Temer determina que ministro da Justiça preste auxílio ao RN

Do UOL, em São Paulo

  • AFP Photo/Andressa Anholete

Em mensagem publicada em sua conta no Twitter, o presidente Michel Temer determinou que o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, preste "todo o auxílio necessário" ao governo do Rio Grande do Norte. Ao menos dez presos morreram neste sábado (14) após uma rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, região metropolitana de Natal (RN).

Temer também afirmou que acompanha a situação no presídio deste ontem. O presidente, porém, não fez menção à fuga de detentos do Complexo Penitenciário de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, que aconteceu neste domingo (15).

À pedido do governador Robinson Faria (PSD), o ministro da Justiça "lamentou" as mortes e autorizou hoje que parte dos R$ 13 milhões do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), liberados no dia 29 de dezembro de 2016 para modernização e aquisição de equipamentos, seja utilizada em construções que reforcem a segurança no presídio.

Ontem, o ministério da Justiça havia divulgado nota em que informou que o Estado não tinha pedido ajuda.

Rapidez

Depois de ser criticado por demorar três dias para se pronunciar sobre a matança em presídios de Manaus, Temer tem procurado se falar mais rapidamente sobre novos fatos envolvendo a crise no sistema penitenciário.

No caso das mortes na Penitenciária Agrícola Monte Cristo, em Boa Vista, o presidente manifestou-se horas depois do ocorrido.

Rebelião no presídio de Alcaçuz é controlado após 14 horas

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos