PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Contra covid, Rio proíbe venda de bebidas alcoólicas ao ar livre após 22h

As novas medidas visam evitar aglomerações na cidade - VANESSA ATALIBA/ESTADÃO CONTEÚDO
As novas medidas visam evitar aglomerações na cidade Imagem: VANESSA ATALIBA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

11/09/2020 21h24

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou hoje novas medidas, em parceria com o governo estadual, para conter a propagação do novo coronavírus.

Dentre elas, está a proibição da venda de bebidas alcoólicas para o consumo externo a partir das 22h. Além de bares, lanchonetes e restaurantes, a medida também se aplica a vendedores ambulantes.

Também será proibido estacionar na orla das praias aos sábados, domingos e feriados.

As punições serão mais rigorosas: o estabelecimento comercial que desobedecer às regras e promover aglomerações, o que inclui os quiosques, será interditado por sete dias, e não mais 24 horas. O valor da multa será de R$ 13 mil e, em caso de reincidência, dobrará para R$ 26 mil.

As novas regras se aplicam à fase 6A da reabertura da economia da cidade. A partir de segunda-feira (14), será liberado o horário de funcionamento do comércio de rua, incluindo galerias e centros comerciais, desde que seguidas as chamadas "regras de ouro".

Cinemas, teatros e anfiteatros também poderão voltar a funcionar, mas respeitando o limite de 50% de sua capacidade e com lugares marcados. Estão proibidos o consumo e a venda de bebidas e alimentos nestes estabelecimentos.

Coronavírus