PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Guarda Municipal interrompe casamento com bateria de escola de samba no Rio

Casamento reuniu mais de 100 pessoas no Rio de Janeiro, no último sábado. Festa foi interrompida pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar - Guarda Municipal/Divulgação
Casamento reuniu mais de 100 pessoas no Rio de Janeiro, no último sábado. Festa foi interrompida pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar Imagem: Guarda Municipal/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

28/09/2020 08h16

Uma festa de casamento com direito a bateria de escola de samba foi interrompida na noite do último sábado, depois que a Guarda Municipal recebeu uma denúncia de aglomeração em um espaço de eventos na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro.

Ao chegarem ao local, guardas e policiais militares flagraram uma festa com mais de 100 pessoas, além de músicos de uma escola de samba. Segundo a Prefeitura do Rio, a festa foi interrompida e houve um princípio de tumulto entre os agentes e os convidados.

O dono do espaço Guanabara Beach Lounge não estava no local na hora da operação. Uma amiga do noivo se apresentou como responsável pela realização do evento. Ela foi notificada pelos guardas e conduzida à 37ª DP (Ilha do Governador), onde o caso foi registrado como perturbação do sossego.

"A Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização informa que vai verificar a documentação do estabelecimento e esclarece que eventos desse tipo não têm autorização para ocorrerem na atual fase de reabertura da quarentena. Em casos como esse, o estabelecimento pode ser multado, interditado e ter o alvará cassado", informou a Prefeitura em nota.

Cotidiano