PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
10 meses

Namorado emociona web com relato sobre jovem com covid intubada após parto

Alessandro e Giulia conversaram pela última vez antes de ela ser intubada - Reprodução/Facebook
Alessandro e Giulia conversaram pela última vez antes de ela ser intubada Imagem: Reprodução/Facebook

Beatriz Gomes

Do UOL, em São Paulo

24/03/2021 10h16Atualizada em 24/03/2021 14h16

A jovem Giulia Oliveira, de 24 anos, foi intubada com covid-19 depois de passar por um parto de emergência no dia 9 em Santos, no litoral paulista. A bebê, Helena, nasceu prematura, mas está bem e recebeu alta hoje. A mãe segue internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Alessandro da Conceição, namorado de Giulia e pai de Helena, emocionou a web ao compartilhar uma espécie de "diário" nas redes sociais sobre o estado de saúde de ambas.

Oiee gente! Venho por meio desta publicação pedir toda oração possível e toda positividade pro meu Morzão e mãe da nossa filha. Estamos precisando de doadores de sangue no hospital casa de saúde Santos. (O hospital). A COVID chegou na minha família e chegou da pior forma."

Alessandro compartilhou nas redes sociais um 'diário' sobre a doença e a internação de Giulia e Helena - Reprodução/Redes Sociais - Reprodução/Redes Sociais
Alessandro compartilhou nas redes sociais um 'diário' sobre a doença e a internação de Giulia e Helena
Imagem: Reprodução/Redes Sociais

Segundo Alessandro, no dia 23 de fevereiro, Giulia, ele e a mãe dela foram fazer um ensaio fotográfico de gestante, algo que a jovem "sempre esperou para fazer". Dois dias depois de tirar as fotos, Giulia começou a ter alguns sintomas da doença como dor de cabeça, tosse seca, espirros e dor de cabeça.

Com a evolução dos sintomas no passar dos dias, a jovem foi ao pronto-socorro para fazer o teste de covid-19. No dia 1º deste mês, ainda sem o resultado, Giulia voltou à unidade de saúde pois estava com contrações e dores na lombar. O médico acreditava que os sintomas poderiam ser uma renite gestacional e receitou um remédio para ela.

Segundo o Facebook de Alessandro, ele e Giulia estavam juntos desde 2018 - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Segundo o Facebook de Alessandro, ele e Giulia estavam juntos desde 2018
Imagem: Reprodução/Instagram

Um dia depois, os sintomas de Giulia foram aumentando e Alessandro, que é instrutor de autoescola, recebeu o resultado positivo para o novo coronavírus. A jovem também teve a doença confirmada um dia após o namorado e começou a sentir falta de ar, fraqueza e dores no corpo.

Giulia, a mãe e a irmã dela - todas com covid-19 - foram até a unidade de saúde novamente e a gestante voltou para casa. No dia 7, o pai da jovem decidiu levá-la para o Hospital Casa de Saúde de Santos já que ela estava com uma falta de ar ainda mais forte e dores na barriga.

Quando chegou na unidade de saúde, Giulia foi levada à enfermaria e aguardou por uma vaga de internação, já que ela estava com baixa oxigenação no sangue. Entre os exames que a jovem fez no primeiro dia de internação, estavam uma tomografia que indicou que ela estava com 50% do pulmão comprometido pelo vírus. Além disso, o ultrassom apontou que a bebê não estava recebendo oxigênio o suficiente.

Dois dias após a internação, a jovem seguia com falta de ar mesmo com o uso de máscara de oxigênio e, ao fazer novos exames, os médicos constataram que a oxigenação de mãe e filha não estavam melhorando e optaram por levar Giulia para a UTI. Os profissionais da saúde ainda pediram para o Alessandro aguardar pois eles fariam um parto de emergência na jovem, que estava com 34 semanas de gestação.

