PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Família procura corpo de homem trocado em necrotério da Santa Casa em SP

O paciente Noel José de Almeida Gomes, de 51 anos, teve o corpo trocado no necrotério da Santa Casa de Sorocaba - Reprodução/TV Tem/TV Globo
O paciente Noel José de Almeida Gomes, de 51 anos, teve o corpo trocado no necrotério da Santa Casa de Sorocaba Imagem: Reprodução/TV Tem/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

15/06/2021 11h04

A família de Noel José de Almeira Gomes, de 51 anos, que morreu por covid no último domingo, em Sorocaba (SP) ainda não sabe onde está o corpo dele. Ontem, quando a funerária contratada pela família foi retirar o corpo de Noel do necrotério da Santa Casa de Sorocaba, encontrou o corpo de uma mulher no lugar.

Em nota, a Santa Casa informou ao UOL "que ambas as famílias já foram esclarecidas sobre o infeliz ocorrido na segunda-feira, em relação à retirada equivocada de uma pessoa falecida. Reiteramos que todos os esforços estão sendo feitos para a rápida solução da situação, em conjunto com a funerária da cidade, com a equipe e o jurídico do hospital e os advogados da família".

"Veio a informação de que ele foi sepultado no lugar de uma mulher. Que a outra funerária aqui de Sorocaba fez a retirada do corpo e levou o corpo trocado. Ele foi trocado por um corpo de uma mulher. Então essa família está achando que enterrou um ente querido, mas é meu marido que está lá", disse Roberta Gomes, mulher de Noel, em entrevista à TV Tem, afiliada da TV Globo em Sorocaba.

A Santa Casa reforçou ainda que continua com a investigação interna, juntamente com a funerária, para apurar o motivo da liberação equivocada do corpo de Noel.

Diagnosticado com covid-19, Noel estava recebendo atendimento na UPH (Unidade Pré-Hospitalar) da Zona Oeste de Sorocaba. No sábado (12) ele apresentou uma piora no estado de saúde e foi transferido para a Santa Casa, onde morreu no dia seguinte.

Com relação ao corpo da mulher, a Santa Casa informou que funerária da cidade está providenciando, junto à família, o sepultamento.

Cotidiano