Topo

Suspeitos de assalto são linchados e queimados em Maranguape (CE)

Maranguape (CE) - Divulgação/Prefeitura de Maranguape (CE)
Maranguape (CE) Imagem: Divulgação/Prefeitura de Maranguape (CE)

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió

21/11/2019 17h14

Dois homens foram linchados e morreram queimados, na noite de ontem, após serem apontados como assaltantes que estavam atuando em roubos no comércio do distrito de Amanari, em Maranguape, na região metropolitana de Fortaleza. Até agora, os suspeitos não foram identificados e nem os responsáveis pelas mortes foram presos.

Imagens de circuito de câmeras mostram a abordagem dos homens a um estabelecimento comercial. A dupla chega em uma motocicleta, às 18h58, e o garupa desce da moto apontando uma arma de fogo para uma mulher que está na porta do estabelecimento. O condutor da moto fica com o veículo ligado, na calçada, aguardando o comparsa voltar para fugirem.

De acordo com as imagens, o suspeito mira a arma para outras funcionários e clientes dentro do comércio. O homem ameaça matar caso alguém reaja ao assalto. Segundo a polícia, o suspeito tomou o dinheiro do caixa e colocou numa bolsa. Depois, com o revólver em punho, ele sobe na moto e foge com o comparsa.

A Polícia Militar disse que antes dos homens assaltarem o estabelecimento comercial, eles roubaram um mercadinho na mesma rua, com a mesma abordagem.

Segundo a polícia, após os suspeitos assaltarem o mercadinho, um homem, não identificado, perseguiu de carro a dupla, que fugiu em motocicleta, e conseguiu derrubar os dois homens na CE-455. Após caíram no chão, a população, revoltada, começou a agredir os dois suspeitos de assalto e os linchou. Depois, os suspeitos foram queimados junto com a moto que usaram na fuga e morreram no local. O motorista fugiu com o carro antes da chegada da polícia.

Segundo a SSPDS (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social), os corpos ficaram carbonizados e até agora não foram identificados. A SSPDS não informou se a arma usada pelos homens foi apreendida pela polícia.

"Equipes da Polícia Militar do Ceará, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e da Pefoce (Perícia Forense do Estado do Ceará) foram acionadas e realizaram os primeiros levantamentos", informou a secretaria.

Peritos da Pefoce recolheram os corpos para se submeterem a necropsia. Até às 12h40 de hoje, os corpos não havia sido identificados e nenhum familiar havia aparecido no Pefoce para reclamar sobre o desaparecimento deles.

A SSPDS informou que até agora, nenhum suspeito da morte dos suspeitos foi preso e que os policiais chegaram ao local já quando eles estavam em óbito.

A Delegacia Metropolitana de Maranguape está com investigações em andamento para identificar os responsáveis por um duplo homicídio. A Polícia Civil aguarda a conclusão do laudo pericial realizado pela Pefoce para descobrir as causas das mortes.

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações, de forma anônima, para auxiliar as investigações policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, ou para o ?(85) 3101.2808, da Delegacia Metropolitana de Maranguape. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Cotidiano