PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Cachorro 'montanhista' é resgatado a cerca de 37 metros de altura em MG

Cão montanhista ficou preso em rocha e precisou de resgate de Bombeiros em MG - Reprodução/ Corpo de Bombeiros de Mariana (MG)
Cão montanhista ficou preso em rocha e precisou de resgate de Bombeiros em MG Imagem: Reprodução/ Corpo de Bombeiros de Mariana (MG)

Do UOL, em São Paulo

16/06/2021 18h12Atualizada em 16/06/2021 18h12

Um cachorro "montanhista" foi resgatado na manhã de ontem pelo Corpo de Bombeiros de Mariana, em Minas Gerais. Tufão, como foi identificado, era da raça fila brasileiro e estava em um local de difícil acesso em Águas Claras, distrito de Mariana.

Segundo informaram os Bombeiros, o resgate contou com o apoio da Guarda Municipal de Mariana. Os militares utilizaram um drone que permitiu a rápida localização do cachorro.

A equipe precisou utilizar técnicas de Salvamento em Altura, já que o animal ficou confinado no interior de uma fenda de quase 37 metros de altura, em um espaço de 2 metros de largura por 1,5 metro de comprimento.

Cachorro - Reprodução/ Corpo de Bombeiros de Mariana (MG) - Reprodução/ Corpo de Bombeiros de Mariana (MG)
Cachorro chamado "Tufão" recebeu água assim que foi resgatado e estava com muita sede
Imagem: Reprodução/ Corpo de Bombeiros de Mariana (MG)

Enquanto uma equipe trabalhava com rapel a 45 metros de altura, outra estava no solo monitorando o resgate utilizando o drone e auxiliando no deslocamento dos militares.

Depois de algumas horas de dedicação dos profissionais envolvidos, o cachorro foi resgatado e encontrava-se seguro, porém notadamente cansado, desidratado e faminto. No local, os bombeiros deram água ao animal e devolveram ao tutor.

O homem, por sua vez, disse que apenas notou a falta do bicho na manhã de segunda-feira (14), ao ver que não estava com todos sete cachorros que ele possui e que costumam caçar na região. Dois deles tinham sumido.

Agora, Tufão retornou a casa e está bem e se recuperando do susto de ter ficado no alto de uma rocha. O outro ainda está sendo procurado.

Cotidiano