PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

RJ: Corpo de advogado é encontrado com marcas de tiro na Ilha do Governador

Corpo de Tiago Ribeiro da Silva foi encontrado na manhã de domingo próximo àPraia de Tubiacanga, na Ilha do Governador - Arquivo Pessoal
Corpo de Tiago Ribeiro da Silva foi encontrado na manhã de domingo próximo àPraia de Tubiacanga, na Ilha do Governador Imagem: Arquivo Pessoal

Rai Aquino

Colaboração para o UOL, no Rio

27/04/2021 10h45Atualizada em 27/04/2021 12h01

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga a morte do advogado Tiago Ribeiro da Silva, 29, cujo corpo foi encontrado na manhã de domingo (25), na Ilha do Governador, na Zona Norte da capital fluminense. De acordo com familiares, o corpo de Tiago estava com cinco marcas de tiros na região das costas.

O corpo do advogado estava nas imediações da Praia de Tubiacanga, que fica a cerca de 3 km de onde ele morava, do Morro do Dendê, também na Ilha do Governador. Até o momento, não há informações de quem atirou contra ele.

"Todo mundo o conhecia. Ele era muito querido na comunidade. Uma pessoa doce, maravilhosa, muito educado. Tem falha como qualquer ser humano, era às vezes estressado, mas era um doce de menino", disse um parente, que preferiu não se identificar.

Familiares de Tiago dizem que ele teve um cordão de ouro, o celular e a carteira roubados, já que os objetos não estavam com seu corpo no IML (Instituto Médico Legal).

A família conta que no sábado à noite, o advogado estava bebendo com um amigo em um bar do Dendê, após eles assistirem a um jogo do Flamengo.

"A mulher do rapaz ligou pedindo para ele ir lá pegá-la e o Tiago ficou sozinho", conta um parente.

Ainda segundo a família, depois do bar, Tiago foi a pé para casa. Ele estava vestido com a camisa do Flamengo, time de coração. Os familiares dizem que a última vez em que ele apareceu online no celular foi às 4h24 de domingo.

"A família está destruída, destroçada. Agora vai ser um momento tão difícil. A gente fez de tudo por ele", lamenta o familiar.

Tiago deixa um filho de um ano e seis meses. O corpo do advogado será sepultado às 16h de hoje, no Cemitério do Cacuia, ainda na Ilha.

Investigação

Procurada pelo UOL, a Polícia Militar disse que corpo do advogado foi encontrado por agentes do 17º BPM (Ilha do Governador). A corporação afirmou que, na ocasião, a área foi isolada e acionou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil.

A investigação do caso é feita pela DHC (Delegacia de Homicídios da Capital).

"A perícia foi realizada no local e a investigação está em andamento", a Polícia Civil informou.

Cartaz tenta ajudar na solução da morte de Tiago Ribeiro da Silva - Divulgação/Disque Denúncia - Divulgação/Disque Denúncia
Cartaz tenta ajudar na solução da morte de Tiago Ribeiro da Silva
Imagem: Divulgação/Disque Denúncia

O Disque Denúncia divulgou ontem um cartaz com a foto de Tiago para tentar ajudar no trabalho da polícia. Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato através de um dos canais abaixo:

A entidade informa que o anonimato é garantido.

OAB-RJ se manifesta

A OAB/RJ (Ordem dos Advogados no Rio de Janeiro) se manifestou em nota sobre a morte de Tiago; veja íntegra!

A OAB/RJ, através de sua Comissão de Enfrentamento à Violência Contra Advogados, vem a público repudiar profundamente o homicídio do advogado Tiago Ribeiro no último final de semana, na Ilha do Governador.

Prestamos solidariedade aos familiares do advogado, assim como colocamo-nos à disposição para toda assistência institucional que se fizer necessária.

Demandamos das autoridades competentes uma apuração rápida do caso

Reafirmamos o nosso compromisso de fomentar o debate acerca da segurança pública em nosso Estado, conclamando toda a advocacia e os poderes públicos para somar esforços nessa luta.

Cotidiano