PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Feriado RJ: cidades turísticas fecham praias e impõem barreiras sanitárias

23.mar.2021 - Controle de acesso em Petrópolis - Divulgação
23.mar.2021 - Controle de acesso em Petrópolis Imagem: Divulgação

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

24/03/2021 13h50Atualizada em 24/03/2021 15h11

Após a aprovação da antecipação de um feriado de dez dias pela Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), cidade turísticas do estado, nas regiões dos Lagos e e Serrana, anunciaram medidas de restrição com receio que o "super feriado" aumente o movimento nos municípios.

Além das restrições anunciadas pelo Rio e Niterói, ao menos quatro cidades da Região dos Lagos —Búzios, Cabo Frio, Saquarema e Maricá— decidiram proibir o acesso às praias durante o feriado prolongado, que acontece entre sexta (26) e o Domingo de Páscoa (4). Municípios turísticos também instalaram barreiras sanitárias que limitam a entrada de visitantes.

Veja a seguir as medidas adotadas:

Búzios

Cidade da Região dos Lagos mais procurada, Búzios já vem limitando o acesso de turistas desde o ano passado. Agora, só entram visitantes com reservas em hotéis e imóveis alugados, além de moradores e prestadores de serviço.

A partir de sexta-feira (26), as praias estão liberadas apenas para atividades físicas individuais.

Passeios de escunas, catamarãs, barco táxis e demais embarcações estão autorizadas a funcionar, limitados a 50% da sua lotação —turistas e tripulantes devem usar máscara de proteção e manter distância de 1,5 m.

Festas, shows e eventos continuam proibidos no balneário. Estabelecimentos comerciais poderão funcionar até meia-noite, com atendimento exclusivo em mesas e limite de 50% da sua lotação. Quanto aos veículos de transporte coletivo, deverão obedecer a taxa de ocupação de 50% da capacidade total.

Cabo Frio

As barreiras sanitárias em Cabo Frio, na Região dos Lagos, estão em funcionamento desde o último sábado (20). Só é permitida a entrada de visitantes com voucher de reserva em hospedagem e moradores. A cidade vai fechar as praias a partir de amanhã (25).

"Eu vou me dirigir, de modo especial, ao cidadão do Rio de Janeiro e dos municípios da Baixada Fluminense: não venham para a Região dos Lagos neste feriado de 10 dias. As praias estarão fechadas, tanto para o turista que, por acaso já esteja na cidade, quanto para o morador. E os acessos pelas estradas a Cabo Frio serão bloqueados", disse o prefeito José Bonifácio (PDT).

Saquarema

A Prefeitura de Saquarema proibiu, a partir de hoje, o acesso às praias, praças e outros espaços públicos de lazer no município. A cidade também implementou barreira sanitária para coibir o acesso e só permite a entrada de moradores e visitantes com comprovante de hospedagem.

Regras vigentes desde 2020 continuam em vigor, como limitação da capacidade de funcionamento dos estabelecimentos comerciais e o uso obrigatório de máscaras.

"Vale ressaltar que não haverá o fechamento do comércio local, mantendo assim, a economia girando como fonte de renda para os munícipes. Estamos tomando todas as medidas necessárias para evitar uma nova onda de contaminação na cidade", afirmou a prefeitura através de nota.

Maricá

Também foi proibida a permanência em praias, lagoas, praças e parques, exceto para a prática de atividades físicas individuais. A cidade também adotou o toque de recolher: foi proibida a permanência de indivíduos nas vias, áreas e praças públicas entre 23h e 5h.

A prefeitura informou que as medidas foram tomadas devido ao agravamento da pandemia que pressiona a ocupação de leitos. "Ao longo desta semana a saturação da rede municipal de saúde mostrou um nível alto chegando a 95%."

Petrópolis

Petrópolis, na região serrana, anunciou reforço nas barreiras sanitárias, limitando a entrada de turistas e visitantes, e determinou o fechamento dos pontos turísticos públicos e privados.

"O objetivo é evitar a migração de pessoas de fora para a cidade, buscando impedir o aumento da circulação dentro do município", comunicou a prefeitura.

Só moradores e turistas com comprovante de reserva poderão entrar na cidade. O acesso de visitantes com voucher para compras nos polos têxteis está autorizado. A rua Teresa e o distrito de Itaipava passaram a funcionar em horários distintos, para evitar a aglomeração.

As medidas valem até sexta-feira (26). Outras ações poderão ser anunciadas ao longo dessa semana. A cidade está com 93% das UTIs ocupadas.

Teresópolis

A cidade da região serrana já havia adotado revezamento de moradores nas ruas, conforme o número final do CPF. Segundo a prefeitura, na segunda-feira (22), a cidade registrou o melhor índice de isolamento social dos últimos oito meses (58,9%).

Teresópolis também conta com barreiras sanitárias. Turistas devem respeitar a regra do CPF para efetuar reservas. Outra medida adotada é que a rede hoteleira só pode atuar com 50% da capacidade. O aluguel de imóveis por meio de aplicativo foi suspenso. O município tem hoje lista de espera por leitos.

Nova Friburgo

A prefeitura da cidade da região serrana informou que adotará medidas mais restritivas para conter o fluxo de turistas e a disseminação do vírus na região. A principal medida é a instalação de barreiras sanitárias nos acessos ao município.

Costa Verde

Angra dos Reis já funciona com controles de acesso, mas ainda não divulgou medidas específicas para o feriadão no estado.

Coronavírus