PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Esse conteúdo é antigo

Mulher é morta na frente do filho de 6 anos; marido teria confessado crime

Caroline Conceição do Nascimento, 26, teria sido morta pelo marido, em Goiânia - Reprodução/Facebook
Caroline Conceição do Nascimento, 26, teria sido morta pelo marido, em Goiânia Imagem: Reprodução/Facebook

Júlia V. Kurtz

Colaboração para o UOL, de Aratiba (RS)

02/01/2021 21h07

Uma mulher foi morta a tiros na frente do filho de seis anos na noite de ontem (1º), em Goiânia. Caroline Conceição do Nascimento, 26, teria sido baleada pelo marido, que atuava como guarda civil, após uma discussão.

O menino conseguiu pedir a ajuda de vizinhos, que chamaram a Polícia Militar. Ele teria dito que tinha medo de também ser morto pelo pai.

Segundo a Polícia Civil de Goiás, Anderson Gomes Pedro Pupim, 40, foi preso em flagrante e confessou o crime.

Ele teria afirmado que Caroline pegou sua arma e atirou duas vezes contra ele, durante uma discussão. O guarda civil disse que conseguiu tomar a arma da mulher e disparou duas vezes contra ela. Um dos tiros teria atingido a vítima pelas costas.

Pupim foi encaminhado pelos Bombeiros ao Hospital de Urgência de Goiânia, com um ferimento também nas costas, com estado de saúde estável.

A Guarda Civil de Goiânia afirmou em nota que ele está afastado da função há anos e recebendo supervisão interna e externa da instituição.

Caroline era natural do Amapá e não tinha família em Goiânia. De acordo com a polícia, ela tinha uma medida protetiva contra o marido desde dezembro.

Segundo o Conselho Tutelar, a criança está sob a guarda dos vizinhos até que sua avó chegue de Macapá para buscá-la.

Cotidiano