PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
15 dias
Sem emprego, casal usa 10 mil garrafas de vidro para construir casa no PR

Casal usa garrafas de vidro para construir casa em Foz do Iguaçu

Abinoan Santiago

Colaboração para o UOL, em Ponta Grossa (PR)

29/09/2020 11h52

A necessidade de ter um cantinho próprio fez o casal Dóris Dias, de 47 anos, e Robson Lopes, de 49, usar a criatividade para realizar o sonho de possuir o próprio lar para morar. Em apenas cinco meses, eles reciclaram mais de 10 mil garrafas de vidro de 600 ml usando-os para erguer as paredes do imóvel, em Foz do Iguaçu (PR).

A construção incomum iniciou em abril deste ano, depois de seis meses de casados. Robson perdeu o emprego de repositor em um supermercado e Dóris se afastou do trabalho de educadora social por problemas de saúde e ainda não conseguiu auxílio no INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

Sem dinheiro para pagar aluguel, o casal passou a morar com os pais de Dóris, com a finalidade de construírem o lar no mesmo terreno. A ideia, segundo Doris, apareceu depois que se viu sem saída de como iniciar a construção da casa própria. Todas as demais alternativas extrapolavam o orçamento do casal.

garrafas - Doris Dias/Arquivo Pessoal - Doris Dias/Arquivo Pessoal
Casal usa garrafas de vidro para construir casa em Foz do Iguaçu
Imagem: Doris Dias/Arquivo Pessoal

Após uma pesquisa sobre casas sustentáveis na internet, ela descobriu construções com uso de garrafas.

"É muito caro comprar material de alvenaria e madeira. Fui atrás de um ônibus para morar, mas não deu. Procurei um contêiner e vi que também passava no orçamento. Fiquei chateada e passei a olhar para as garrafas e as garrafas olharam para mim. Lembrei que vi em outros lugares casas construídas com pets, mas precisava colocar areia dentro e gastaria ainda mais. Pesquisei mais e vi algumas com garrafas de vidro e que depois de construída nem pareciam serem feitas assim. Por que eu também não poderia?", explicou Dóris.

Casal já usou 10 mil garrafas

A coleta das garrafas para a casa iniciou nas ruas de Foz do Iguaçu. Doris e Robson compartilharam o sonho com os amigos próximos e nas redes sociais, o que gerou a arrecadação de mais de 10 mil garrafas de vidro.

Para erguer a estrutura, o casal trabalha sozinho. Depois da fundação do piso, as garrafas são montadas umas sobre as outras com uso de cimento e areia. As paredes e espaços para colocarem janelas e portas são sustentados com madeiras enquanto o casal arrecada recursos para construir as colunas de concreto. Os gastos já estão em R$ 3 mil.

O imóvel tem 70 metros quadrados, com divisão de cômodos entre sala, cozinha e quarto. O projeto foi realizado pelo casal, a partir da experiência da própria festa de casamento, realizada com materiais recicláveis, em setembro de 2019.

"Toda a decoração do meu casamento foi com recicláveis. Ficou muito bonita. A moça que me apresentou a montagem da decoração, me informou que eu iria gastar R$ 15 mil se não tivesse feio com os materiais reciclados. Por causa disso, fomos catar na rua as garrafas e pedimos para amigos trazerem em casa, fizemos campanhas na rede social e agora já está assim a nossa casa", conta Dóris.

Vaquinha é criada para terminar imóvel

A casa ainda precisa ter parte da estrutura finalizada, como as colunas de concreto para dar sustentação às paredes. Além disso, o imóvel ainda está sem o telhado e acabamentos. Sem recursos, o casal teve ajuda de amigos para montar uma vaquinha online para arrecadar o valor restante para concretização do sonho.

O casal pretende arrecadar R$ 10 mil e conseguiu pouco mais de 13% dos recursos até aqui. O dinheiro ainda ajudará Dóris e Lopes a iniciar a nova vida com uma mobília, pois os móveis da casa antiga estão sob os efeitos do sol e da chuva no quintal do lugar onde atualmente moram. "Está tudo amontoado um em cima do outro. Dá pena de ver eles se perdendo ali", lamenta Dóris.

Cotidiano