PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Jovem morre ao cair do quarto andar em poço de elevador em Natal

Julicássio Andrade, de 25 anos, morreu após cair no fosso de um elevador em Natal - Reprodução/Instagram
Julicássio Andrade, de 25 anos, morreu após cair no fosso de um elevador em Natal Imagem: Reprodução/Instagram

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, de Maceió

24/05/2020 18h46

O designer gráfico Julicássio Silva Andrade, 25, morreu ao cair no poço do elevador de um dos edifícios de um condomínio no bairro de Capim Macio, na zona Sul de Natal, na madrugada de hoje. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, o jovem estava no quarto andar do prédio quando caiu no poço do elevador. O equipamento não estava no andar correspondente.

Julicássio Andrade era visitante do condomínio. O Corpo de Bombeiros informou que recebeu chamado por volta das 3h45 e, ao chegar ao local, encontrou o corpo do jovem. As polícias Militar e Civil também foram acionadas para iniciar as investigações do caso.

"O caso ainda deve ser apurado, se foi falha por falta de manutenção do elevador, ou se a vítima forçou a entrada", informou o Corpo de Bombeiros.

Após a constatação da morte do jovem, equipe do Itep-RN (Instituto Técnico Científico de Perícia do Rio Grande do Norte) realizou perícia no local e recolheu o corpo para necropsia. Não há informações sobre enterro.

O Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte) vai investigar se o elevador estava com a manutenção em dia, se o condomínio possui contrato com empresa responsável pelo serviço e quem é o responsável técnico. O UOL tentou contato com a administração do condomínio, na tarde de hoje, mas as chamadas telefônicas não foram atendidas.

Julicássio Andrade trabalhava como designer gráfico e era bastante querido por familiares e amigos. Em mensagens publicadas em suas redes sociais, ele foi definido várias vezes como um jovem alegre, de bom coração e brincalhão.

"Descanse em paz, Cassinho! Que Deus te receba de braços abertos. Dono de uma luz sem igual, agora você é um anjo, deixará muita saudades! Impossível descrever a pessoa incrível que você foi aqui", escreveu Kevinny Beatriz.

"Sorriso alegre, sempre! Assim que iremos lembrar de você", disse Fábio Ventura. "Não acredito! que notícias horrível! cheio de vida. de alegria, de sonhos", escreveu Thallyta Araújo.

"Ainda estou sem acreditar. Descanse em paz, irmão, você sempre será lembrado pela sua energia contagiante", destacou Weviley Dionísio.

Pessoas presas em elevadores

O Corpo de Bombeiros Militar do RN informou que no ano passado atendeu 22 chamados envolvendo pessoas presas em elevadores em prédios em Natal e região metropolitana. Entre janeiro de março deste ano já foram contabilizados seis atendimentos de casos similares.

Como prevenir acidentes em elevadores

  • Um olhar e ouvido mais atento do passageiro pode ser fundamental. Observar barulho estranho no deslocamento do elevador, na partida ou parada pode ser um problema;
  • É importante observar se o elevador está no pavimento onde foi acionado. É preciso manter certa distância da porta e olhar se a cabine está no mesmo andar que o passageiro;
  • A manutenção deve ser feita de forma preventiva antes mesmo de aparecer alguma anormalidade;
  • Se o elevador parar entre andares e a porta abrir, não tente sair pela abertura. O elevador pode voltar a funcionar quando você estiver saindo. Mantenha a calma e aguarde;
  • Se não voltar ao normal, é preciso acionar o botão de alarme e/ou utilizar o interfone para pedir ajuda;
  • Importante: Não force as portas nem tente sair por conta própria;
  • O ideal é fazer contato com a empresa de manutenção contratada ou ligar para o Corpo de Bombeiros por meio do número 193.

Cotidiano