PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Crianças e motorista são feitos reféns durante assalto a van escolar no RS

A van levada pelos criminosos ainda não foi localizada - Reprodução/Facebook/Claudia Markes
A van levada pelos criminosos ainda não foi localizada Imagem: Reprodução/Facebook/Claudia Markes

Luciano Nagel

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

24/11/2017 14h33

Um motorista de uma van que fazia o transporte escolar foi assaltado na manhã desta sexta-feira (24) em Caxias do Sul, na serra gaúcha. Além do condutor, havia quatro crianças, com idades entre 7 e 10 anos, dentro do veículo no momento do crime. As vítimas foram mantidas reféns pelos criminosos.

Em entrevista ao UOL, a proprietária da CL Tur, empresa que realiza o transporte escolar no município serrano, Claudia Oliveira, disse que o assalto ocorreu por volta das 7h30. A van fazia o trajeto até a Escola Municipal de Ensino Fundamental Caldas Júnior.

“Um automóvel Vectra, de cor preta, cortou a frente do motorista da van e o fez parar. Já dentro do veículo escolar apareceu outro assaltante que apontou a arma para a cabeça do motorista. O bandido ameaçou todas crianças de morte, inclusive o motorista”, afirmou.

Conforme Claudia, os criminosos obrigaram o motorista a se deslocar, junto com as crianças, para um bairro mais afastado do local do assalto.

“Largaram eles lá no mato, no interior do bairro Serrano. Roubaram a van e o telefone celular do condutor”, disse. O motorista preferiu não falar com a reportagem.

“Uma das crianças tinha dentro da mochila um aparelho celular escondido e conseguiu pedir socorro após a fuga dos assaltantes. Felizmente ninguém ficou ferido”, declarou Claudia.

A van escolar, que não tem seguro, e o Vectra utilizado no crime ainda não foram localizados pela polícia. A BM (Brigada Militar) realizou buscas na região, mas ninguém foi preso até a conclusão desta reportagem.

No final do mês julho, motoristas e proprietários de vans realizaram um protesto por mais segurança em frente à Prefeitura de Caxias do Sul. Durante a manifestação mais de 150 veículos bloquearam a rua de acesso ao Paço Municipal.

Cotidiano