PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Pará e Ceará têm primeiros casos oficiais no sistema prisional

Flávio Costa

Do UOL, em São Paulo

08/04/2020 17h47

Pará e Ceará foram os primeiros estados do país a confirmarem oficialmente que presos foram infectados por coronavírus em seus respectivos sistemas penitenciários.

A informação a respeito do Pará consta no painel de acompanhamento de casos de covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, criado pelo Depen (Departamento Penitenciário Nacional), órgão subordinado ao Ministério da Justiça e da Segurança Pública.

Já no caso do Ceará, a informação foi confirmada pelo secretário de administração prisional do estado, Mauro Albuquerque, em reunião do comitê local de combate à pandemia. O detento está detido na Casa de Privação Provisória de Liberdade 6, localizada em Itaitinga, na região metropolitana de Fortaleza.

Ainda de acordo com a base de dados do Depen, existem outros 115 casos suspeitos de contágio no sistema prisional de cinco estados: Minas Gerais (34), Rio Grande do Sul (34), São Paulo (24), Santa Catarina (20) e Acre (3).

"Os presídios mantêm uma grande proporção de pessoas com maior risco de adoecer, como usuários de drogas por exemplo, e o próprio ambiente prisional contribui sobremaneira para a proliferação de doenças", disse ao UOL a ex-juíza federal e advogada Cecilia Melo.

Coronavírus