PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Mãe de Henry será mantida em hospital até se recuperar da covid

Monique Medeiros, a mãe de Henry Borel, em retrato policial - Divulgação/Seap
Monique Medeiros, a mãe de Henry Borel, em retrato policial Imagem: Divulgação/Seap

Coilaboração para o UOL, em São Paulo

22/04/2021 07h55

Diagnosticada com covid-19 na segunda-feira (19), Monique Medeiros, mãe do menino Henry, morto dia 8 de março, vai se recuperar da doença no Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, no Rio de Janeiro, segundo a Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária). Monique e o vereador Dr. Jairinho foram presos no dia 8 de abril.

Apesar de apresentar complicações, a Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) informou que Monique passa bem.

"A mesma passa bem e já retornou ao Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo de Gericinó, onde continuará isolada e recebendo o acompanhamento médico devido", diz a secretaria, em nota.

Segundo laudo médico divulgado pelo jornal O Globo ontem, após exame de tomografia, Monique tem parte do lado esquerdo do pulmão afetado pela doença. "A extensão do acometimento do parênquima pulmonar é de 5%", aponta o laudo.

Ela e Dr. Jairinho foram presos acusados de atrapalhar a investigação do caso, que apura se o padrasto agrediu a criança, o que teria causado a morte de Henry.