PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Ônibus com pacientes em tratamento sofre acidente no RJ; motorista morreu

Motorista de ônibus que transportava pacientes morreu - Reprodução
Motorista de ônibus que transportava pacientes morreu Imagem: Reprodução

Colaboração do UOL, no Rio de Janeiro

05/08/2021 12h48Atualizada em 05/08/2021 12h48

O motorista de um ônibus da Secretaria Municipal de Saúde de Cabo Frio, cidade da Região dos Lagos, morreu na manhã de hoje em um grave acidente na RJ 124 - a Via Lagos. Edilson Alves da Silva, 56, conduzia um micro-ônibus que realizava o transporte de 14 pacientes em TFD (Tratamento Fora do Domicílio), um direito fornecido às pessoas com câncer para se locomoverem em intervenções terapêuticas em outras localidades.

O acidente ocorreu na pista em direção ao Rio de Janeiro, altura de Rio Bonito, por volta de 5h30. O veículo chocou-se com a traseira de um caminhão que transportava madeiras.

Imagens postadas nas redes sociais mostram a carga espalhada pela rodovia e ambulâncias no local.

Segundo a prefeitura de Cabo Frio, 26 pessoas estavam no veículo. Além do motorista e de 14 pacientes, ainda haviam mais dez acompanhantes e um monitor. As vítimas foram socorridas para o Hospital Darcy Vargas, em Rio Bonito.

Até o meio-dia, oito pacientes haviam recebido alta da unidade. O socorro foi realizado pelo Corpo de Bombeiros e por equipes da CCR, concessionária que administra a via.

As vítimas socorridas pelos bombeiros foram identificadas como Lucas Sales, 23, Maria Aliano, 63, Cristina Chaves, 66, Ana Alves, 66, e Márcia Medeiros, 55. Um homem identificado como Carlos Bernardo, 51, recusou a remoção para a unidade de saúde.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas e sobre o que ocasionou o acidente.

Em nota, a Prefeitura de Cabo Frio disse que "lamenta profundamente o ocorrido e fornecerá toda a assistência necessária aos passageiros, funcionários e seus familiares".

Cotidiano