PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Briga por lixeira termina em homicídio com dois mortos no interior de SP

Dois homens morreram e outras duas pessoas ficaram feridas em briga - Crédito: Divulgação
Dois homens morreram e outras duas pessoas ficaram feridas em briga Imagem: Crédito: Divulgação

Naian Lopes

Colaboração para o UOL, em Pereira Barreto (SP)

28/02/2021 18h03

Dois homens morreram e outras duas pessoas ficaram feridas na manhã de hoje (28) depois de uma discussão sobre o local de instalação de uma lixeira. O caso aconteceu na cidade de Artur Nogueira, que fica no interior de São Paulo.

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, o dono de uma chácara teria contratado um grupo de serralheiros para instalar um portão na entrada do local. Os profissionais teriam feito a remoção de uma lixeira externa e a reinstalaram a, aproximadamente, 50 metros, da obra. Um vizinho, ao perceber a mudança, não concordou e teria ido até o imóvel com um funcionário.

A partir daí, a polícia confirmou que se iniciou um bate-boca com trocas de ameaças. O morador teria, então, ido até sua caminhonete, pegado uma arma e disparado para o alto. Logo depois, o homem ainda teria dado dois tiros contra os serralheiros. O funcionário do suspeito, que estava de posse de um facão, acabou sendo atingido e morreu no Hospital Samaritano. Uma mulher ficou ferida após ser atingida no braço e precisou ser levada ao pronto-socorro. Não há informação sobre seu estado de saúde.

Um dos serralheiros, que também possuía um facão, e que teria tentado defender o grupo, acabou acertando um golpe contra o acusado de ter distribuído tiros. Foi aí que o homem teria dado outro disparo, dessa vez para se defender do ataque, e atingido o serralheiro, que não resistiu.

O suspeito foi levado para o Hospital Samaritano e depois encaminhado para o Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas. Não há detalhes sobre o estado de saúde dele, que está sob custódia, segundo a Polícia Civil. O caso será registrado na delegacia de Artur Nogueira. A perícia foi ao local, encontrou e apreendeu os facões, a arma e as munições da briga.

Cotidiano