PUBLICIDADE
Topo

Falha no Metrô e alagamento na CPTM dificultam volta para casa em SP

Por volta das 19h15, toda a cidade, exceto a zona Sul, permanecia em estado de atenção por conta das fortes chuvas - Andre Lucas/Estadão Conteúdo
Por volta das 19h15, toda a cidade, exceto a zona Sul, permanecia em estado de atenção por conta das fortes chuvas Imagem: Andre Lucas/Estadão Conteúdo

Anaís Motta

Do UOL, em São Paulo

18/02/2020 19h13Atualizada em 18/02/2020 22h26

Uma falha técnica na estação Paraíso do Metrô (Linha 1-Azul) e um alagamento entre as estações Prefeito Celso Daniel-Santo André e Capuava, da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), atrapalharam a volta para casa dos paulistanos hoje.

O problema no Metrô aconteceu por volta das 18h15, auge do horário de pico em São Paulo. Por conta de uma "falha em equipamento de via", segundo descreveu a companhia, os trens da Linha 1-Azul passaram a circular com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações.

Na Sé, centro da cidade, o sistema de som da estação aconselhava os passageiros que precisavam fazer a transferência para a Linha 2-Verde a pegar a Linha 3-Vermelha até a República. De lá, deveriam ir pela Linha 4-Amarela até a Paulista, que dá acesso à estação Consolação (Linha 2-Verde).

Na Linha 1-Azul, a baldeação para a Linha 2-Verde pode ser feita diretamente nas estações Ana Rosa e Paraíso, onde a falha aconteceu.

Para quem precisava fazer a transferência para a Linha 5-Lilás, a dica era evitar a estação Santa Cruz (Linha 1-Azul) e dar preferência à Chácara Klabin (Linha 2-Verde).

Chuva alaga trecho da CPTM

Na CPTM, o problema se deu por conta de um alagamento entre as estações Prefeito Celso Daniel-Santo André e Capuava, na Região Metropolitana de São Paulo. A Linha 10-Turquesa não operou entre esses pontos por cerca de meia hora, mas foi normalizada por volta das 18h50.

Usuários do Twitter relataram, porém, que toda a operação da linha parecia ter sido paralisada por conta do alagamento. "Faz mais de 30 minutos que não sai um trem do Tamanduateí sentido Santo André, e eu não vi nenhum vindo sentido Brás", contou uma passageira.

Estado de atenção

Léo Pinheiro/Framephoto/Estadão Conteúdo
Imagem: Léo Pinheiro/Framephoto/Estadão Conteúdo

Às 19h15, toda a cidade, exceto a zona Sul, foi colocada em estado de atenção por conta das fortes chuvas, segundo informado pelo CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas) de São Paulo. O alerta foi suspenso mais de uma hora depois, às 20h25.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram registrados 43 chamados para queda de árvore e dez para inundação ou enchente.

Cotidiano