Topo

Homem é flagrado carregando fogão sobre patinete no Rio; assista

Marina Lang

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

17/07/2019 11h28Atualizada em 17/07/2019 13h54

Um homem foi flagrado carregando um fogão sobre um patinete elétrico na avenida Atlântica, em Copacabana, zona sul do Rio. O vídeo, que viralizou na internet na tarde de terça-feira (16), mostra ele carregando o fogão nas costas usando cordas enquanto patinava. A identidade do protagonista da cena inusitada não foi descoberta.

A Guarda Municipal do Rio informou, em nota, que o homem que carregava o fogão deveria ser punido.

"O novo decreto das patinetes elétricas proíbe o transporte de cargas e há multa prevista, que depende de regulamentação que será criada pelo grupo de trabalho que trata do tema", informou a corporação.

"No momento, a Prefeitura está em fase educativa e de orientação aos patinadores. A Guarda Municipal alerta que esse tipo de transporte, além de ser proibido, coloca em risco a vida do próprio patinador e pode causar acidentes na via pública, envolvendo pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas", prosseguiu o comunicado.

O decreto é municipal e estabeleceu algumas regras em relação ao uso do patinete. Além de não ser possível transportar cargas, estabelece que os usuários não podem transitar por calçadas e que a velocidade máxima permitida deve ser abaixo de 40 km/h.

Deputados da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio) aprovaram uma lei que regula o uso do patinete em junho. Segundo a proposta, o transporte de mais de uma pessoa por esse meio de transporte será proibido e a empresa que aluga o equipamento deve fornecer capacetes aos usuários.

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), vetou o projeto, além de outro projeto que estabelecia a necessidade de uma prova no Detran e um cheque caução de R$ 1,7 mil caso os patinadores não possuíssem seguro pessoal. Após má repercussão, contudo, os deputados Alexandre Knoploch e Gustavo Schmidt (ambos do PSL), autores do projeto de lei, pediram ao governador para que vetasse a proposta.

A Alerj está em recesso até o dia 1º de agosto. Ao final das férias, as pautas voltam a plenário e deputados podem derrubar os vetos do governador e aprovar as medidas, isto é, torná-las lei, mesmo sem a autorização de Witzel.

Procurada pela reportagem, a Grow, que administra os patinetes Yellow, disse em nota que "aposta em ações educativas para conscientizar a população sobre o correto uso dos equipamentos no Rio e assegurar a segurança de todos - usuários ou não das patinetes, motoristas e pedestres -, bem como colaborar com as discussões sobre mobilidade urbana no país".

No comunicado, a empresa relembrou o decreto que proíbe o transporte de cargas em patinetes no Rio de Janeiro, mas não se manifestou sobre a identidade do usuário flagrado no vídeo.

Mais Cotidiano