Topo

Homem é agredido após ser acusado de esfaquear e estuprar enteada de 15 anos

Jéssica Nascimento

Colaboração para o UOL

27/08/2018 10h53

Um homem de 35 anos foi agredido por vizinhos após ser acusado de estuprar e esfaquear a enteada de 15 anos, na região de Vicente Pires, no Distrito Federal. A adolescente foi levada em estado grave para o Hospital Regional de Taguatinga no último sábado (25), onde segue internada. Ele vai responder por tentativa de feminicídio e a acusação de estupro ainda está sendo investigada.

Valdemir Francisco Leite, conhecido como Mir, foi resgatado pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros após ser agredido com socos e chutes por vizinhos. Um vídeo mostra o suspeito machucado enquanto entra em uma ambulância. “Deu sorte, os caras iam matar ele”, disse o autor da gravação.

Segundo o boletim de ocorrência, a que o UOL teve acesso, a jovem sofreu oito facadas, nas regiões do abdômen, tórax, mão, braço, cabeça e orelha. Ela passou por cirurgia e seu quadro clínico é estável.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava saindo do banho quando o padrasto começou os abusos. Após a adolescente reagir, Leite a atingiu com varias facadas. A jovem pediu socorro para os vizinhos, que seguraram o suspeito e o amarraram em um poste. O homem também foi atendido no Hospital Regional de Taguatinga e, posteriormente, foi levado para a delegacia da região.

Em depoimento aos policiais, Leite disse que sempre teve um relacionamento conturbado com a adolescente e que as brigas eram frequentes. Ele também contou que havia ingerido bebida alcoólica e que não se lembrava direito do que havia feito.

O homem já havia cumprido seis anos de prisão por roubo e estava foragido do sistema penitenciário. Nesta segunda-feira (27), o suspeito ainda estava detido na carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE).

Mais Cotidiano