PUBLICIDADE
Topo

Técnica de enfermagem de hospital de PE morre por covid-19

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, de Maceió

05/04/2020 17h53

Duas técnicas de enfermagem que trabalhavam no HGV (Hospital Getúlio Vargas), localizado na zona Oeste do Recife, morreram ontem, uma delas por causa da covid-19. A segunda servidora tem a causa da morte investigada. Os nomes delas não foram divulgados. Uma atuava no setor verde da emergência e a outra no setor de ortopedia.

A técnica de enfermagem, de 55 anos, morreu no Hospital dos Servidores. Segundo a SES-PE (Secretaria Estadual de Saúde), a paciente foi notificada como caso suspeito da covid-19 na última quarta (1º) e teve o resultado laboratorial positivo liberado na última sexta (3). Três dias depois, ela morreu.

A mulher tinha histórico de diabetes, doença renal crônica e pneumonia crônica, o que a colocavam no chamado grupo de risco. O governo investiga se a técnica contraiu o coronavírus durante o desempenho de suas funções.

Já a outra técnica de enfermagem, de 52 anos, morreu na tarde de ontem, poucas horas depois de dar entrada em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Segundo a SES-PE, a servidora era hipertensa, diabética e asmática grave. Ela estava em férias quando começou a apresentar os sintomas e ficou afastada de suas funções.

"Foi realizada a coleta de material para as análises em laboratório, que estão em andamento. A direção do HGV ratifica que ambas as servidoras desempenhavam suas funções com afinco na unidade e que eram importantes para a assistência à população", destaca a secretaria, em nota.

Pernambuco já registra 21 mortes por covid-19, sendo sete confirmadas hoje (05). O estado tem 201 pessoas infectadas com o coronavírus e 25 recuperadas da doença, segundo dados da SES-PE (Secretaria Estadual de Saúde). Dos 201 doentes por covid-19, 87 estão em isolamento domiciliar e 68 estão internados em hospitais. sendo 19 em UTI/UCI (Unidade de Terapia Intensiva/Unidade de Cuidados Intensivos) e 49 em leitos de isolamento.

Recife concentra o maior número de casos da doença com 139 pessoas infectadas com o coronavírus. Depois vem Jaboatão dos Guararapes, com 12 casos, e em terceiro vem Olinda, com nove casos.

O arquipélago de Fernando de Noronha tem sete casos. Para combater a incidência da doença, a entrada em Noronha está temporariamente fechada a partir de hoje. O prazo de fechamento da entrada será de 15 dias.

O governo de Pernambuco suspendeu a entrada de turistas e moradores, sejam eles permanentes ou temporários. A saída de moradores e trabalhadores continua autorizada. Apenas servidores públicos federais e estaduais e outras categorias cujo trabalho seja considerado essencial e com autorização expressa terão acesso a ilha nesse período.

Cotidiano