Ela [Giulia] foi para sala de cirurgia e depois eu fui e sentei ao lado dela e ficava perguntando se ela estava bem a cada minuto. Nossa filha nasceu às 18h21, e nessa hora ela [a mãe] se sentiu muito aliviada e até a respiração dela melhorou pois viu que nossa Helena veio pro mundo mais cedo. Nós vimos nossa filha por uns 10 segundos, mas esses 10 segundos foram os melhores naquele momento de felicidade e tristeza, depois disso levaram ela para a UTI neonatal"

Alessandro e Giulia durante a videochamada - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Alessandro e Giulia durante a videochamada
Imagem: Reprodução/Facebook

Um dia depois de dar à luz, Giulia precisou ser intubada, uma vez que sua oxigenação no sangue não melhorava. Antes do procedimento, a jovem fez uma videochamada com o namorado.

"[Giulia disse que a intubação] era procedimento pra ela ficar bem logo. Eu disse que ia cuidar super bem da nossa filha e ela ficou super feliz e ela pediu que eu avisasse os pais dela de que ia ficar tudo bem. E, no final da ligação, eu disse se você precisar de algo você me grita, linda, e esse foi o último sorriso que eu vi dela depois de ser intubada."

Após a intubação

Nos dias seguintes à intubação, Helena teve alta da UTI e Giulia acordava agitada, mas apresentava estabilidade nos exames, apesar de o comprometimento no pulmão ainda estar alto.

A jovem foi diagnosticada com trombose na perna direita no dia 17 e ainda precisou de transfusão de sangue porque o hemograma apresentava níveis baixos. Giulia também foi contaminada pela KPC (Klebsiella pneumoniae carbapenemase), enzima feita por bactérias que é capaz de degradar alguns antibióticos.

No último domingo, Giulia teve uma melhora em razão do novo antibiótico que está tomando para combater a KPC e os médicos fizeram outra vez a posição de prona (de bruços) nela, procedimento que facilita o aumento da entrada de oxigênio nos pulmões do paciente.

A última atualização do "diário" online de Alessandro foi anteontem e ele afirmou que Giulia continuava intubada na UTI e teve uma leve melhora no comprometimento do pulmão, mas "ainda é cedo para dizer que ela está melhorando".

O médico que cuida de Giulia disse ontem aos pais dela, através do boletim médico por telefone compartilhado com o UOL, que a jovem seguia intubada, sendo que "o quadro dela continua grave e é delicado". De acordo com o profissional de saúde, ela está usando três antibióticos fortes para combater a KPC e foi feito novamente a posição de prona, entretanto, a mulher ainda precisa de 100% de oxigênio do respirador mecânico.

Quanto à perna acometida por trombose, até o momento, não há nenhuma alteração importante e os médicos aguardam ver se o corpo de Giulia responde aos antibióticos. Agora, segundo o profissional, o que preocupa é o comprometimento do pulmão da jovem em razão do vírus.

Ao UOL, Alessandro afirmou que Helena está bem e recebeu alta médica hoje após ganhar peso na enfermaria. "A Helena está super bem, e está ganhando peso. Hoje ela engordou 40 gramas e está com 1,940 kg. O médico avaliou ela, e acabou dar alta para a nossa filha."

Pedido de orações

Nas redes sociais, o instrutor de autoescola ainda pediu orações para a companheira e disse que aguarda que toda a família possa estar reunida em breve.

Toda oração é bem-vinda. A única coisa que eu [quero] é ver ela [Giulia] bem e quero que ela venha logo conhecer nossa filha. Eu estou cuidando dela até que Morzão venha ficar junto de nós. Nossa filha está ansiosa pra ficar com a mãe dela."

Alessandro pediu orações para que Giulia se recupere da covid-19 e possa voltar para a família - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Alessandro pediu orações para que Giulia se recupere da covid-19 e possa voltar para a família
Imagem: Reprodução/Facebook

"Ela [Giulia] é o amor da minha vida e a mãe da minha filha. Eu só quero ela bem para viver comigo e nossa filha pra sempre. Eu e nossa filha amamos você, Giulia. Você irá ficar bem, linda", finalizou.

Internautas comentaram a postagem do namorado, mandando boas energias e desejando a recuperação de Giulia e Helena.

"Giulia está em minhas preces, que os médicos a envolvam com todo conhecimento para trazer ela bem a sua família. Deus dê nova oportunidade para essa moça linda cuidar da Helena, sua filha. Força, fé e esperança", escreveu uma. "Força, Giulia! Já, já você vai estar saindo do hospital com a sua filhinha. Já, já teremos boas notícias. Estou orando por você", disse outra.

Coronavírus