PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Policiais ajudam grávida em parto prematuro dentro de viatura em SP

Policiais militares auxiliaram no parto após senhora pedir ajuda para nora em avenida de Osasco - Divulgação/Polícia Militar
Policiais militares auxiliaram no parto após senhora pedir ajuda para nora em avenida de Osasco Imagem: Divulgação/Polícia Militar

Do UOL, em São Paulo

03/08/2021 19h54Atualizada em 04/08/2021 09h25

Dois policiais militares ajudaram uma mulher grávida em um parto prematuro dentro de uma viatura em uma avenida de Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo.

O cabo Levi Gama Júnior e seu colega, o soldado Willian Duarte de Oliveira Neves, do 14º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), estavam trabalhando ontem na região quando uma senhora saiu de um carro e solicitou ajuda para a nora, que estava em trabalho de parto.

Segundo nota da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) a dupla de PMs abriu a porta traseira do automóvel da mulher e verificou que a criança estava quase coroando.

"Ao conversar com a mãe, descobri que ela estava grávida de sete meses e isso me preocupou. Sendo assim, eu e meu colega a colocamos com cautela dentro da viatura e nos deslocamos até um hospital", relembrou o cabo em entrevista à assessoria da Polícia Militar.

Mas apesar da ajuda, o bebê não esperou a chegada ao hospital. Chegando ao estacionamento da unidade, com o auxílio de uma técnica de enfermagem que conseguiu chegar rapidamente até a viatura, os PMs trouxeram ao mundo Miguel.

Atendidos posteriormente pela equipe médica, mãe e bebê passam bem.

"Essa é a ocorrência que faltava na minha carreira", afirmou o cabo Levi, pai de três filhos. "Não tenho explicação para a emoção que senti", finalizou.

Cotidiano