PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Prefeito de Florianópolis se desculpa após ir a Cancún: 'precisava parar'

Nas redes, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM) disse que precisava de uma pausa "após um ano tão difícil" - Reprodução/Facebook
Nas redes, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM) disse que precisava de uma pausa 'após um ano tão difícil' Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

01/03/2021 09h45Atualizada em 01/03/2021 14h17

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), viajou de férias para Cancún, no México, na última semana, mas antecipou o retorno após ser alvo de críticas. A cidade passa por um aumento no número de casos da covid-19, com lotação das UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo).

Nas redes sociais, o prefeito compartilhou um pedido de desculpas alegando que "precisava muito parar" após um ano "tão difícil para todos". A mensagem foi divulgada na noite de ontem.

Reconheço que não deveria ter me ausentado. Por isso, peço sinceras desculpas à cidade.
Gean Loureiro, prefeito de Florianópolis

"Quem me acompanha sabe que sempre estive e estarei na linha de frente em todos os momentos críticos da nossa cidade, sem jamais me omitir. Mesmo assim, recebo com humildade as merecidas críticas por esse episódio, as quais procurarei recompensar com total dedicação e muito trabalho", disse o prefeito em post nas redes sociais.

Loureiro afirmou que o aumento de casos não era previsto - embora a curva de casos e mortes por covid-19 no Brasil esteja em ascendência desde o início de janeiro - e afirmou que, mesmo precisando de uma pausa, decidiu voltar para a cidade.

"Como sabem, estive afastado durante os últimos dias, num descanso planejado há tempos. Imaginava que, nessa altura, estaríamos com uma situação estável na cidade, com a vacinação acontecendo e os números melhorando. As circunstâncias mostraram que eu estava errado", afirmou o prefeito.

Depois de um ano tão difícil para todos, senti que precisava muito parar, mesmo que por poucos dias, e lembrar que, como todos seres humanos, temos limites. Infelizmente, a situação no nosso estado se agravou numa velocidade inimaginável, fato que exigia minha presença com urgência.
Gean Loureiro, prefeito de Florianópolis

Nos comentários da publicação, moradores da região afirmaram que todos têm direito às férias, mas que o momento em que o prefeito decidiu viajar foi inoportuno, diante da crise que o sistema de saúde enfrenta em função da pandemia.

"Precisamos de mãos fortes e presentes neste momento. Acho que foi um erro viajar nestas condições pois a tragédia está anunciada a muitos meses pelos médicos e cientistas. Sua presença na cidade é fundamental", escreveu uma seguidora do prefeito.

As férias do prefeito de Florianópolis não foram divulgadas de forma oficial. Mesmo durante a viagem para o México, Gean Loureiro chegou a participar de reuniões virtuais após a progressão dos casos da covid-19 na cidade.

Restrições em Santa Catarina para frear contágios

O governo de Santa Catarina anunciou o endurecimento das medidas de combate à pandemia com a adoção de restrições aos finais de semana.

Os serviços não essenciais ficaram fechados entre as 23h da última sexta-feira até às 6h de hoje. A medida vai valer no próximo final de semana, entre as 23h do dia 5 de março até as 6h do dia 8 de março.

Na capital, até o momento foram registrados mais de 58 mil casos de covid-19 na cidade e 489 mortes. Em Santa Catarina, os números de casos são superiores a 670 mil e de mortes são quase 7.400.

Cotidiano