Topo

Motorista do DF é multada por "dirigir" a 710 km/h e contesta zero a mais

Lana Albuquerque, 34, que recebeu uma multa por "dirigir" a 710 km/h - Jéssica Nascimento/UOL
Lana Albuquerque, 34, que recebeu uma multa por "dirigir" a 710 km/h Imagem: Jéssica Nascimento/UOL

Jéssica Nascimento

Colaboração para o UOL, em Brasíia

02/10/2019 13h26

Uma motorista levou um susto nesta semana ao descobrir que recebeu uma multa no ano passado. Segundo o DER (Departamento de Estradas e Rodagem), Lana Albuquerque, 34, foi flagrada dirigindo a 710 km/h na Estrada Parque Núcleo Bandeirante, no Distrito Federal.

Ainda na notificação, o DER informa que a velocidade máxima permitida nesta via é de 600 km/h. A verdade, porém, é que o índice máximo é de 60 km/h. A multa foi aplicada no dia 28 de outubro de 2018, no valor de R$ 134. O carro é um Elantra 2014, da Hyundai.

"Fui consultar no site do Detran e me deparei com a surpresa de que meu carro estaria a 710 km/h na EPNB. Surreal, né? Até porque meu veículo só tem 170 cavalos de potência. Fiquei extremamente surpresa e estou chocada até agora", disse Lana, que entrou no site porque não recebeu documentação do IPVA neste ano.

A motorista, que é servidora pública, acredita que houve um erro no sistema, já que um zero foi acrescentado no campo da quilometragem e da velocidade máxima da via.

"Eu coloquei nas redes sociais e muita gente comentou que também passou por isso. Então deve ser um problema no aparelho de medição ou até mesmo no sistema", disse Lana, que admite que pode, sim, ter passado da velocidade máxima, mas não no índice notificado. "Acredito que passei sim um pouquinho da velocidade e vou pagar a multa".

Em nota, o DER disse que não foi encontrado no sistema um erro na notificação. "Provavelmente a cidadã teve essa informação em outro site/órgão que não seja o RADAR/DER DF", informou a mensagem. Porém, segundo a motorista, a multa foi consultada no próprio site do Detran. A autarquia, até o momento, não respondeu as solicitações.

Erros recorrentes

Rogério Henrique Thomaz passou pelo mesmo problema que Lana. Ele é motorista de aplicativo e recebeu uma multa de R$ 195,23 por atingir uma velocidade de 960 km/h. O registro foi feito no dia 10 de outubro do ano passado, na Estrada Parque Dom Bosco (EPDB). A velocidade da via também aparece 10 vezes maior do que o limite máximo: 700 km/h

"Eu tenho um carro 1.0 e ele não atinge essa velocidade. Multiplicaram demais esse valor. Infelizmente, passou da data de recorrer. Mas, se preciso for, vou entrar na Justiça", declarou.

Cotidiano