Topo

Bombeiros tentam resgate 'manual' de 9 após desabamento em Fortaleza

Daniel Herculano

Colaboração para o UOL, em Fortaleza

15/10/2019 18h01Atualizada em 15/10/2019 18h19

Resumo da notícia

  • Bombeiros trabalham no resgate de vítimas após desabamento em Fortaleza
  • Estima-se que haja nove pessoas sob os escombros
  • Trabalho é feito manualmente: máquinas poderiam ferir os sobreviventes
  • Previsão é de dois dias de resgate

O trabalho de resgate de sobreviventes do edifício Andrea, em Fortaleza, será feito manualmente nessas primeiras 24 horas após o desabamento, ocorrido nesta manhã.

Segundo o coronel Eduardo Holanda, comandante geral do Corpo de Bombeiros no Ceará, o uso de maquinário pesado ocorrerá só depois desse prazo. A complexidade desse resgate é maior, já que há possibilidade de pessoas com vida sob os escombros.

"São quase 300 homens envolvidos na operação, e não descansaremos até que o último reclamado seja resgatado", afirmou Holanda.

Ele diz que os bombeiros entram em "cada fresta, em cada espaço, dentro da pilha de escombros" em busca de sobreviventes.

Mais dois dias de trabalho

Os bombeiros estimam também que o trabalho de resgate durará ao menos dois dias, e a atividade adentrará a noite. Iluminação está sendo preparada para a operação noturna.

"Vamos ficar 24 horas por dia na operação e vamos ficar até resgatar todos dos escombros", afirmou o comandante.

"A gente procura fazer muito silêncio no local para tentar ouvir as vítimas. O maquinário pesado ainda não é indicado por criar uma instabilidade e pode ocorrer um novo desabamento. A gente vai esperar pelo menos 24 horas para entrar esse maquinário", afirmou.

De acordo com o levantamento mais recente, há nove pessoas a serem retiradas do desabamento. Nove já foram retiradas.

"As famílias dos reclamados são informados com um boletim a cada 2 horas, e pelo que consta, nenhum criança está no prédio", afirmou o bombeiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cotidiano