Topo

Pneu de monotrilho se desloca na linha 15-Prata; é o 3º incidente este ano

Joel Silva - 30.ago.2014/Folhapress
A linha 15 ainda não foi finalizada, mas já tem histórico de acidentes Imagem: Joel Silva - 30.ago.2014/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

2019-05-16T14:46:00

16/05/2019 14h46

O pneu de uma composição do monotrilho da linha 15-Prata, do Metrô de São Paulo, se deslocou da viga de rolamento durante uma manobra no final da madrugada de ontem. As obras da linha ainda não foram concluídas, que ainda opera parcialmente.

Segundo o Metrô, o problema aconteceu por volta das 5h no pátio Oratório. A composição ainda não é utilizada na operação comercial. O Metrô apura as causas do acidente. Hoje, a linha opera normalmente.

Essa não é a primeira ocorrência envolvendo o monotrilho. Em janeiro, duas composições colidiram na estação Jardim Planalto. No mesmo mês, um equipamento do monotrilho se soltou e ficou pendurado a 15 metros de altura.

Em abril, o governador João Doria (PSDB) prometeu concluir até dezembro a construção de quatro estações da linha 15. Com previsão para começar a operar em janeiro de 2020, as Estações Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus já deveriam estar prontas desde 2013.

Para retomar a construção, o governo do Estado teve de relicitar as obras e contratou a STER Engenharia por R$ 47,5 milhões. O leilão para concessão da Linha-15 foi realizado em março, na Bolsa de Valores de São Paulo, e só teve um interessado.

Quando a etapa até São Mateus for concluída, a Linha-15 terá 13 quilômetros de extensão e dez estações, segundo planejamento do governo. O trajeto começa na Vila Prudente, a primeira das seis estações que estão hoje em operação.

Em janeiro, trens do monotrilho se chocam na zona leste de São Paulo

Band News

Mais Cotidiano