitana. Segundo o Corpo de Bombeiros, homens encapuzados montaram uma barricada e atearam fogo em pneus na BR-304, próximo à rotatória de acesso ao aeroporto. Ninguém ficou ferido e a rodovia foi liberada assim que os bombeiros apagaram o fogo.

Divulgação/Via Certa Natal
Agência da Caixa foi depredada durante onda de ataques a prédios públicos no RN

Criminosos atearam fogo em um carro da Polícia Civil, no 15º Distrito Policial, zona sul de Natal. Outro ataque semelhante ocorreu na Degepol (Delegacia Geral de Polícia do Rio Grande do Norte), onde um carro que estava no estacionamento da delegacia foi incendiado. 

Em São Gonçalo do Amarante, uma agência da Caixa Econômica Federal foi atacada e teve suas portas de vidro quebradas. No local, policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar frustraram uma tentativa de explosão após encontrar explosivos que não chegaram a ser detonados. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) implodiu um dos artefatos explosivos.

Por volta das 21h30 do sábado, a Polícia Militar registrou tiroteio entre facções criminosas na bifurcação das rodovias BR-406 e BR-101 norte, na divisa de Natal com São Gonçalo do Amarante. Ainda não há informações de vítimas.

Por volta das 22h20, um micro-ônibus que fazia o transporte de funcionários de uma rede atacadista foi atacado por criminosos em São Gonçalo do Amarante. O veículo ficou totalmente destruído. 

Arquivo Pessoal
Carro estacionado na Degepol (Delegacia Geral da Polícia) de Natal foi incendiado

Ameaças pelo WhatsApp

Foram divulgados áudios via WhatsApp em que supostos presos afirmavam que, caso o presídio siga com bloqueio a celulares, haveria uma onda de ataques a ônibus, incêndios, assaltos, e atentados contra prédios públicos.

Criminosos gravam ataque a ônibus no RN e comemoram na prisão

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos