PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Em Pernambuco, idosa de 111 anos recebe RG pela primeira vez

Maria Severina da Conceição precisou do documento para receber aposentadoria - Polícia Civil de PE/Divulgação
Maria Severina da Conceição precisou do documento para receber aposentadoria Imagem: Polícia Civil de PE/Divulgação

Ed Rodrigues

Colaboração para o UOL, no Recife

21/01/2021 13h57

Uma idosa do interior de Pernambuco esperou mais de 100 anos para ter sua primeira Carteira de Identidade.

Maria Severina da Conceição, de 111 anos, está entre as pessoas mais velhas do Brasil. Por falta do documento, estava inapta para receber a aposentadoria e foi obrigada a ficar sem o benefício nos últimos quatro meses.

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil do estado, o IITB (Instituto de Identificação Tavares Buril) e as prefeituras do Recife e de Cumaru, no agreste pernambucano, pôs fim à espera da idosa. A parceria entregou o documento nas mãos dela anteontem.

Os policiais se deslocaram do Recife até Cumaru para entregar o documento a dona Maria Severina. O momento de emoção da idosa foi registrado. "Eu gostei muito", disse a idosa.

A filha dela, Luciana da Conceição, também comemorou o documento. "Ela tem 111 anos e nunca tirou identidade. Estamos muito felizes. Graças a Deus, agora vai dar tudo certo. É muito importante ter uma identidade", ressaltou.

Dona Maria Severina e Luciana agora devem atualizar os cadastros pendentes e restabelecer todos os benefícios aos quais a idosa tem direito.

Cotidiano