Topo

Homem diz que foi tirado de estádio e atacado por PMs após xingar Bolsonaro

Rogerio Lemes de Carvalho compartilhou boletim de ocorrência nas redes sociais - Reprodução/Facebook
Rogerio Lemes de Carvalho compartilhou boletim de ocorrência nas redes sociais Imagem: Reprodução/Facebook

Marcela Leite

Do UOL, em São Paulo

05/08/2019 17h43

Um torcedor afirmou ter sido agredido ontem por policiais militares e levado para um posto policial após gritar palavras contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante o jogo entre Corinthians e Palmeiras, na Arena Corinthians, em São Paulo.

No Facebook, Rogerio Lemes Coelho compartilhou a cópia do boletim de ocorrência registrado pelo segundo Batalhão de Polícia de Choque, no centro da capital, que confirma a abordagem policial e a condução até a delegacia.

Na postagem, ele diz estar "todo dolorido" e mostrando imagens das marcas das algemas e roxos nos dedos das mãos. "Os policiais vieram pra cima, um já me deu mata-leão quando eu caí, me algemaram, me levaram pra uma sala e ficaram me humilhando", disse Rogerio.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) paulista disse que os policiais agiram "para preservar a integridade física do torcedor", já que a atitude dele teria causado "animosidade com outros torcedores, com potencial de gerar tumulto e violência generalizada".

Ainda de acordo com a SSP, as "polícias de São Paulo são instrumentos do Estado Democrático de Direito e não pautam suas ações por orientações políticas"

Por fim, o órgão informa que Rogerio não foi preso, mas conduzido ao posto do Juizado Especial Criminal (Jecrim) na Arena Corinthians, onde foi registrado um boletim de ocorrência "não criminal", ou seja, apenas uma comunicação formal de um fato, sem complicações jurídicas ou penais.

À reportagem, o Corinthians informou que não tinha conhecimento do ocorrido e que não vai se posicionar sobre o caso, já que é um caso que envolve a polícia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cotidiano