Violência no Rio

Tiroteio na Cidade de Deus fecha linha Amarela no Rio

Marina Lang

Colaboração para o UOL, no Rio

  • Reprodução

    07.mar.2018 - Tráfego na linha Amarela foi interrompido devido a tiroteio na altura da CDD

    07.mar.2018 - Tráfego na linha Amarela foi interrompido devido a tiroteio na altura da CDD

Um tiroteio entre policiais militares e criminosos na favela Cidade de Deus, na zona oeste do Rio de Janeiro, interditou nesta quarta-feira (7) ao menos duas vezes a linha Amarela, uma das principais vias expressas da capital que liga as zonas oeste e norte da capital.

Às 9h25, a via foi bloqueada na altura do complexo da Cidade de Deus, sentido Barra da Tijuca. A linha Amarela foi liberada por volta de 9h40. Quatro minutos depois, foi interditada em ambos os sentidos até por volta de 10h, quando foi liberada. Segundo o Centro de Operações, em seguida, o fluxo de tráfego teve retenções na própria linha Amarela e na avenida Ayrton Senna, sentido linha Amarela.

Policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) permanecem na região --no final da manhã, não havia registro de confronto, feridos ou mortos.

Apesar disso, motoristas devem procurar rotas alternativas. De acordo com o Centro de Operações, tanto as vias do Alto da Boa Vista e a Grajaú-Jacarepaguá têm boa movimentação, nos dois sentidos.

Tiroteio na Cidade de Deus fecha linha Amarela, no Rio

De acordo a PM, policiais do 18º Batalhão faziam patrulhamento de rotina e entraram em confronto com criminosos. A PM não informou se há feridos em decorrência dos tiroteios.

Nesta quarta-feira, em outro ponto da zona oeste, cerca de 900 militares das Forças Armadas realizam uma operação. Eles retornaram à favela da Vila Kennedy para destruir barricadas reconstruídas pelo crime organizado. Segundo o CML (Comando Militar do Leste), não houve confronto na chegada das tropas pois a região já estava ocupada pela polícia.

Tiroteios fecharam vias em 2018

No começo de fevereiro, as linhas Amarela e Vermelha, além da avenida Brasil, chegaram a ser interditadas por uma operação no Complexo da Maré, na zona norte do Rio. Um menino de 13 anos e um homem foram mortos.

Roberto Moreyra/Agência O Globo
31.jan.2018 - Motoristas se refugiam durante tiroteio na linha Amarela

No dia seguinte, uma operação com 3.000 militares das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) cercaram a Cidade de Deus e bloquearam as vias adjacentes, com fechamento do espaço aéreo, enquanto policiais entraram na favela --38 pessoas detidas na operação foram encaminhadas à sede da polícia, cinco delas menores de idade, informou a Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro.

Uma semana antes, em janeiro, a linha Amarela teve o trânsito interrompido em diversos momentos devido a trocas de tiros entre policiais e traficantes na Cidade de Deus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos