Três morrem após grupo armado invadir e atear fogo a clínica em MG

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

Três pessoas morreram depois que bandidos armados invadiram e atearam fogo a uma clínica de reabilitação de dependentes químicos no município de Divinópolis, em Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu na noite da última quinta-feira (26), no bairro de Itacolomi.

Os suspeitos invadiram o local, que fica a cerca de 120 km de Belo Horizonte, por volta das 22h. Armados, eles chegaram a efetuar disparos no interior da clínica, surpreendendo pacientes que dormiam. Na sequência, incendiaram o espaço e fugiram.

Nove pessoas conseguiram escapar do local em chamas, e foram atendidas pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu conter o fogo. Os três pacientes que morreram tinham 32, 37 e 54 anos, informou a polícia.

Leia também: 

Em nota enviada ao UOL, o Corpo de Bombeiros explica que, no momento em que uma unidade de atendimento chegou ao local, dois dos três cômodos da clínica já haviam desabado. Os corpos das vítimas já estavam "totalmente carbonizados", afirmou a corporação. 

Um dos sobreviventes, de 55 anos, foi resgatado pelos bombeiros dos escombros e encaminhado imediatamente ao hospital. Ele sofreu queimaduras de segundo grau nos membros inferiores. Até o fechamento da matéria, o UOL não havia novas informações sobre o estado de saúde dos sobreviventes.

A Polícia Civil de Divinópolis assumiu a investigação do caso para encontrar os culpados do incêndio e apurar a motivação da ação criminosa. Contatada, a delegacia da cidade não quis responder às perguntas da reportagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos